5 frases fantásticas de Isaac Asimov

17 Julho, 2020
Nas frases de Isaac Asimov, descobrimos um escritor que combina o melhor do pensamento científico com as propostas do humanismo. As suas afirmações são um chamado para combater a irracionalidade e o constrangimento.

Uma grande parte das frases de Isaac Asimov visa exaltar o valor da ciência e denunciar os efeitos da ignorância. Esse impressionante escritor de origem russa, mas naturalizado nos Estados Unidos, foi talvez o mais importante dos divulgadores da ciência do século XX. Daí a sua ênfase no valor da razão.

Asimov também foi um dos grandes escritores de ficção científica. Nesta faceta, ele alcançou grandes realizações e provou que o pensamento científico não exclui a imaginação, pelo contrário, se inspira nela. Portanto, há várias frases de Isaac Asimov que fazem alusão ao criativo.

Este escritor se declarou agnóstico e depois ateu. Existem frases de Isaac Asimov que questionam diretamente as crenças religiosas. Isso pode ser chocante para alguns, mas o interesse de Asimov não era desrespeitar os cultos, e sim denunciar a sua falta de consistência. Vejamos algumas de suas declarações mais interessantes.

“Acima de tudo, nunca pense que você não é bom o suficiente. Um homem nunca deveria pensar isso”.
– Isaac Asimov –

1. Uma das frases de Isaac Asimov sobre a moralidade

“Nunca deixe seu senso de moral atrapalhar o que é correto”.

Essa é uma daquelas frases de Isaac Asimov que podem ser surpreendentes ou questionáveis ​​para alguns. Nela, ele estabelece um contraste entre o senso de moralidade e o que é correto. É algo que alguns classificariam como contraditório, especialmente se o considerassem através de uma perspectiva moralista.

O que Asimov faz é colocar uma posição profundamente pragmática. O sentido de moralidade é uma realidade metafísica. Pertence ao mundo das ideias. O que é correto, por outro lado, habita o terreno do senso comum e do melhor para todos, mesmo que contradiga algum preceito moral.

5 frases fantásticas de Isaac Asimov

2. Conhecimento e sabedoria

“O aspecto mais triste da vida atual é que a ciência alcança o conhecimento mais rapidamente do que a sociedade alcança a sabedoria”.

Esta é uma bela afirmação que descreve com maestria uma das realidades que estamos enfrentando agora. Os avanços da ciência e da tecnologia acontecem em um ritmo veloz, mas as mudanças individuais e sociais não.

Um exemplo claro dessa realidade são as guerras. Elas continuam sendo um caminho no qual muitos apostam como forma de resolver algumas contradições. Atualmente, a guerra tem um nível tecnológico muito alto, mas a sua promoção continua a obedecer a um padrão de pensamento que não está muito longe do homem das cavernas.

3. A violência nas frases de Isaac Asimov

“A violência é o último refúgio do incompetente”.

Talvez esta seja uma das frases mais conhecida de Isaac Asimov. E não é para menos: condensa uma grande verdade em poucas palavras. Denuncia a verdadeira face do comportamento violento.

Asimov ressalta que a violência é uma característica dos incompetentes, porque corresponde à resposta mais básica e instintiva diante de um conflito. Aparece apenas quando outras habilidades humanas, como a capacidade de comunicação, a empatia e a criatividade, não estão presentes.

4. A vida e o xadrez

“Na vida, ao contrário do xadrez, o jogo continua após o xeque-mate”.

No domínio humano, o conceito de “fim” é muito relativo. Na realidade, ele não existe. Até a nossa vida não termina quando morremos, porque ainda estamos presentes em nossas obras e na mente ou no coração daqueles que nos conheceram.

Qualquer final, então, não equivale a um final absoluto. Pelo contrário, corresponde a uma grande mudança na linha de continuidade. Assim é a vida humana: uma sucessão de inícios e finais, na qual o zero absoluto nunca é alcançado.

Jogo de xadrez

5. A ciência é uma luz

“Existe apenas uma luz na ciência, e acendê-la em qualquer lugar é iluminar todos os lugares”.

Até agora, a ciência é o único discurso humano que tem duas características: é universal e cumulativa. Universal porque é válida independentemente da cultura mencionada, e cumulativa porque novos conhecimentos são construídos com base em resultados anteriores.

Nem a religião nem a filosofia, muito menos as crenças têm essas características. Por isso, Isaac Asimov disse que quando a ciência ilumina algum lugar, também está iluminando todos os demais. A verdade científica está mais próxima da verdade.

As frases de Isaac Asimov são espirituosas e inspiradoras. Não poderia ser de outro modo com um pensador tão multifacetado e curioso. Pode-se dizer que ele fez da ciência uma história fascinante, que nos permite entender por que ela é a maior conquista da humanidade.

Asimov, I. (1987). La mente errabunda (Vol. 1282). Anaya-Spain.