Como as pessoas assertivas resolvem problemas?

Como as pessoas assertivas resolvem os seus problemas?

março 18, 2018 em Psicologia 610 Compartilhados
Como as pessoas assertivas resolvem problemas?

As pessoas assertivas não são submissas, arrogantes, narcisistas ou desrespeitosas. Um fato que, sem dúvida, as caracteriza é a sua objetividade quando se trata de resolver conflitos e diferenças. Na verdade, podemos aprender muito com a forma como as pessoas assertivas resolvem problemas.

São pessoas hábeis, que sabem defender os seus direitos, são verdadeiros no momento de aliviar tensões e resolvem os mal-entendidos com a serenidade de quem sabe controlar as suas emoções.

A assertividade é um ingrediente essencial capaz de melhorar a nossa forma de comunicação e a qualidade dos nossos relacionamentos. No entanto, muitas vezes nos falta agilidade, energia e objetividade porque a assertividade não é algo que “vem de fábrica”.

“Nem submissão e nem agressão, apenas assertividade”.
-Walter Riso-

Muitas pessoas não conseguem ser coerentes entre o que pensam e o que fazem. Dessa forma, armazenamos tanta frustração e desconforto que, em um determinado momento, “explodimos” e acabamos reagindo da pior maneira possível. A assertividade é, acima de tudo, um exercício de dignidade pessoal que sempre deve atuar como uma engrenagem em qualquer área da nossa vida.

Talvez a área mais importante seja o campo dos conflitos relacionais. Seja no ambiente de trabalho ou pessoal, há sempre algum momento no dia, semana ou mês, em que somos obrigados a defender territórios, opiniões e até mesmo a nossa própria identidade. Saber como lidar com esses momentos sem cair na agressão verbal é uma prioridade.

Amigos discutindo sobre ideia

5 chaves para entender como as pessoas assertivas resolvem problemas

Medo de machucar os outros, não saber como expressar a nossa raiva ou desconforto sem cair na ofensa pessoal ou na censura, medo de não ter recursos para se livrar dos fios da manipulação… Poderíamos dar mais exemplos de toda a engrenagem desgastante que afeta a nossa autoestima quando não conseguimos ser assertivos, rápidos para reagir e defender os nossos direitos.

Podemos dizer que não é fácil conseguir ser assertivo de um dia para o outro. No entanto, o que devemos entender é que esses recursos podem ser aprendidos, treinados e aplicados com sucesso à medida que os entendemos. Vejamos abaixo quais são as estratégias que as pessoas assertivas usam para enfrentar os conflitos do dia a dia.

1. As pessoas assertivas têm uma razão para agir dessa forma

Poderíamos chamar de dignidade, autoestima ou amor próprio. Todos nós devemos ser muito claros em relação ao que é essencial para nós, o que devemos proteger contra tudo e todos, o que nos define, qual é a nossa razão de ser e que ninguém pode violar.

Nós temos os nossos valores, aqueles que ninguém pode ignorar. Temos uma história de vida que nenhuma outra pessoa deve atacar ou ridicularizar. Temos o direito de ter as nossas opiniões, paixões, defender ideias, ser livres, agir de acordo com nossa identidade sem prejudicar ninguém… Cada uma dessas dimensões são os nossos motivos, as nossa razões.

Comunicação

2. Falam sempre na primeira pessoa sem medo

Muitas vezes temos um certo medo desse pronome pessoal que mostra a nossa essência, razão de ser e vontade. “Eu penso, eu acredito, eu acho, eu preciso”…

  • Quando as pessoas assertivas resolvem problemas, elas não têm medo de usar esse pronome, não o escondem e nem o diluem. Portanto, como exemplo, não hesite em começar as suas frases da seguinte forma: “Eu me sinto machucado, e embora entenda a sua posição, estou ofendido com a sua atitude. Você não respeitou os meus direitos, mas acredito que as coisas podem ser resolvidas entre nós dois, basta conversarmos com mais sinceridade e respeito”.

3. Elas não fazem rodeios, descrevem o comportamento prejudicial ou o problema central com precisão

No momento de resolver as divergências, de gerir conflitos ou mal-entendidos, não podemos fazer rodeios, acusações veladas, censurar ou enfatizar exclusivamente o que sentimos.

Você precisa ser direto, conciso e construtivo como as pessoas assertivas. Para isso, devemos nos concentrar no problema: “Eu me sinto desapontado porque você não considerou a minha opinião. Eu acho que, se somos uma equipe, é necessário que você me comunique a sua decisão”.

4. Fazem pedidos claros e diretos

Uma comunicação eficaz, que faz uso da assertividade, sabe que para resolver conflitos é necessário fazer pedidos que promovam uma boa resolução do problema e que nos orientem para um acordo.

Assim, algo que devemos levar em consideração sobre a assertividade é que não basta apenas dizer o que sentimos. Também é necessário que orientemos o diálogo ou a discussão para um fim construtivo. Por exemplo:

  • “Eu não gosto que gritem comigo, isso me faz sentir mal. Na próxima vez, utilize um tom menos agressivo, uma voz normal para me comunicar as coisas “.
  • “Eu estou decepcionado porque você não me informou sobre a sua ideia. Eu lhe peço que, nas futuras ocasiões, você me comunique para que possamos desenvolver melhores projetos “.

5. Aceitam que, às vezes, pode não haver um acordo

As pessoas assertivas sabem e compreendem que, em questões de conflitos ou mal-entendidos, nem sempre há um acordo entre as duas partes. Muitas vezes as diferenças permanecem, separando as duas posições, duas atitudes, dois comportamentos.

Por isso, não se desespere e nem se irrite ainda mais. O bom gerenciamento emocional das pessoas assertivas permite que elas aceitem esse tipo de situação. As pessoas não são obrigadas a concordar com tudo, a ver as coisas a partir da mesma perspectiva que você. A chave é saber como respeitar as perspectivas dos outros.

Se um conflito não termina bem e a pessoa que está diante de nós não discute, não responde, não propõe, se limita simplesmente a ofender e a intensificar as emoções negativas, é melhor manter distância. Não entre em uma discussão sem sentido, o ideal é manter a calma e se afastar.

Problemas de comunicação

Costuma-se dizer que a assertividade é o ponto intermediário entre quem se ajoelha e quem esmaga o seu interlocutor. As pessoas assertivas se movem nessa esfera de quem se conhece um pouco melhor a cada dia, são capazes de se defender sem atacar e de resolver efetivamente os problemas do dia a dia. Essas pessoas estão sempre de bem com a vida, resolvem os seus problemas com tranquilidade e com aquele “jogo de cintura” maravilhoso.

Recomendados para você