O valor dos erros - A Mente é Maravilhosa

O valor dos erros

2, outubro 2015 em Psicologia 5 Compartilhados
O valor dos nossos erros

Se você não sabe onde está e os passos que o levaram até aí; você é como aquele que procura seu futuro em um presente incerto.

“Confie em seus passos e não apague as suas pegadas, para que outros possam seguir o seu caminho”
Compartilhar

Porque quem erra descobre o limite do seu erro e encontra a chave para a sua vitória. É preciso cair para se levantar, mas quem sempre evita cair ignora o quão dura seria a queda. Todos nós iremos cair em algum momento, e quanto mais tarde for a queda, mais dura e dolorida ela será.

O cientista não seria cientista se não se empenhasse em seu projeto, testasse as dúvidas e comprovasse as hipóteses.

De nada adianta conhecer as teclas de atalhos que facilitam a sua vida e carregam seus fardos da maneira mais confortável, se você não ajudar aqueles que estão lutando contra as adversidades que você já atravessou, cometendo os erros que você já cometeu. Conte a eles a sua experiência.

Lembre-se de que lutamos sozinhos e que aprendemos mais com os golpes e com os erros do que com as vitórias. Suas experiências ecoam o que é bom e o que ruim; o mais importante é que não fique parado onde você está e que se arrependa mais tarde.

Assuma o que foi ruim e que foi parte do seu passado. Entenda que o presente continua a ser construído, e o futuro depende de quão sólida está a ponte que você construiu para o presente, através das suas experiências.

Viva, vivencie, descubra e, acima de tudo, não faça mal a ninguém em sua caminhada. Ajude quem solicitar a sua mão como apoio para levantar-se; lembre-se de que você já caiu, e que alguém estendeu a mão para ajudar-lhe a levantar.

Lembre-se: “Não é suficiente ter uma ideia clara. É necessário colocá-la em prática.”

Imagem cortesia de Smit

Recomendados para você