Diminuir a timidez até eliminá-la - A mente e maravilhosa

Diminuir a timidez até eliminá-la

abril 3, 2015 em Psicologia 8 Compartilhados

Este artigo é intitulado “Diminuir a timidez”, porque parecia pouco realista colocar “eliminar a timidez”, já que isso é algo que não pode ser retirado da noite para o dia, leva tempo e, principalmente, muito treinamento.

Portanto, o melhor momento para começar a diminuir a timidez é agora mesmo. Sem prática e sem se expor ao que nos produz medo não será possível melhorar.

Algumas ideias para começar a praticar

Dicas para diminuir a timidez

1. Faça uma lista: Faça uma lista das coisas que mais lhe causam timidez . Começando pelas que mais medos lhe causam. Em seguida, você deverá começar a praticar começando pelas que menos timidez lhe causam e depois que tiver superado essas, ir subindo de nível até chegar as mais temidas por você.

Como posso saber se posso solucionar minha timidez sozinho ou devo procurar ajuda profissional? Você saberá quando começar a enfrentar-se. Se o seu nível de nervosismo ou de pensamentos negativos fizerem com que você não se atreva a enfrentar de novo as situações, é porque você precisa de ajuda.

O que faz melhorar são esses confrontos, e se enfrentar-se deixa você mal de saúde ou seja lá porque você não se atreve, você está impedindo o avanço. É aí que um profissional deve continuar empurrando-o para que você continue enfrentando essas situações, dando-lhe as ferramentas ou técnicas de relaxamento que servirão de trampolim até o seu objetivo.

Sintomas quando seria bom considerar pedir ajuda: Quando você tiver deixado de enfrentar as situações que você teme, porque você acha que não tem remédio, ou porque lhe produz um nervosismo que lhe deixa mal de saúde, tiver jogado a toalha, ou levar tempo enfrentando-se mas o tempo passa e você não nota nenhuma melhoria.

Lembre-se de que o tempo não faz mudar; as mudanças ocorrem porque ao longo do tempo temos muitas experiências que nos moldam, se você não enfrentar essas experiências não irá avançar.

2. Sozinho consigo: Exercite-se quando estiver sozinho. Você pode pegar um jornal e ler em voz alta com tom firme e seguro, até gravar-se em vídeo como se estivesse falando para uma público.

Desta forma, sua mente se prepara e se acostuma com essa atitude segura e quando você fizer algo semelhante em sociedade já terá uma prática aprendida para fazê-lo melhor.

3. Mantenha bons pensamentos sobre si: Instale em sua mente 3 pensamentos positivos sobre si mesmo, dos quais você deve se lembrar naqueles momentos em que se encontrar diante de situações temidas.

Por exemplo, pensamentos de motivação e valor sobre si mesmo como:

– Ainda que me cause medo posso fazê-lo, acredito em mim!!

– Sou uma pessoa com grandes virtudes, me amo e me aceito como sou, independentemente de como eu me sair hoje

– Estou calmo, porque eu sei que eu sou uma pessoa que vale muito a pena. Ânimo, tudo sairá bem!!

4. Atitudes de amor e aceitação por si: Está demonstrado que o amor cura e muda. Pessoas que crescem em um ambiente de amor e aceitação tendem a crescer com uma autoestima saudável e a superar a timidez desde bem cedo.

Se, apesar de você não parar de enfrentar as situações temidas, você não notar uma melhora, pode ser porque você não encara a raiz do problema.

A timidez não é sempre igual em todo mundo, cada caso é único. Em alguns, a falta de autoestima e o complexo de inferioridade podem causar timidez, mas em outros pode ser outra coisa, como o perfeccionismo, etc..

Pensamentos de inferioridade

Acreditar-se inferior a outras pessoas costuma ser uma característica das pessoas tímidas. É um pensamento irracional, porque ninguém é mais nem menos do que os outros.

Às vezes pode parecer que sim, mas isso é errado. Algumas pessoas sabem demonstrar suas virtudes onde possam ser vistas por todos, no entanto outras, devido ao complexo de inferioridade, não são capazes de mostrar as suas virtudes, ou por timidez ou porque nem sequer descobriram quais são os seus pontos fortes.

Todo mundo tem grandes virtudes, mas nem sempre são descobertas. Então, a partir de hoje, comece a valorizar-se como você merece. Diminuir a timidez é uma tarefa de perseverança; não desanime e continue enfrentando-se, mesmo que as coisas não saiam como você quer.

Como diz uma frase “O sucesso não consiste em conseguir coisas, mas em ser capaz de nunca desanimar”.

Imagens cedidas por Fávián Kristóf e Alba Soler

Recomendados para você