Tipos de consumidores: com qual deles você se identifica?

7 tipos de consumidores: qual deles você é?

fevereiro 17, 2018 em Curiosidades 55 Compartilhados
Tipos de consumidores

Há diferentes tipos de consumidores e os especialistas em marketing sabem disso. Quem está envolvido no mundo dos negócios também sabe. As estratégias de venda levam em conta essas diferenças. Por isso os produtos e as campanhas são orientados a ativar estes mecanismos de compra, segundo a personalidade dos clientes.

Isso é particularmente visível na Internet. Neste âmbito há uma infinidade de mecanismos para detectar e classificar o comportamento dos diferentes tipos de consumidores. Desta maneira, a oferta vai se refinando à medida que se recolhe a informação. O objetivo é um só: que você compre mais e mais caro.

Comprar e se sentir bem por isso não é ruim. O que é ruim e pode ser problemático é ser induzido a fazer isso com cada vez mais frequência do que a racional, ou que sirva como conduta para cobrir outras carências que não se preenchem com o produto, como as emocionais. Ou que você seja empurrado de alguma maneira a comprar coisas desnecessárias se valendo da análise da sua conduta. Por isso, vale a pena tomar consciência de como compramos. Estes são os tipos de consumidores mais habituais.

“Compre o necessário, não o conveniente.”
– Ovidio –

Tipos de consumidores

1. O que só compra o melhor

Segundo um estudo realizado pela empresa Euromonitor, este é um dos grupos de consumidores nos que não há diferenças de gênero quanto a sua composição. Aproximadamente metade do grupo é composto por homens e a outra metade por mulheres.

A média de idade é de 35 anos e correspondem a 17% do total de consumidores. Trata-se de pessoas autoconfiantes, bem informadas e muito tecnológicas. Compram só aquilo que lhes dá status. Adquirem coisas bonitas e caras, ainda que tenham que se contentar com menos produtos.

Casal segurando sacolas de compras

2. O impulsivo

Este é o tipo de consumidor que representa o sonho de todo vendedor. Estima-se que este segmento é composto por 52% de mulheres e 48% de homens. A média de idade é de 34 anos e sua principal característica é que adoram as compras.

São pessoas sociáveis, espontâneas e, como não, impulsivas. A palavra mágica para eles é “oferta”. Quase a metade de suas compras são feitas pela internet, especialmente através de celulares. Não passam mais do que um mês sem comprar algo.

3. O otimista equilibrado

Correspondem a 20% da amostra estudada pela Euromonitor, 51% são mulheres e 49% homens. Sua média de idade é de 39 anos e sua principal característica é que analisam bem suas compras e não se deixam levar pela primeira impressão ou aquilo que as campanhas publicitárias lhes mostram. São dos que perguntam e tratam de ir mais além.

Este tipo de consumidor é prático e confiável. Avalia a relação custo/benefício e só adquire algo quando encontra um verdadeiro benefício nisso. São disciplinados em suas dívidas e preferem não contraí-las.

4. O aspirante lutador

O mais característico deste tipo de consumidor é que é angustiado. Quer que sua vida seja melhor e associa essa evolução às compras. Correspondem a 7% dos compradores, 53% deste grupo é composto por mulheres e o resto são homens.

Seus hábitos de compra são altamente emocionais. Podem, às vezes, não comprar absolutamente nada, ainda que seja uma autêntica barganha. Ao mesmo tempo, poderiam comprar tudo, ainda que seja caro e não lhes sirva. Tudo depende de seu estado de humor.

Mulher consumista

5. O caseiro conservador

Este grupo é o mais “feminino” de todos: 58% deste segmento é composto por mulheres. Correspondem a 20% dos compradores e têm em média uma idade de 44 anos. Sua principal característica é que pensam em termos de família.

Este é um dos tipos de consumidores mais detalhistas, atentos a tudo. Não lhes preocupa se estão atrasados nas tendências ou se não têm o telefone da moda. Compram só o que realmente precisam, quando precisam. São os menos manipuláveis.

6. O cético independente

Este é o segmento mais masculino de todos: 55% são homens. Têm em média a idade de 35 anos, são muito independentes e asseguram viver a vida “em seus próprios termos”. Desconfiam do comércio em geral.

Correspondem a 10% dos consumidores e há algo muito marcante neles: odeiam as compras. Só adquirem produtos quando é absolutamente indispensável. De fato, preferem delegar as compras a outros. Além disso, a Internet não desempenha um papel importante em suas vidas no que diz respeito à aquisição de produtos.

7. O tradicionalista seguro

Correspondem a 22% dos consumidores. Este é outro “grupo masculino”, pois 58% dos que fazem parte deste grupo são homens. Assim como o segmento anterior, odeiam as compras. É um dos tipos de consumidores que representam um problema para qualquer vendedor.

Diferentemente dos céticos, este segmento se sente completamente confiante. Sentem que sua vida lhes proporciona um grande bem-estar, por isso não estão em função de adquirir nada. Sentem-se bem com o que têm.

Homem fazendo compras online

Todos estes tipos de consumidores são minuciosamente estudados pelos departamentos de marketing de forma que, em muitos casos, há uma oferta diferenciada para cada tipo. “O cliente sempre tem a razão” e o que os gurus do marketing procuram são boas estratégias para que tenhamos a informação que procuramos de acordo com o nosso perfil consumidor… e finalmente façamos a compra.

Recomendados para você