A armadilha do preconceito

· junho 27, 2016

O preconceito é uma imagem prévia que temos de algo ou alguém. Uma imagem que não é positiva em nenhum sentido e que nos condiciona a enxergar a pessoa de uma determinada maneira.

Normalmente, desde pequenos, o lugar onde nascemos faz com que adquiramos certos preconceitos que instalamos em nossa mente e dos quais, inclusive, às vezes, não somos conscientes.

Os preconceitos são a razão dos imbecis.

– Voltaire –

Que preconceitos temos implantados em nossa mente que talvez desconheçamos por completo? Por exemplo, “todos os homens são iguais” ou “as loiras são burras”. Talvez você se questione se tem realmente esses preconceitos, mas quando fala e se relaciona com os demais, provavelmente essas falas afloram sem que você esteja consciente disso.

Livre-se do preconceito!

chaves-que-representam-nossos-preconceitos

Livrar-se dos preconceitos não é algo tão simples, já que estão interiorizados e continuamente estamos expostos a eles, o que torna esta luta difícil de ganhar. Mas, como sabemos, difícil não é impossível.

O que devemos ter claro é que os preconceitos nos limitam. Eles evitam que abramos nossa mente por completo, que possamos ser realmente “livres” de pensamento.

Como bem diz a própria definição de preconceito, ele se baseia em pressupor e pré-julgar algo que, na realidade, desconhecemos. É algo terrivelmente absurdo. A verdade é que ter e manter preconceitos em nossa mente significa 2 coisas:

  • Dar algo por certo ou conhecido sem ter motivos e nem fundamentos para isso.
  • Fazer e pressupor juízos de valor de forma negativa.

Não é verdade que acontece o mesmo quando julgamos uma pessoa antes de conhecê-la? Você já se surpreendeu alguma vez descobrindo que as coisas não eram como você pensava? É isso que acontece com os preconceitos. Não é bom pensar mal de alguém antes da hora: isso nos enche de negatividade.

O preconceito é o filho da ignorância.

– William Hazlitt –

Apesar de saber tudo isso e observar o quão ridículo pode chegar a ser, continua sendo muito difícil se livrar desses preconceitos que se alojaram em nossa mente.

Quebre as armadilhas

dente-de-leão-com-flor-azul

Como dissemos, é difícil, mas não é impossível, acabar com os preconceitos ou pelo menos mantê-los na linha ainda que nossa personalidade não queira fazer isso. Devemos seguir certas sugestões para acabar com as armadilhas dos preconceitos, para fazê-las cair e não nos deixamos enganar por elas.

Porque os preconceitos nos enganam, nos fazem ver uma realidade que não é correta. Nos fazem acreditar que o que pressupomos é verdade e quando, por exemplo, temos de ir a um bairro novo conhecer alguém, já vamos condicionados a pensar de uma certa maneira. Então, chega de preconceitos!

  • Tome seu tempo: se não conhece alguém, de que servirá julgá-lo antes de conhecê-lo? Dê um tempo antes de pensar qualquer coisa negativa. Seus preconceitos começarão a cair.
  • Seja sempre sincero: talvez seus amigos mais próximos ou seus familiares tenham feito com que você enxergue alguém de uma determinada maneira, fazendo com que você estabeleça um preconceito sobre essa pessoa. Se há algo que está consumindo-o por dentro, pergunte a essa pessoa a respeito das dúvidas que tem, seja sincero! Nunca suponha nada.
  • Você deve ser claro e buscar por clareza: as pessoas podem querer fazer a sua cabeça sobre outros em favor próprio. Por isso, antes de tudo, busque a clareza, busque sua própria percepção. Não se deixe arrastar pelo que os demais podem ver. Manter a mente aberta será a chave.
  • Esteja sempre prevenido: “nunca faça com os outros o que não gostaria que fizessem com você”, uma frase muito importante e que o ajudará a lutar contra os preconceitos.
  • A igualdade existe: ninguém será igual na forma de se vestir, de ser ou de agir. Não seja o juiz dos outros, já que somos diferentes! Aceite isso e deixe de julgar.

Um preconceito é uma opinião vaga, sem modos visíveis de suporte.

– Ambrose Bierce –

Você se identificou com os preconceitos? Já tentou alguma vez eliminá-los? Vivemos condicionados e isso é algo que devemos assumir, mas conhecer os preconceitos nos permitirá entendê-los e combatê-los.

Ninguém merece ser julgado com anterioridade, você com certeza não gosta quando acontece contigo. Assim, use a força de vontade e lute contra a armadilha dos preconceitos. Esse é o momento de eliminá-los completamente.

mulher-carregada-por-borboletas

Imagens oferecidas por June Leeloo.