Meu Malvado Favorito: a redenção do vilão

· novembro 30, 2018

Meu Malvado Favorito é um filme de animação norte-americano da Universal Pictures. Seu protagonista é Gru, o melhor vilão. Durante sua vida, tudo que Gru queria era ser aceito. Assim, para alcançar seu objetivo, decidiu se tornar um supervilão.

Em seu esforço para se tornar o melhor vilão do mundo, Gru não se preocupa com o mal que pode causar. Um dia, um vilão rival chamado Vector supera Gru roubando uma pirâmide do Egito. Assim, Gru e Vector começam uma competição em vilania. Gru elabora um plano para obter um raio encolhedor de uma instalação de testes do governo.

O plano de Gru é usar o raio encolhedor para roubar a Lua. Este roubo iria elevar Gru ao topo, ganhando reconhecimento como o melhor vilão. No entanto, as coisas não saem de acordo com o planejado. Vector rouba o raio encolhedor das garras de Gru. O que um cérebro criminoso pode fazer? Desenvolver outro plano, é claro.

O novo plano maligno de Gru inclui usar três meninas órfãs. Com elas como espiãs, Gru planeja se infiltrar no covil de Vector quando elas baterem em sua porta vendendo biscoitos. Assim, Gru poderá roubar o raio encolhedor.

No entanto, Gru começa a sentir carinho pelas meninas que ele pretende usar para o seu propósito. Esse amor o leva a mudar. A princípio, Gru é totalmente inadequado como pai. No entanto, à medida que o filme avança, a vida de vilão de Gru é alterada pela nova rotina.

O homem deve acomodar seus planos à dinâmica das meninas: aulas de balé, lição de casa, hábitos alimentares. Assim, os planos malignos de Gru ocupam o segundo lugar diante da necessidade de cuidar de suas filhas.

Pais solteiros declarados

É incrivelmente raro ver em um filme infantil um pai solteiro retratado de forma tão positiva. Embora Gru tenha uma vocação que é certamente “malvada”, há momentos incrivelmente doces entre ele e as três meninas. Esse sentimento é aumentado porque as pequenas são doces e frágeis, enquanto Gru é um homem grande e “mau”.

Muitos pais solteiros devem combinar seus deveres com a atenção e cuidado com seus filhos. Assim como todos eles, Gru consegue fazer o seu trabalho, embora este seja ser um vilão. Como todos os pais solteiros, Gru tem momentos em que é muito difícil cuidar das meninas sem negligenciar seu trabalho. O dia do grande roubo da Lua coincide com a data do espetáculo de dança das meninas.

Gru decide priorizar seu trabalho sobre o espetáculo, e isso dá ao seu arqui-inimigo Vector a chance de sequestrá-las. É dever de Gru tentar obter o equilíbrio entre o trabalho e o lar, recuperando as três crianças.

Gru, vilão de 'Meu Malvado Favorito'

A redenção do vilão em ‘Meu Malvado Favorito’

No final da história, a Lua recupera seu tamanho e retorna à sua órbita. Gru, arrependido de suas ações passadas, busca sua redenção. Nesta ânsia de desfazer seu mau comportamento anterior, ele também decide devolver a grande pirâmide roubada por Vector. Gru aceita que ama suas filhas e as adota novamente. Assim, o melhor vilão do mundo decide se tornar um homem de família.

A redenção de Gru passa por se arrepender, buscar e obter o perdão das meninas a quem ele magoou, e também recompensar a sociedade que prejudicou com suas vilanias. A redenção implica a liberação da culpa e da dor.

A necessidade de redenção é real e poderosa para as vítimas e os vitimizadores. No processo de cura, ambas as partes precisam saber que são dignas de amor, bondade e compaixão. Nós não vamos encontrar essas coisas somente através da redenção, mas podemos criar cura e libertação através do perdão.

A transição entre o bem e o mal

A mensagem geral do filme é de que até alguém considerado “malvado” pode ter uma mudança de opinião. Meu Malvado Favorito é um filme diferente de muitos outros longas infantis. Em geral, a maioria dos filmes infantis descreve o bem e o mal como absolutos.

Para muitos espectadores, a transição de um personagem – entre o bem e o mal – é muito difícil de aceitar. Ao mesmo tempo, essa transição é também uma das mais gratificantes para aqueles que estão comprometidos com a história.

Nos filmes infantis e juvenis, muitas vezes o “malvado” deve fazer um sacrifício heroico no final da história. Os malvados que realizam este sacrifício geralmente morrem durante o processo. Embora seja um fim que agrade ao público, não dá ao personagem a oportunidade de mudar seu modo de agir.

Em Meu Malvado Favorito, Gru encontra o perdão das meninas depois de um sincero arrependimento e mudança de atitude. As garotas são uma influência positiva para o vilão.

Cena de 'Meu Malvado Favorito'

Gru, um mau exemplo de pai adotivo

Exposto ao risco de perder o amor de suas filhas, Gru ainda persiste em continuar sua vida pelo caminho do mal. As mudanças que ele faz obedecem a razões egoístas. Curiosamente, embora ele devolva os itens roubados, Gru não diz adeus à equipe de suas maldades. Gru não demite seus trabalhadores do mal, os Minions.

Desta forma, a futura profissão de Gru permanece em uma situação de ambivalência. O espectador pode presumir que a nova vida de família irá impedir Gru de continuar sua vida de más ações. No entanto, esta mensagem não fica totalmente clara no filme.

Um aspecto importante nesta história é que parece que todos os personagens devem perdoar a maldade de Gru. Apesar de seu mau comportamento e de ter usado as meninas, todos os personagens perdoam Gru.

A adoção é um assunto delicado, e esse filme não se aprofunda. Erroneamente, Meu Malvado Favorito mostra como crianças órfãs poderiam ser usadas e depois deixadas. Os erros do velho vilão Gru e seu mau comportamento com as garotas deveriam ter ressonância em alguns dos personagens. O filme poderia ter sido mais realista se alguns personagens resistissem a perdoar Gru.

Equiparar o perdão com finais felizes pode criar um fardo injusto para as vítimas do mundo real. Esse tipo de final faz com que o público sinta que talvez o preço dos erros pode não estar bem ajustado. De fato, as maiores críticas de Meu Malvado Favorito foram feitas por famílias com filhos adotivos.

Apesar das críticas, as histórias de redenção são divertidas, gratificantes e populares entre o público. Todos nós queremos acreditar que qualquer um, não importa o tamanho da desgraça em que esteja, pode redirecionar sua vida. E isso é possível, com esforço e persistência.