Nas margens do rio da vida, sentei e chorei

· outubro 1, 2016

Chorar não é sinônimo de fraqueza. Eu diria até que chorar é a maior prova de que você é forte, porque somente pessoas emocionalmente fortes têm coragem de admitir quando estão tristes. O choro é uma confissão de que uma vez ou outra atingimos nosso limite, por vezes ficamos inertes.

Quando nos sentimos tristes, usamos as lágrimas para nos expressar, e durante esse processo o corpo libera substâncias que agem como um calmante natural, amenizando a dor que estamos sentindo através da liberação de hormônios chamados de opiáceos e oxitocina.

chorar na beira do rio

Eles funcionam como anestesias naturais, que nos fornecem tranquilidade e, de certo modo, um pouco de relaxamento.

Então chore sempre que sentir vontade de chorar

É necessário sentir a dor e entendê-la para, consequentemente, supera-lá. Existem muitos conceitos equivocados sobre homens que choram, sobre pessoas que choram com facilidade, portanto é necessário se informar antes de apontar o dedo e julgar.

chorar para aliviar a alma

Você não é uma máquina para estar feliz sempre, e quando a dor apertar seja gentil consigo mesmo, entenda e aceite suas fragilidades, não há motivos para se castigar, afinal somos todos seres humanos, longe de atingir a perfeição.

”É preciso ter chorado para imortalizar o riso no livro, na estrofe, na sentença, na palavra.”