4 chaves para parar de se queixar – A mente é maravilhosa

4 chaves para parar de se queixar

dezembro 26, 2015 em Psicologia 6 Compartilhados

Quantas vezes escutamos certas pessoas se queixarem uma e outra vez, com motivo ou sem ele, de como a sua vida é difícil, de como têm azar e de como é complicado sair para lutar contra o mundo dia após dia?

A queixa é, sem dúvida nenhuma, a mãe dos problemas emocionais que temos hoje em dia. Certamente, se deixássemos de nos queixarmos tanto por aquilo que não funciona como nós gostaríamos e nos fixássemos mais em todas as alegrias que temos, não estaríamos tão amargurados.

Vivemos na era em que quanto mais coisas e facilidades temos, mais somos infelizes.

Estamos acostumados a fazer um drama quando essa necessidade inventada por nós mesmos não é cumprida. E em consequência disso, nos queixamos uma e outra vez sem chegarmos a nenhuma saída, pois a queixa não serve para nada, além de nos afundar ainda mais na amargura.

“Queixar-se é inútil e uma perda de tempo.
Compartilhar

Queixas

Como são as pessoas que se queixam?

– Pensam negativamente sempre.

As pessoas que reclamam o tempo todo nunca estão contentes com nada. Desejam alguma coisa, se queixam se não conseguem o que querem e, quando conseguem, encontram outra razão para se queixarem.

Embora a situação em que vivam seja positiva ou tenham obtido grandes ganhos pessoais ou profissionais, sempre terão na boca o complemento “Sim, mas…” Esta atitude faz com que nunca aproveitem nada e com que tragam amargura para as suas vidas e para a dos que as rodeiam.

– Não procuram soluções.

É muito mais fácil reclamar ou criticar o que não saiu como eu gostaria do que procurar soluções para modificar o que seja possível modificar.

Procurar soluções para os problemas implica deixar de cair no vitimismo e começar a lutar por aquilo que queremos, embora este seja um esforço que muitas pessoas não estão dispostas a fazer.

– São fofoqueiros e criticam tudo.

As pessoas que se queixam, normalmente, criticam tudo em relação aos outros. Isso é produto de sua própria infelicidade e carência. Lembremos que sempre criticamos nos outros os nossos próprios defeitos.

Certamente, o problema não está nem no criticado nem no fato que está acontecendo, mas neles mesmos, que não sabem apreciar nem valorizar as coisas boas dos outros e da vida em geral.

Sua atenção está plenamente focada no que eles consideram como negativo, sem serem capazes de ver o lado positivo que tudo tem.

– Não aceitam que há coisas que não se podem trocar.

Para esse tipo de pessoas, a aceitação não existe. Não podem tolerar que as coisas não saiam como eles querem e dizem a si mesmos que é insuportável, intolerável ou horroroso que o mundo funcione como funciona!

O resultado é uma piora dos problemas sem conseguir encontrar nenhuma solução para os mesmos, provocando uma ansiedade e sofrimento com os quais é difícil lidar.

frustração

A queixa acabará quando a pessoa se sentir cansada ou aborrecida de se queixar e perceber que, além de uma grande irritação, não consegue obter nada com isso.

O que fazer para deixar de se queixar?

1. Deixe de julgar tudo que acontece: Você não é juiz de nada nem de ninguém, portanto, o mais inteligente e sensato é manter a boca fechada de vez em quando e se adaptar às circunstâncias. Além disso, antes de julgar, olhe-se no espelho: você também não é perfeito.

2. Promova a aceitação em sua vida: A aceitação é um bálsamo para conseguir a paz interior e a saúde mental. Se nos dermos conta de que há diversas situações, pessoas ou feitos sobre os quais não temos nenhum poder e controle, aprenderemos a deixar de ter expectativas e a aceitar tudo como a vida nos dá.

3. Afaste os pensamentos negativos: as palavras são o produto de nossos pensamentos, do que dizemos a nós mesmos. Se soubermos combater as ideias negativas e irracionais, será muito difícil cair no vitimismo, nas críticas e na queixa contínua.

A chave está em confrontar nossas ideias com a realidade e em nos darmos conta de que, muitas vezes, somos nós mesmos os que antecipamos, generalizamos e aumentamos as coisas.

4. Foque no positivo: tudo tem seu lado bom, mas parece que não somos capazes de fixar nossa atenção em tudo de bom que temos ao nosso redor.

Se você fizer um esforço consciente e começar a enumerar tudo de positivo que há em sua vida, vai perceber que há mais coisas agradáveis e boas do que você imaginava.

Pratique diariamente esses conselhos e você vai perceber como, pouco a pouco, sua vida começará a mudar.

Lembre-se de que a mudança sempre começa em nós mesmos, não começa lá fora. Reclamar do mundo não vai servir de nada; comece a amar a vida como ela é!

Recomendados para você