5 situações nas quais você não deve se apaixonar

5 situações nas quais você não deve se apaixonar

agosto 28, 2015 em Emoções 0 Compartilhados
apaixonar

Apaixonar-se é uma experiência que todos desejamos e merecemos viver alguma vez em nossas vidas. Nos faz crescer e nos torna pessoas melhores; sem dúvida, é um dos sentimentos mais incríveis e fascinantes do mundo.

Estar apaixonado proporciona uma sensação que nos enche de vida e faz com que nos sintamos felizes; ainda que, também, sejam muitas as pessoas que digam que estar apaixonado implica, necessariamente, em ter algum sofrimento.

Quando nos apaixonamos não esperamos sofrer; o amor que sentimos nesses instantes não dá lugar a tal sentimento contrário a emoção. No entanto, sendo realistas e inteligentes, sabemos que às vezes sofrer é parte do processo, e que isso nos permitirá aprender, crescer interiormente e valorizar o verdadeiro amor.

Devido a esta última condição do que se apaixonar implica, hoje trazemos a vocês uma lista de 5 situações em que se apaixonar poderia resultar, unicamente, em um coração partido. Analisemos as seguintes situações de forma realista:

  1. Não se apaixone em uma relação que nasceu da luxúria. Graças aos filmes e aos livros onde este tipo de amor tem sido o protagonista, o meio nos levou a acreditar que poderíamos nos apaixonar a partir de uma noite de paixão, ou que um conto de fadas tem que ter como ingrediente essencial este tipo de amor.

Isto não tem nada que ver com o nosso dia a dia e com a vida real. Para isso é necessário saber distinguir a diferença entre uma conexão física e uma emocional. Estarmos conscientes disso nos permitirá não partir o nosso próprio coração sem necessidade.

  1. Não se apaixone quando há uma data limite. Se você conheceu a pessoa de seus sonhos e ela está prestes a se mudar para outro país ou região, então seu tempo com ele/ela tem um prazo de validade.

Datas limites existem por uma única razão: determinar o fim de uma etapa. Então faça-se a seguinte pergunta: por que você se apaixonaria em uma relação que já está com os dias contados? Provavelmente, se você comprometer o seu coração a essa situação, terminará sozinho e desiludido, causando assim o sofrimento.

situações nas quais não devemos nos apaixonar

  1. Não se apaixone “sem se importar com o que as pessoas dizem”. As pessoas sempre têm muitas razões “claras” do porquê não deveríamos estar com a pessoa que amamos. A diferença entre as suas emoções e as dos demais provavelmente se encontra no contexto.

O que não devemos ignorar é quando, na situação que se apresenta, toda a sua família e amigos começam a recusar a pessoa pela qual você se apaixonou. Se todos concordam com algo é, porque, possivelmente, você está mal acompanhada. Seus familiares e amigos sinceros querem o melhor para você. Você pode não estar percebendo algo que está bem claro à vista de todos.

Se esta situação se repete muito em sua vida, talvez tenha chegado o momento de revisar sua forma de viver e agir, tentando entender se a forma como as coisas estão faz você se sentir bem ou se algo precisa mudar.

  1. Não se apaixone se há muitos quilômetros entre vocês. Quando você vive esta situação por muito tempo, aprende que amar alguém não consiste ou implica em um excessivo esforço ou uma luta emocional constante.

Pergunte-se se vale a pena tudo o que você está passando, tanto o lado bom quanto o ruim. Se você começar a pensar sobre isto, seria interessante que propusesse ao seu amado ou amada questionar o mesmo. Viver este tipo de relacionamento à distância levará você a aumentar sua pressão emocional e, em consequência, um possível término para não submeter o seu corpo a um desgaste ainda maior.

  1. Não se apaixone se você já sabe que a outra pessoa não irá se apaixonar. Quando nos apaixonamos por uma pessoa, já sabemos se ela está disposta a se apaixonar ou não. Se você já está consciente disso, por que você acha que as coisas podem mudar?

Se uma pessoa é como é, não brigue com isso; ela irá seguir fazendo o que deseja fazer. É provável que, no esforço por tentar fazer com que ela se apaixone por você, você se desgaste desnecessariamente por algo que desde o princípio era um NÃO.

Assim, diante destas situações podemos deixar “no banco” o nosso coração e sermos realistas para evitar possíveis sofrimentos. Porém, para viver a vida e o autêntico amor por você mesmo, você deve se esquecer de tudo isto!

Porque se você quer amar e ser amado, seu coração é o seu melhor guia. Aposte em você, no que sente, na sua intuição… Simplesmente relaxe e desfrute da preciosa viagem que viver e amar alguém implica. 

Amar, você irá amar de qualquer jeito, da forma que for, portanto, faça-o com todo o seu ser porque cada um de nós é único e temos algo de muito valioso com o que contribuir aos demais.

Talvez você seja a exceção a tudo o que foi descrito acima… nunca se sabe.

Recomendados para você