Não é possível voltar no tempo

· fevereiro 13, 2015

Adoramos mergulhar no mundo dos sonhos, imaginando voltar no dia de ontem, voltar no tempo e reviver momentos nos quais podíamos rir com mais entusiasmo, ao nos ver livres de preocupações, sem sofrer, nem fazer ninguém sofrer.

Revisitar aqueles dias felizes do passado, que desejamos tanto, mas que ficaram para trás. Não devemos nos enganar, os dias passam e o tempo, mesmo que desejemos, não volta. É normal que, por algumas pessoas ou coisas, queiramos retomar o passado, pois a única coisa que temos é a lembrança. Mas por que gastar nosso tempo sonhando em voltar ao passado? Se você voltasse, o que faria?

Pensei sobre essa possibilidade, tenho certeza de que você também já se pegou imaginando ter a oportunidade de corrigir aquilo que não terminou bem, apagando as más decisões ou aproveitando oportunidades que desejamos retomar. Quem sabe assim, poderíamos tirar da cabeça aquele sentimento de culpa… Afinal, quem não se culpa por algo que ficou no passado? Não é incomum ter tristezas na vida, é normal que tenhamos erros dos quais nos arrependemos.

Quem sabe, se tivéssemos uma oportunidade, estaríamos com aquela pessoa que não demos o devido valor e deixamos de lado? Ou, por que não, dando menos importância àqueles que não valorizaram o que oferecíamos na época? Se pararmos para pensar, há muita coisa que gostaríamos de corrigir.

Mas também estive refletindo que essa oportunidade não ajudaria tanto assim. Somos o resultado de nossas experiências na vida, aprendemos com a felicidade e com a tristeza. Nosso caráter é formado através de nossas vivências, com as coisas boas e más. O passado formou nossa existência, nos ensinou a valorizar algumas coisas e deixar de lado outras. Depois de muitas quedas, um dia nos pegamos desfrutando a vida, e nos surpreendemos porque tudo se resolveu muito bem. Só podemos ser quem somos, sem ao menos nos darmos conta, devido ao resultado de nossas experiências.

Dizem que não aprendemos sem sofrer, sem apanhar da vida, mas a verdade é que, mesmo depois de tantos erros, podemos apreciar as coisas e tomar melhores decisões; nos sentimos mais conformados com nós mesmos e nos aceitamos exatamente como somos.

Ninguém pode negar que é tentador e delicioso pensar em ter a oportunidade de voltar àqueles anos emocionantes, na nossa adolescência, poder ser livre de responsabilidades outra vez, com o único objetivo de descobrir o mundo, e tudo que ele pode oferecer. Aproveitar a vida com total liberdade. Também sabemos que, naquela época, não nos sentíamos assim… Acontece que agora, no presente, olhamos para trás e percebemos o quanto mudamos.

Cada idade tem seus bons momentos e seus aprendizados. Adoro relembrar essas coisas, porque recordar é voltar a viver, mas sei que o presente é uma boa época. Mesmo com seus dias felizes, e outros nem tanto, cheguei até aqui através do que vivi no passado. E tenho certeza de que, se um dia essa possibilidade se tornar real, iríamos querer voltar ao presente. Nós somos assim; estamos presos as nossas vidas e somos o que as preenche.