A tirania da Psicologia Positiva - A Mente é Maravilhosa

A tirania da Psicologia Positiva

fevereiro 12, 2017 em Psicologia 0 Compartilhados
A tirania da falsa Psicologia Positiva: o famoso Coaching

Ultimamente viraram moda certas frases que podemos dizer que têm a intenção de ser motivacionais, mas que em muitas ocasiões não são mais do que slogans publicitários. Na maioria das vezes estas frases, em vez de ajudar, fazem com que nos sintamos culpados, mostrando que a Psicologia Positiva pode ser, na verdade, uma tirania, sobretudo quando pensamos em outra moda atual, o Coaching.

O Coaching não é psicologia, tanto que para ser coach não é necessário ser psicólogo. Essa moda surgiu a partir da área da publicidade e seu próprio nome já indica que o coach é um treinador pessoal, um motivador, que acha que te ajuda potencializando suas capacidades, mas de maneira nenhuma trata dos problemas pessoas ou de uma baixa autoestima.

Mas a Psicologia Positiva não é isso, não é só soltar uma série de frases para um público tentando levantar a moral deste. A Psicologia positiva é ensinar a ver a vida de um modo mais positivo, mas sem negar a existência dos sentimentos negativos. É trabalhar a partir de um outro ponto de vista, de certa forma até mesmo oposto ao ponto de vista da psicologia clássica, que é mais centrada em sintomas que em capacidades, virtudes e pontos fortes das pessoas.

Ainda assim, há quem entenda que o coaching e a Psicologia Positiva sejam a mesma coisa, usando expressões que, se forem compreendidas literalmente, convertem-se em tirânicas já que seu efeito não é outro se não tapar momentaneamente o mal-estar pessoal. Aqui falaremos de algumas delas e de como a Psicologia Positiva trataria da situação:

Não se queixe

“Não se queixe! A vida é toda cor de rosa se você quiser que ela seja assim. Se você se levantar com um sorriso no rosto todos os dias tudo vai ficar bem, porque evidentemente, tudo dar certo ou não é uma decisão que temos absolutamente sob controle. Se você pensar, o poder da mente atrairá tudo de positivo, afastando o mal-estar e todas as pessoas tóxicas do seu caminho. Além disso, quem é forte nunca se queixa, não seja fraco…” ou humano!
Esse exemplo pode parecer muito extremo, mas pode ser facilmente encontrado. Para que seja Psicologia Positiva autêntica, e não publicidade, o correto seria dizer: “Tente não focar sua vida na queixa”. Ao não se focar na queixa, apesar de admitir que ela existe e admitir o mal-estar, há também a possibilidade de procurar uma solução para os problemas. Uma atitude que está longe de ser ignorar ou negar, agir como se não existisse nada na nossa realidade que nos incomoda.

Todos vivemos situações que nos incomodam, que causam dor, mas na grande maioria dos casos podemos lidar com elas. Se está em suas mãos reconhecer o que é ruim e eliminá-lo de sua vida, não há motivo para ignorá-lo só para manter uma imagem de felicidade contínua. O importante é ser feliz consigo mesmo, e muitas vezes para alcançar isso temos que lutar sim contra o mal-estar que está dentro de nós, inclusivo colocando-o para fora.

chuva-sol

Utilize o humor e o amor diante da loucura alheia

“Se seu parceiro está de mau humor, dê-lhe beijos e faça brincadeiras. Seu dever é aguentar tudo e todos com um sorriso no rosto. Não estrague o dia de ninguém. Estragarem o seu é impossível porque você é feliz sempre, lembre-se de que colocando o sorriso no rosto tudo se resolve por pura mágica.”

Claramente essa afirmação manda que você seja submisso perante os outros, que dê um sumiço em suas emoções e sentimentos negativos. Suas necessidades estariam sempre em segundo plano porque o importante seria sempre o outro. Isso não é nada certo, o mais importante da vida de cada um tem que ser ele mesmo. Gostar de si e ter a possibilidade de expressar seus incômodos para os outros, sem que isso seja um costume diário, é essencial.

“A felicidade é interior, não exterior; portanto, não depende do que temos, e sim do que somos.”
-Henry Van Dyke-
A expressão dos nossos próprios sentimentos para os outros, sejam eles bons ou ruins, é muito importante. Trata-se de ser claro e assertivo, e não uma pessoa lamuriosa. Não deixe que ninguém tire seu direito de ser você mesmo nos momentos bons e ruins.

Goste incondicionalmente de todo mundo

“Quando alguém fizer algo ruim para você, é por desconhecimento ou porque a criança que cada um leva em si tem seus problemas não resolvidos. Perdoe tudo sem pedir nada em troca, porque o ser humano é puro impulso, não é racional, e desse modo, nada pode te fazer sofrer se você souber que as pessoas têm suas dificuldades”.

O ser humano é racional e intencional na maior parte das vezes. Ainda que seja possível que algo não seja feito de propósito, cabe apenas a você decidir se estão te manipulando ou se ocorre realmente um descuido sem intenção alguma. Siga seus instintos e reconheça quem quer seu bem e quem quer se aproveitar de você. Lembre-se de que os lobos podem se vestir com a pele do cordeiro, mas nunca deixarão de ser lobos.

mulher-feliz-deitada-na-grama

A autêntica Psicologia Positiva

A autêntica Psicologia Positiva não te faz ser submisso nem se sentir culpado, mas potencializa seus pontos fortes perante as adversidades da vida. Não nega que existe sim o mal-estar, mas te ajuda a vê-lo e a enfrentá-lo desde um outro ponto de vista, relacionado ao bem-estar.

A Psicologia Positiva não pretende reduzir ao absurdo a sua vida, ou explicá-la por meio de uma série de slogans simples. Pretende admitir que a vida é dura, mas que essa dureza depende muito do ponto de vista que adotamos. Ou, como diria um famoso escritor americano:

Recomendados para você