As 7 melhores frases de Vygotsky

· dezembro 19, 2017

Conhecer as melhores frases de Vygotsky é como conhecer mais de perto o “Mozart” da psicologia do desenvolvimento e da educação. Lev Semenovich Vygotsky (1896-1934) é um importante psicólogo e médico bielorrusso, precursor da neuropsicologia soviética e um teórico da psicologia do desenvolvimento.

As frases de Vygotsky foram ignoradas por um longo tempo. Algo que não o fez abandonar a defesa de uma ideia: a cultura desempenha um papel muito importante no desenvolvimento dos processos mentais. De fato, vista com a maturidade que a passagem do tempo concede, podemos dizer que suas contribuições causaram uma revolução, especialmente nesse campo tão fértil que compartilham psicologia e educação. Muitas das pesquisas, reflexões, artigos e frases da Vygotsky são focadas nos seguintes aspectos:

  • O papel da linguagem sobre o comportamento humano.
  • O papel da linguagem no desenvolvimento mental da criança.
  • A origem e o desenvolvimento de funções mentais superiores.
  • A filosofia da ciência.
  • As metodologias da pesquisa psicológica.
  • A psicologia da arte.
  • A brincadeira entendida como um fenômeno psicológico.
  • O estudo dos distúrbios de aprendizagem e o desenvolvimento humano anormal.

As frases de Vygotsky que melhor simbolizam seu pensamento

A importância da interação social

A interação social é a origem e o motor da aprendizagem.

O sentido no qual se desenvolve o pensamento não é do individual ao social, mas do social ao individual. Em contraste com Piaget, afeta a visão social da aprendizagem. A aprendizagem seria uma forma de apropriação do patrimônio cultural disponível, e não apenas um processo de assimilação individual.

Vygotsky explica que a aprendizagem humana pressupõe uma natureza social específica. Ou seja, trata-se de um processo através do qual as crianças acessam a vida intelectual daqueles ao seu redor.

Casal com sua filha pequena

O valor do pensamento para a compreensão

Para compreender a linguagem dos demais não é suficiente compreender as palavras, é necessário entender seu pensamento.

Com a linguagem, já temos agora a possibilidade de afirmar ou negar, o que indica que o indivíduo tem consciência do que é e pode agir com sua própria vontade. A linguagem e o pensamento têm origens diferentes, mas gradualmente o pensamento se torna verbal e a fala racional.

Especificamente, a linguagem infantil é social e externa, mas pouco a pouco é internalizada. O desenvolvimento cognitivo das crianças acontece graças a conversas informais e formais com os adultos. A criança começa a perceber o mundo através dos seus olhos, mas também através da sua fala.

O abandono da imitação

À medida que nos desenvolvemos, paramos de imitar simplesmente o comportamento de outros ou de reagir automaticamente aos estímulos do ambiente.

A criança se nutre de seu ambiente, como uma esponja, enquanto vai configurando sua própria estrutura. À medida que envelhecemos, continuamos imitando e reagindo ao ambiente, mas mais em função de nossos esquemas ou valores.

A relação entre palavras e pensamento

Uma palavra vazia de pensamento é uma coisa morta, da mesma forma que um pensamento nu de palavras permanece na sombra.

Um pensamento pode ser comparado a uma nuvem que lança uma chuva de palavras. A linguagem é o principal veículo de interação e influencia de forma decisiva o desenvolvimento da mente: a linguagem é essencial para o pensamento.

Falhas de comunicação

A definição de conhecimento

O conhecimento é o produto da interação entre a pessoa e o meio, mas o meio entendido como algo social e cultural, não apenas físico.

Todos os processos psicológicos superiores (comunicação, linguagem, raciocínio, etc.) são adquiridos primeiramente em um contexto social, para depois serem internalizados a nível individual. Nesse sentido, não há aprendizado melhor do que o que confere a própria experiência e o julgamento crítico da mesma.

O professor como facilitador

O professor deve adotar o papel de facilitador, não de provedor de conteúdo.

O aluno é quem vai construindo seu próprio caminho e o professor é quem o acompanha ao longo do caminho. O que uma criança pode fazer hoje com ajuda será capaz de fazer por si mesma amanhã.

Aprender é como uma torre, deve-se construir passo a passo. Estreitamente relacionado com o potencial da zona de desenvolvimento proximal, a construção social e o conceito de andaimes.

A adaptação social

Nós nos transformamos em nós mesmos através dos outros.

Vygotsky acreditava que uma necessidade só pode ser realmente satisfeita através de uma certa adaptação social. Devemos nos lembrar que a cultura determina em grande parte nossas necessidades. A mente não pode ser independente de uma cultura. Nesse sentido, somos animais sociais, não indivíduos isolados.

Pessoas unidas em círculo

Cabe destacar que as frases de Vygotsky identificam funções psicológicas complexas, como o diálogo, e lhe dão um grande valor na resolução de problemas. Sua filosofia, pela sua natureza positiva, constitui, no fundo, uma tentativa de sublinhar a importância do nosso ambiente e o poder que este tem sobre o nosso desenvolvimento. Estamos sempre em constante mudança, sendo a cultura e a experiência as duas principais bússolas de nossas vidas.