5 práticas essenciais para dominar a linguagem não verbal

5 práticas essenciais para dominar a linguagem não verbal

maio 13, 2016 em Psicologia 0 Compartilhados
Importância da linguagem não verbal

Não são apenas as palavras que são importantes para nos comunicarmos e nos relacionarmos. A linguagem não verbal é crucial na maior parte das situações, influenciando aquilo que dizemos e como dizemos. Ela é a acompanhante perfeita das palavras. Por isso, aprenda a dominar a linguagem não verbal para desmascarar as palavras e, em última análise, as pessoas.

A seguir oferecemos 5 práticas essenciais para dominar a linguagem não verbal. Lembre-se em todo momento de que o seu corpo e sua atitude dizem muito sobre você. Um bom entendedor pode interpretar os seus gestos para saber o que você está realmente pensando.

Conheça a si mesmo

Uma prática essencial para dominar a linguagem não verbal é conhecer a si mesmo. Esta é a melhor forma de obter informações próprias que servem para saber como somos na realidade.

Isto é, se olharmos para nós com atenção, podemos observar como realmente somos. O que significa quando você toca em um olho? Pense neste momento o que está passando pela sua mente e, assim, você vai saber por que fez aquele ato de linguagem não verbal.

Mulher com borboleta no olho

Pode parecer um exercício simples, mas na verdade não é nem um pouco simples. Mesmo assim, ele será muito útil em todos os âmbitos da sua vida, pois quanto mais você se conhecer, mais possibilidades terá de transformar a sua vida no que você realmente quer que seja.

O rosto reflete a alma

Dizem que o rosto é o espelho da alma e o seu verdadeiro reflexo. É claro que existem pessoas capazes de dominar a linguagem não verbal para que os outros não vejam o que realmente está acontecendo na sua mente e qual o seu verdadeiro humor. Mas, em geral, podemos saber muito sobre as pessoas através do rosto e das expressões delas.

O rosto tem uma enorme quantidade de músculos faciais com tarefas muito específicas. Eles serão os que mostram o nosso verdadeiro estado de espírito. Na verdade, existe até mesmo uma ciência cujas teorias se baseiam nas características faciais: a morfopsicologia. Portanto, é evidente que é possível saber muito sobre uma pessoa pelo seu rosto.

Agora, como podemos exercitar as expressões faciais para evitar demonstrar emoções e dominar a linguagem não verbal? Esta prática é muito fácil. Nosso rosto e seus músculos foram criados para demonstrar emoções básicas, como raiva, tristeza, surpresa ou alegria. E em cada uma delas estão envolvidos mecanismos diferentes. Conseguir controlá-los é uma tarefa árdua.

Neste sentido, a única coisa que podemos fazer na hora de dominar a linguagem não verbal para evitar mostrar emoções é falsificá-las. Seria algo como camuflar os verdadeiros sentimentos.

Para isso, é uma boa ideia se observar no espelho durante um bom tempo até você conseguir dominar as expressões. Ou seja, se você sente alegria, faça a sua cara de tristeza, por exemplo, praticando com os músculos envolvidos quando você mostra cada uma das emoções, até conseguir controlá-las.

Olhe nos olhos

Casal feliz

Uma boa técnica para dominar a linguagem não verbal é olhar diretamente nos olhos. Não se esqueça de que desviar constantemente o olhar dos outros demonstra uma insegurança terrível em si mesmo e uma falta de confiança tremenda.

Enquanto isso, o fato de olhar diretamente nos olhos do seu interlocutor faz você se sentir em uma conversa de igual para igual, mostrando muito menos de si mesmo, uma prática importante para dominar a linguagem não verbal, pois você só vai transmitir o que realmente quer que a outra pessoa veja.

Seja natural

Para dominar a linguagem não verbal, nada como ser natural e ser você mesmo. Quando mais você se conhecer, menos preocupações vai ter de transmitir alguma coisa que não deseja. Neste sentido, a forma de construir as relações com os outros será mais simples e você não vai ter nenhuma preocupação sobre o que mostra ou não através dos seus gestos.

Aprenda a ser você mesmo e a enfatizar os gestos que são seus, evitando os maneirismos e os elementos que não pertencem à sua verdadeira natureza. Estes vícios adquiridos são facilmente interpretáveis pelos outros.

Magia mulher

Mantenha a calma

Mostrar-se relaxado e calmo é uma forma simples de dominar a linguagem não verbal. A ansiedade e os nervos ou a raiva nos fazem mostrar em excesso a nossa forma de ser através dos gestos e do rosto.

“Um homem que não encontra satisfação em si mesmo vai buscá-la, em vão, em outras partes”.
-La Rochefoucauld-

Nunca se esqueça de ser sempre você mesmo, natural, calmo e tentando conhecer cada parte do seu ser e do seu modo de agir. Depois de ter esta parte controlada, não vai ser difícil dominar a linguagem não verbal.

Recomendados para você