Não tenho tempo: a fuga de cuidar de si mesmo

· fevereiro 8, 2017

Temos vivido em uma geração “fast”, rápida, que quer tudo na hora e para ontem, e que na maioria das vezes não tem tempo para nada.

Quantos de nós já não ouvimos isto de um amigo, de um familiar, de um profissional, ou até mesmo já nos demos conta de que o tempo parece ter encurtado. Tudo aquilo que se deseja realizar fica a nível de idealizações e pouco se concretiza.

Diante disto se explica a famosa frase que tem ganhado destaque a cada dia mais: “Tempo é dinheiro”. Temos sido escravos do nosso próprio tempo! Seja sincero com você: Quanto tempo faz que não tem um momento consigo mesmo, fazendo algo que goste, um tempo exclusivo com você? Quanto tempo faz que tenta encontrar um horário na agenda para desfrutar com sua família, com amigos, ou colocar em prática algo que ainda não saiu da idealização? Essas perguntas são termômetros que auxiliam a medir como anda sua qualidade de vida.

cuidar melhor do tempo no trabalho

Cuidar de si mesmo é algo cada vez mais incomum

As pessoas partem do pressuposto de que precisam cuidar apenas das coisas físicas, concretas. Trabalham demais para pagar as contas, sustentar uma família, comprar o que precisam e desejam; ou então cuidam somente do corpo físico, vão ao médico, ao dentista periodicamente, fazem o famoso “check up” na saúde e se esquecem do que há de mais sublime no ser humano: as emoções.

Vamos ver como isso é bastante corriqueiro: com qual frequência você toma banho, escova os dentes, alimenta-se, exercita-se? E com qual frequência você cuida das suas emoções, pensamentos, sentimentos? Talvez a discrepância seja enorme na resposta que encontrará. Pertinente reflexão!

É evidente que algumas pessoas podem ter dificuldade de entrar em contato com suas emoções, de cuidar de si mesmas neste aspecto. Geralmente conseguem cuidar de tudo, da família, do emprego, das finanças, cuidam dos outros, ajudam a tudo e a todos, mas quando se deparam com a necessidade de olhar para si, não conseguem.

Quem se ocupa demais não quer entrar em contato consigo mesmo!

Seja pela fuga de se deparar com quem realmente é, pela dor que isto causa e pelas mudanças que precisamos fazer constantemente em nós. Mas somente desta forma, olhando para si, fazendo reflexões e buscando de alguma forma entrar em contato consigo mesmo o ser humano pode se transformar naquilo que deseja ser, alcançar seus objetivos, desenvolver seus potenciais e descobrir novas possibilidades.

lutar-contra-o-tempo

Espero ter contribuído de alguma forma para despertar essa reflexão em você. Cuide de si não só no aspecto físico, mas emocional, reserve um tempo para você e busque a qualidade de vida que tanto almeja.

Vale ressaltar que, se estiver muito difícil, uma das ferramentas disponíveis é a psicoterapia, que pode te auxiliar neste processo de autoconhecimento fundamental para a saúde emocional.