Os melhores negociadores do mundo, as crianças

5 coisas para aprender com os melhores negociadores do mundo, as crianças

setembro 17, 2015 em Curiosidades 1 Compartilhados
crianças

Alguma vez você já parou para pensar no poder que as crianças têm de conseguir tudo o que elas querem? Estes baixinhos estão constantemente negociando conosco, e não podemos negar que eles costumam ser surpreendentemente eficazes.

Gostaria de aprender a negociar? Então fique atento a estas 5 técnicas compartilhadas por Alejandro Hernández, comumente utilizadas pelas crianças para alcançar seus objetivos.

1. As crianças fazem muitas perguntas

A criança pergunta, o adulto supõe. Quando uma criança atende a um telefonema, ela não para até saber a razão da ligação. É claro que eles se conformam com qualquer resposta que pareça razoável naquele momento, mas não param de perguntar até ficarem satisfeitos.

Além disso, enquanto a criança está constantemente questionando o desconhecido, o adulto finge que sabe por medo de parecer incompetente.

2. Elas sabem o que querem e não param de pedir

Eles pedem constantemente o que querem. A criança sabe que quanto mais pedir algo, maior é a possibilidade de que venha a obter o que quer; portanto, se ela quer um videogame, levá-la ao parque e comprar um sorvete não fará com que ela pare de pedir por ele.

Os adultos, por outro lado, ficam calados e não pedem. Parece que esperamos que os demais possam ler nossas mentes, e quando alguém finalmente acerta o que queremos, ainda tentamos negar categoricamente.

Se nós não expressarmos os nossos desejos, dificilmente iremos obter o que queremos. As crianças são surpreendentemente hábeis em usar isto, já que elas não têm nenhuma reserva em expor seus desejos a qualquer um.

crianças

3. Não aceitam um não e não se conformam

Para as crianças, o ‘não’ é o início da negociação; para o adulto, o ‘não’ é o fim. Tanto para o adulto quanto para a criança, a pior coisa que se pode dizer é um ‘sim’, pois ele é o fim da negociação. O ‘sim’, logo de cara, não nos traz nada e pode até nos frustrar, já que a negociação é um divertido jogo de troca.

É possível que uma criança, todos os dias, receba um não como resposta centenas de vezes, mas ela nunca abandona o caso após a primeira recusa. As crianças nos levam ao limite: elas insistem, insistem e insistem. Por quê? Porque funciona. Assim, elas conseguem pedaço por pedaço do bolo que queriam e que nós, inicialmente, nos recusamos a dar.

4. Elas são extremamente persistentes

Falta muito para chegarmos? Está longe? Quanto falta? Eu estou entediado, já chegamos?

Claro que isso soa familiar para todos nós. A criança persiste, o adulto não. Ao contrário do que se poderia esperar, elas sabem que se não conseguem algo, devem pedi-lo em um outro momento, ou então pedir algo parecido que pode ser até mais gratificante.

Isto é completamente normal, e se a resposta não deixar os pequenos satisfeitos, eles perguntarão ‘Por que sim?’ ou ‘Por que não?’ até obterem uma resposta satisfatória.

5. As crianças não desistem, trocam

A criança troca um bom comportamento pelo que ela quiser, mas raramente renuncia ao que quer. Elas, em sua negociação, fazem com que os outros também ganhem alguma coisa. Ao final, esse jogo de negociação não passa de uma brincadeira de criança…. com a qual muitos de nós também aprendemos e nos divertimos durante a infância.

Recomendados para você