O poder curativo das palavras – A mente é maravilhosa

O poder curativo das palavras

14, janeiro 2016 em Psicologia 35 Compartilhados
O poder curativo das palavras

A linguagem emocional é uma forma de expressar sentimentos e emoções, e ao mesmo tempo é um canal de ligação com a outra pessoa.

Muitas vezes, para nos comunicarmos dentro de um relacionamento interpessoal, uma palavra carinhosa dita com emoção e sentimento é o suficiente. É uma forma de mostrarmos como realmente somos.

O mundo dos afetos

Os afetos são sentimentos expressados através de palavras e também de forma não verbal. Através de palavras e gestos, os afetos são sempre acompanhados de emoção; a emoção que valida as palavras carinhosas.

Podemos definir “afeto” como toda expressão que mostra para o outro como nos sentimos em relação a ele e a falta que nos faz.

É a expressão do afeto e carinho que mostrará o caráter, a profundidade e importância do relacionamento para as duas pessoas.

mulher-e-seu-mundo-afetivo

As relações afetivas

Não nos ensinaram a utilizar uma comunicação afetiva nos nossos relacionamentos; por isso em muitos casos não utilizamos esse tipo de comunicação, porque acreditamos que não é importante. Mas ela é essencial para o sucesso dos relacionamentos.

Utilizar palavras carinhosas dentro de um relacionamento o torna mais verdadeiro. Qualquer outro tipo de comunicação pode ser interessante, mas não nos marcará emocionalmente.

A dificuldade de expressar afeto

Quando sentimos algo por outra pessoa e expressamos isso, tornamos o relacionamento diferente e especial.

Muitas vezes temos dificuldade em demonstrar afeto e escondemos nossos sentimentos. As pessoas acreditam que é difícil, estranho, ridículo e até mesmo sinal de fraqueza e sofrimento demonstrar afeto.

É uma dificuldade baseada numa crença equivocada e na falta de educação emocional, através da qual aprendemos a expressar afetos e gerir nossas emoções.

A dor de não expressar afeto

Acreditamos que se nos mostrarmos fortes, insensíveis e se escondermos nossos sentimentos, sofreremos menos.

No entanto, a realidade humana é bem diferente. Sofremos muito mais quando não expressamos nossos sentimentos.

O poder das palavras carinhosas

Se nos ensinassem a utilizar palavras carinhosas desde a infância, descobriríamos a sua força. Quando falamos ou ouvimos palavras afetuosas, nos conectamos com o interior da outra pessoa.

Se fechar os olhos e ouvir estas palavras se sentirá muito melhor…

“Eu o amo”.

“Eu me sinto especial com você”.

“Eu me sinto feliz ao seu lado”.

“Você é a pessoa mais especial que conheço”.

“Eu me sinto bem quando você me ouve”.

“Eu me sinto importante quando você me conta seus segredos”.

“Eu estou feliz em conhecê-lo”.

“Eu me sinto em paz com você”.

“Eu quero ficar ao seu lado”.

“Eu desejo o melhor para você”.

“Eu quero lhe abraçar”.

“Eu quero conhecer você melhor”.

“Eu me sinto amado por você”.

“Eu me sinto cuidado”…

afeto

Talvez algumas dessas palavras toquem a sua alma e o façam sentir-se especial…
Compartilhar

O poder curativo das palavras

O poder das palavras afetuosas está no conteúdo emocional que nos transmite: emociona a pessoa que  emite e a que recebe. É aí que reside o seu poder curativo.

Quando expressamos afeto liberamos as nossas emoções. Quando ouvimos alguma expressão de afeto sentimos alívio e liberamos toda dor ou sofrimento que guardamos por muito tempo.

As palavras carinhosas curam e unem as pessoas, liberando aquelas emoções e sentimentos que causavam um sofrimento silencioso.

Recomendados para você