A vida não espera, ela acontece aqui e agora

· fevereiro 14, 2018

A vida não espera nem pode ser programada em uma agenda, a vida está acontecendo nesse mesmo instante: no aqui e agora. É neste exato momento onde tudo acontece, onde as oportunidades nascem e os trens param nas estações, avisando sobre uma chegada que nunca mais irá acontecer. Lembre-se: não deixe para amanhã a felicidade que você merece hoje.

Esta mensagem, que em si mesma é inspiradora e bem-sucedida, contém uma nuance na qual talvez não tenhamos pensado antes. A maioria de nós sabe que as melhores oportunidades acontecem agora; no entanto, nem sempre as vemos, ou pior, não nos sentimos preparados para elas, nos falta certa valentia, uma certa coragem para atravessar a linha do medo.

 “Agora: uma palavra curiosa para expressar um mundo inteiro e uma vida inteira”.
-Ernest Hemingway-

Se nos perguntarmos sobre o motivo dessa indecisão ou dessa “cegueira” para ver as portas que se abrem todos os dias diante de nós, a resposta está em nosso legado cultural, em nossa educação e naquela perspectiva vital que nos fizeram assumir. Assim, quase desde que somos crianças, estamos convencidos de que há um lugar onde seremos felizes, que chegará um dia em que, com base em nossos esforços, confiança e desejo de superação, alcançaremos essa meta, esse objetivo desejado.

Pode ser que isso seja verdade para algumas pessoas; no entanto, se existe um aspecto que caracteriza nosso mundo atual, é a incerteza. Aqueles que mais se esforçam nem sempre conseguem o que desejam. Em essência, muitos de nós passamos a metade das nossas vidas esperando um “algo” que nunca acontece, diluindo nessa eterna espera nossas esperanças e expectativas.

Precisamos aplicar uma nova estratégia, vamos parar de nos concentrar no futuro para apreciar um pouco mais o aqui e agora, investir em um presente de qualidade através de um olhar receptivo, uma mente aberta e um coração que tem o que precisa.

Gotas de orvalho diante de flor

A vida não espera: aprecie o aqui e agora para investir na felicidade

Para muitos, viver apegados ao imediatismo, ao que acontece agora, supõe pouco mais do que um ato de irresponsabilidade. Em primeiro lugar, entendamos que viver aqui e agora não significa que devemos assumir uma visão hedonista, um carpe diem no mais puro estilo barroco, onde nos limitamos a aproveitar o momento… como se não houvesse amanhã. Na verdade, é o contrário, porque aproveitar o presente também é investir no futuro.

Paul Auster disse com grande sucesso que as pessoas devem aprender a viver no hoje, porque “que importância tem quem você foi ontem, se você tem certeza sobre quem você é agora?” Aí está a chave, em saber quem somos hoje, em lembrar onde estamos, o que precisamos e onde queremos chegar. De fato, e como uma curiosidade, pode-se dizer que existe um tipo de paciente muito comum que os psicólogos encontram em sua prática clínica diariamente: aqueles que são “desconectados” de si mesmos e do momento presente.

Há muitas pessoas que, ao experimentarem uma sensação difícil, ao sentirem uma emoção complexa ou problemática, não hesitam em interpretar esses eventos como “ameaças”. Após essa categorização, elas optam por olhar para o outro lado, dizendo que “amanhã será outro dia”, “amanhã estarei melhor” ou “o tempo cura tudo”.

Elas se limitam a acumular conflitos, vazios e frustrações como quem coloca sobre suas costas cada pedra encontrada em seu caminho. Evitam toda a responsabilidade para com sua pessoa sem saber que quem cuida de suas emoções no aqui e agora investe de forma inteligente em sua felicidade.

Homem observando as estrelas no céu

“Alguns estão dispostos a qualquer coisa, menos a viver aqui e agora”.
-Jonh Lennon-

Treine sua mente para viver aqui e agora

Nossa mente é como uma criança hiperativa viajando de carro. Ela precisa de um brinquedo, algo para fazer, algo para olhar, pensar, desenterrar, se preocupar e até ficar obcecada. Nossos pensamentos nunca param e quase sempre estão focados no futuro imediato. Nós somos como aquela pequena criança dentro do veículo perguntando quanto falta para chegar ao destino.

Nós esquecemos que a vida não é um destino, a vida é uma viagem, são instantes, são fragmentos enraizados em um presente que nos escapa muitas vezes. Uma maneira de melhorar nossa abordagem, desacelerar o motor desse carro e aproveitar um pouco mais dos pontos de vista é praticar a atenção plena. Agora, para conseguir isso, devemos treinar nossa mente através de estratégias apropriadas. Vamos ver alguns exemplos.

Mãos cobrindo flores pequenas

Praticar a atenção plena, apreciar o aqui e agora

  • Aplique em seu dia a dia a seguinte afirmação: saber viver é fazer o melhor que pudermos com o que temos no momento em que estamos.
  • Uma mente em calma é sinônimo de uma vida mais clara. Para alcançar este estado de equilíbrio interno, será útil praticar a meditação, a ioga ou a respiração profunda.
  • Não deixe para amanhã a preocupação que você tem hoje. Toda emoção complexa, ansiedade ou problema deve ser resolvido no momento presente.
  • Trabalhe seu foco, preste atenção em tudo que fizer, ao que o rodeia neste exato momento. Evite a multitarefa.
  • Saia para caminhar todos os dias, pelo menos durante meia hora, por um ambiente natural.
  • Pratique a gratidão, agradeça por tudo o que você tem e que o rodeia.
  • Aprenda a ouvir melhor.
  • Coma sem pressa, aproveite cada mordida, cada sabor.
  • Compartilhe tempo de qualidade com quem você ama.
  • Pratique coisas que você considera interessantes e que despertem sua criatividade.

Para concluir, aprender a viver no aqui e agora exige, antes de tudo, vontade e trabalho diário. Ninguém muda seu foco de uma semana para outra, mas com vontade e decisão apreciaremos muito mais o que realmente existe, o que podemos tocar, sentir e desfrutar: o presente.