A chave da felicidade

A chave da felicidade

novembro 10, 2015 em Emoções 10 Compartilhados
A chave da felicidade

Ah, como seria fácil a vida se tivéssemos a chave da felicidade, não é verdade? Mas será que ela também não perderia um pouco a graça? Se sempre fôssemos felizes, se tudo fosse bem de primeira, não sei… viveríamos em uma espécie de desenho animado infantil que acabaria nos transformando em alienados.

Por isso, a chave da felicidade pode ter se perdido um certo dia. Talvez os deuses a tenham jogado em algum dos grandes oceanos, para que nunca a encontrássemos, ou talvez exista outra lenda, que diz que algum trol horrível que mora no bosque a viu e a destruiu.

É melhor não ter chaves, que se perdem facilmente e temos que mandar fazer novas!!

Creio que é muito melhor alternar momentos, momentos tristes e momentos alegres, momentos fugazes e momentos intermináveis….

Talvez a vida seja isso, um grande quebra-cabeças feito de mil peças diferentes, cada uma necessária para que a mesma tenha sentido e para que no fim se forme uma imagem real, a imagem da nossa vida, sem maquiagem, nem máscaras, a vida assim, como ela é.

Mas, como é possível cultivar a sua própria felicidade? Como podemos construir uma pequena chave, simples, discreta mas que nos ajude a abrir o nosso cofre da felicidade? Querer é poder!!

Estes são os 6 conselhos para que você possa construir a chave que a abre a fechadura que leva à felicidade:

1. Não repita constantemente: “Que azar eu tenho! Tudo acontece comigo! Sou um azarado!” Diga adeus a esse monólogo interior tão repetitivo quanto impertinente, que só lhe prejudica diante de mil coisas que você tem para se sentir feliz, como por exemplo o sorriso do seu filho.

2. Valorize os pequenos prazeres da vida. Você não sente uma profunda felicidade com uma xícara de café, de chá ou de chocolate quente, uma manta e um bom filme? Pois ai está… Olhe que fácil e barato foi criar um momento de felicidade.

3. Valorize todas as coisas boas que você tem. Todos temos coisas boas e coisas ruins em nossa vida. Faça uma varredura da sua e com certeza encontrará coisas bonitas que lhe fazem feliz.

Talvez você more perto do mar ou pode acordar todo dia e ter uma boa vista para olhar ao seu redor; talvez tenha uma árvore bonita perto da sua casa e ainda não olhou para ela ou um teto onde se abrigar a cada dia.

4. Valorize a sua saúde acima de tudo. Quando a saúde falta, percebemos a importância que demos antes a coisas que na verdade não têm tanta importância assim. E se em um dado momento ela faltar, tire de dentro de si a sua força interior.

5. Aprenda com tudo e com todos. Já aconteceu com você de uma criança de apenas 4 anos lhe dar uma lição de vida? Ou de você ter ido comprar pão e a pessoa que lhe atendeu ou outro cliente ao seu lado dizer algo digno de se transformar em uma frase de um dos melhores filósofos da antiga Grécia?

6. “Hoje pode ser um grande dia, pense assim.” Adoro esta frase de Joan Manuel Serrat, assim como a sua música.

Recomendados para você