Autoestima: 5 hábitos para cuidar da sua - A Mente é Maravilhosa

5 hábitos que cuidam da sua autoestima

setembro 25, 2016 em Psicologia 1574 Compartilhados
5 hábitos que cuidam da sua autoestima

Em muitas ocasiões minamos a nossa autoestima sem nos darmos conta. Neste artigo você descobrirá quais hábitos seguir para evitar destruir a sua autoestima. Lembre-se de que isso é muito importante se quiser levar uma vida mais feliz e plena.

Hábitos para proteger a sua autoestima

1. Respeite-se

Se você não for capaz de respeitar a si mesmo, como poderá respeitar os outros? É impossível. Algo que parece tão fútil é a chave para evitar destruir a sua autoestima. Mas como podemos nos respeitar?

  • Em primeiro lugar, devemos nos dar conta das nossas necessidades e dos nossos valores e satisfazê-los. Não devemos ficar sempre em segundo plano e satisfazer primeiro os outros.
  • Expresse os seus sentimentos e não se sinta culpado por isso. Demonstrar o seu aborrecimento com alguém não lhe torna uma má pessoa, mas uma pessoa sincera.
  • Valorize todas aquelas facetas das quais se sente orgulhoso. Reflita sobre elas e valorize-as como merecem.

2. Aceite-se

Aceitar-se é muito importante se quiser viver a sua vida. Se não for assim, você viverá sendo uma cópia da vida dos outros. Por acaso você quer viver uma mentira?

mulher-cuidando-de-sua-autoestima

A sua vida deve ser original, sua. Não tente ser igual aos outros, ter uma vida parecida. Talvez você pense que vale a pena porque algumas vidas parecem ser perfeitas, mas realmente é assim? Aprenda a amar a sua vida, a aceitar-se. Somente desta maneira você poderá viver feliz e em harmonia.

3. Reconheça os seus erros

Se você não reconhecer os seus erros, viverá toda a sua vida desculpa atrás de desculpa. Isto não fará mais do que lhe causar um enorme gasto de energia.

Aprenda com os seus erros. Pare diante do erro e da desculpa e assuma-os. Onde você errou? O que houve? Não se esquive com desculpas e tire proveito disso para aprender e melhorar como pessoa. Os erros não nos tornam fracos nem vulneráveis. Ao contrário! Eles nos tornam fortes e nos ajudam a estar preparados diante de erros futuros.

4. Tenha cuidado com a sua voz crítica

Ser críticos com nós mesmos não é necessariamente ruim, mas tenha cuidado! Às vezes essa voz crítica que vive em você pode destrui-lo.

Quando a nossa voz crítica é negativa e nos impede de avançar, devemos interrompê-la. Não está nos fazendo bem! Sabe como a sua voz crítica destrói a sua autoestima?

  • Nunca vai dar certo. Uma frase que a nossa voz crítica sussurra baixinho. Quando ela surgir, pense: você tentou? Falhou? Se quiser algo, esforce-se para consegui-lo. Cale a sua voz crítica com suas ações.
  • Você é pior que ele/ela. Ninguém é pior nem melhor, somos diferentes! O melhor é ver como podemos nos complementar ou ajudar no trabalho que estamos realizando. Jamais se compare aos outros. Aprenda, esforce-se e seja você mesmo. Você é único e original, diferente assim como os outros.
  • Essa pessoa não gosta de mim. Tem certeza? Você perguntou? Pode ser que esteja captando de forma incorreta os sinais. E além disso, se ele não gosta de você, não importa! Não é o fim do mundo, certo?

5. Não busque a aprovação alheia

Um erro muito comum é buscar sempre a aprovação dos outros. Isto é uma mostra de uma tremenda insegurança.

aprovação-autoestima

Não tente satisfazer os outros. Se você tem uma opinião contrária, manifeste-a! Tenha em conta que não cabe aos outros “aprovar” ou não o seu comportamento.

Seja firme nas suas decisões e na forma como atua e pensa. Os outros nunca estarão de acordo com tudo, então não adianta tentar agradar sempre.

Talvez estes hábitos mencionados já estejam presentes em sua vida, e talvez não. Podemos trabalhar para integrá-los ao nosso dia a dia e fortalecer a nossa autoestima e autoconfiança. Esperamos que eles possam ajudá-lo a ser mais feliz e chegar aonde deseja.

Recomendados para você