Christian, o leão: conheça a sua comovente história

Christian, o leão: conheça sua comovente história

novembro 18, 2017 em Psicologia 0 Compartilhados
Christian, o leão

A história de Christian, o leão, é uma das histórias mais surpreendentes de amor verdadeiro que pode acontecer entre o homem e os outros animais. Trata-se de uma história real, que está documentada em diversos meios e que levanta algumas perguntas ainda não respondidas.

Tudo começou em Londres, em 1969. Dois jovens australianos, chamados John Rendall e Anthony “Ace” Bourke, foram fazer compras na Harrods, uma das mais famosas lojas de departamento do mundo. Para a surpresa deles, descobriram que um filhote de leão estava à venda. Era apenas um filhotinho e o dono queria se desfazer dele porque tinha destruído sua mercadoria na noite anterior.

“Um país, uma civilização, pode ser julgada pela maneira como trata os animais.”
-Mahatma Gandhi-

Os jovens compraram o leão e o levaram para casa. Junto com algumas amigas, começaram a criar o filhote e perceberam que ele era bastante sociável e simpático. Quando o pequeno filhote completou um ano de idade, já não era mais possível criá-lo dentro de casa. Eles decidiram, então, levá-lo a uma loja de móveis que eles mesmos administravam e que, curiosamente, se chamava “Sophistocat” (algo como “conhecendo o gato”).

O triste adeus de Christian, o leão

Rendall e Bourke não pensaram que seu pequeno amigo cresceria em um ritmo tão acelerado. Dentro de pouco tempo se tornou impossível mantê-lo na loja de móveis. Ele já não cabia em mais nenhum lugar e, sem querer, causava muitos danos em qualquer lugar. Por isso, o casal procurou um padre que era amigo deles e pediram a ele para deixar o leão no cemitério da paróquia. O sacerdote concordou.

Christian, o leão, quando era filhote

Christian, o leão, continuou crescendo. Ele tinha se tornado adulto e comia desenfreadamente. Manter sua dieta custava uma fortuna aos seus amigos humanos. Eles começaram a perceber que muito em breve seria impossível que Christian continuasse a viver em Londres. Afinal, era um animal selvagem. E se ele ficasse perigoso? Christian sempre se mostrava muito amigável, mas nunca se sabe…

Dois atores de cinema visitaram Christian e sugeriram aos donos que o colocassem nas mãos de George Adamson, um famoso conservacionista do Quênia. Ele se encarregaria de levar Christian de volta ao seu habitat natural, permitindo assim que pudesse viver como um verdadeiro leão.  Os jovens concordaram; mesmo se sentindo muito tristes, esta seria a melhor opção para todos.

Christian, o leão, volta à selva

Os jovens concordaram em levar Christian até o Parque Nacional Kora, no Quênia. Era o lugar ideal para que ele começasse uma vida nova. O amigo conservacionista o colocou junto com outro leão macho, mais velho, que todos chamavam de “Boy”. E também com uma fêmea, para que formassem uma nova manada. Pouco a pouco os animais foram se afastando dos humanos, até que um dia não voltaram mais.

Christian, o leão

Um ano depois desse acontecimento, Rendall e Bourke tomaram a iniciativa de ir visitar Christian. A ideia foi considerada um pouco maluca. Christian já tinha voltado ao seu habitat natural e agora agia como um leão comum. De qualquer maneira, os jovens queriam pelo menos vê-lo e saber que estava bem. O conservacionista os alertou que deveriam ter muito cuidado, pois Christian poderia atacá-los.

Os jovens foram até o Parque Nacional Kora e esperaram algum tempo. Então começaram a chamar por Christian, mas este não apareceu tão rapidamente. Por fim, viram um leão que caminhava cautelosamente por entre as pedras. Os jovens continuaram a chamar. Rapidamente, o leão reagiu e foi ao encontro dos seus velhos amigos. Indo contra todos os palpites, Christian se lembrava perfeitamente deles. Ele os abraçou e lambeu seus rostos. Tudo isso foi gravado em um vídeo.

Uma história sem respostas

Um ano depois aconteceu algo ainda mais extraordinário. Depois do último encontro, Christian voltou para a selva. Os jovens constataram que ele tinha se tornado o rei de um bando de leões. Mas, de uma hora para outra, tinha desaparecido. Não se soube mais nada dele durante mais de nove meses. Seus amigos humanos, entretanto, quiseram visitá-lo de novo.

Sem saber como, nem por quê, um dia antes da chegada dos jovens, Christian voltou a rondar as proximidades do Kora. No dia seguinte, a mesma cena do primeiro encontro se repetiu. O leão primeiro os olhou cautelosamente e, em seguida, os abraçou, como se fosse o mesmo filhote que eles tinham criado. A única diferença é que Christian tinha duplicado de tamanho desde a última vez que os jovens o tinham visto.

Christian, o leão, passeando de carro

A história de Christian e seus amigos humanos se transformou em um documentário que contém imagens reais. Também foi escrito um romance baseado na sua história e incontáveis artigos em vários jornais e revistas do mundo. Ainda não há explicações definitivas sobre essa linda e maravilhosa relação entre uma “fera” e dois jovens que decidiram dar seu carinho e, o que é mais importante, um futuro levando as necessidades do animal em consideração.

Recomendados para você