Se você cortar as minhas asas, eu usarei a vassoura, mas vou voar

· fevereiro 18, 2019
Se você sente que tem que dar asas à sua vida e as pessoas do seu entorno estão freando seus impulsos, lute e saiba que você é capaz de voar.

Existem situações nas quais as pessoas sentem que querem desenvolver outros talentos, ou dedicar seu tempo a diferentes atividades. No entanto, quando elas dizem “vou voar” ou “preciso de uma mudança”, além das suas próprias resistências, elas podem se deparar com as das pessoas do seu entorno.

Esse “freio” pode vir do companheiro amoroso, apesar de ocorrerem muitos casos entre familiares. Todo processo de desenvolvimento pessoal e de mudança possui as suas próprias dificuldades, mas lidar com a descrença dos outros torna tudo ainda mais complicado.

A vida não é estática. As coisas mudam, as pessoas evoluem, e nem sempre elas se desenvolvem juntas, no mesmo ritmo ou na mesma direção. Por isso, é importante compreender por que as pessoas próximas nem sempre apoiam as mudanças que nós queremos fazer buscando o nosso próprio desenvolvimento pessoal. Isso pode representar uma parte importante dos obstáculos que precisam ser superados.

Mulher caminhando em estrada

Por que isso acontece?

Primeiro, devemos considerar que todo processo de mudança ou de desenvolvimento pessoal não afeta somente quem o realiza, a menos que ele viva sozinho e isolado. Nós somos sempre parte do mundo de alguém mais e, em muitos casos, uma parte bem importante.

Quando nós mudamos, quando dizemos “vou voar”, podemos estar influindo na vida de quem nos cerca. Estas pessoas podem sentir que devem fazer alguns ajustes em suas próprias vidas, ajustes que podem ter um preço que elas não querem pagar.

Um processo de mudança, principalmente quando é profundo, sempre assusta um pouco. No entanto, quando ele é necessário, a vontade de melhorar supera essa parte incômoda de sair da nossa zona de conforto.

É interessante antecipar o que os outros, que não serão favorecidos com nossos atos, podem sentir. Desse modo, todo processo de melhora e de desenvolvimento pessoal fará uma seleção natural das relações que serão mantidas com outras pessoas.

São momentos nos quais ficará mais evidente a motivação que cada um possui para estar perto de você. Cuidado com as interpretações, pois elas não deixam de ser as nossas próprias suposições, elaboradas a partir de uma informação parcial.

As situações que podem provocar esse “vou voar” são bastante diversas, do mesmo modo que as resistências que iremos encontrar. Desde ir mais cedo para a academia e atrapalhar a pessoa que deve abrir o estabelecimento – que está acostumada a chegar cinco minutos mais tarde – a incomodar o nosso parceiro porque estamos indo a um curso e agora chegamos mais tarde em casa, e ele tem que preparar o jantar sozinho.

O processo de mudança

A mudança é um processo complexo no qual uma pessoa encontra os seus próprios obstáculos pessoais. Existem vários elementos que entram em jogo quando alguém decide mudar algum âmbito de sua vida. O autoconhecimento é uma parte importante. Analisam-se as qualidades que uma pessoa possui e também as suas fraquezas. São momentos de autorreflexão.

Os processos de mudança e de desenvolvimento pessoal costumam aparecer devido às crises mais ou menos graves que colocam as pessoas em situação de encontrar um melhor propósito de vida. Um “vou voar” é, muitas vezes, um encontro com as próprias crenças limitantes. Ele obriga quem realiza a mudança a enfrentar muitos de seus medos. Isso coloca as pessoas próximas em uma situação de incerteza, de não saber até que ponto elas vão ser atingidas por essa mudança.

Vou em frente, vou voar, vou enfrentar meus medos

Também podemos nos deparar com as projeções dos medos das pessoas próximas. Seu parceiro pode ter medo de que, ao voltar tão tarde para casa, algo possa acontecer com você. Alguns pais podem ficar receosos quando o filho diz que vai mudar de profissão. Por outro lado, muitas pessoas acreditam equivocadamente que não podem mudar, e como consequência, pensam que os outros também não vão conseguir fazer isso.

Se você está em um momento de mudança em sua vida, e se você acredita que pode melhorar algum aspecto de si mesmo, concentre-se nisso. As pessoas próximas poderão apoiá-lo ou, simplesmente, não fazer isso.

Este é um dos obstáculos de qualquer propósito em que você fala “vou voar”. Se essas pessoas estão destinadas a fazer parte da sua nova vida, elas vão continuar ao seu lado; se isso não acontecer, elas também serão parte dessa mudança.