5 sinais que indicam que você está esgotado no trabalho

· fevereiro 26, 2018

Infelizmente, nem sempre é fácil seguir os ensinamentos de Confúcio, que uma vez disse “Escolha um trabalho que você ame e não terá que trabalhar um único dia em sua vida”. Na verdade, nem sequer perceber certos sinais que avisam que você está esgotado no trabalho é suficiente para repensar o que você está fazendo a nível profissional.

O emprego é um fator muito influente na nossa vida. Proporciona grandes doses de realização e felicidade, inclusive de bem-estar, se estivermos à vontade. Mas também causa exatamente o oposto se ficarmos continuamente estressados. A seguir, identificamos alguns sinais de alerta que podem aparecer quando o trabalho representa mais um sacrifício do que uma atividade prazerosa.

Como saber que você está esgotado no trabalho

Vários estudos científicos afirmam que a felicidade profissional não é positiva apenas para o funcionário. O conforto no trabalho produz um melhor rendimento, além de bons resultados para a empresa ou a organização.

No entanto, nem sempre é fácil se adaptar a um emprego. Há muitos fatores que devem ser levados em consideração. Por exemplo, é importante que nosso trabalho seja valorizado, o que proporciona grandes doses de motivação e estimula o desempenho.

Mulher esgotada no trabalho

No entanto, estar esgotado no trabalho é uma situação indesejável. É preciso se lembrar de que passamos muitas horas por dia no nosso emprego. Se não estivermos à vontade, será melhor mudar ou, pelo menos, identificar o que acontece para melhorar alguns aspectos. Para saber se esse momento chegou, é importante levar em consideração os seguintes sinais de alerta.

Você não se sente realizado no seu emprego

Nem sempre é fácil encontrar o emprego perfeito de acordo com nosso talento e habilidade. As circunstâncias nos levam a aceitar trabalhos por pura necessidade ou simplesmente porque são bem remunerados.

O desenvolvimento pessoal está intimamente ligado ao profissional. Por isso, é importante refletir sobre sua situação a nível emocional de vez em quando. Somente assim você saberá exatamente como se sente em relação ao seu trabalho.

Por isso, se a cada manhã você se levanta com uma cara triste e chateada, sem vontade de ir trabalhar e lá você se sente como um robô que dia após dia realiza suas tarefas de forma automatizada, é positivo se questionar sobre sua situação. Contudo, se você se sente à vontade para ir para o trabalho, você está no caminho certo. E se a resposta for um meio-termo, talvez você possa fazer algo para melhorar. Pense nisso!

Existe um mau relacionamento com o ambiente

Às vezes temos que aguentar chefes de quem não gostamos nem um pouco. Outras vezes, colegas de trabalho inflexíveis e antipáticos. Seja qual for o seu caso, se esse tipo de situação o afeta causando uma sensação de mal-estar e desconforto, talvez você esteja esgotado no seu trabalho.

O estilo de liderança influencia a felicidade e o desenvolvimento do trabalhador. Se seu chefe não vela pelo bem-estar dos seus empregados, é normal que surjam ressentimentos, problemas e pouca empatia entre os empregados. E isso, com o tempo, afeta o bem-estar geral e individual.

Reflita por que essa circunstância acontece e, na medida do possível, o que você pode fazer para contribuir. É verdade que na maioria das vezes você não poderá mudar o que acontece ao seu redor, mas pode mudar como lida internamente com essa situação.

Homens discutindo no trabalho

O estresse toma conta de você

O estresse, levado ao extremo, é um mal dos nossos tempos. Apesar de ser um mecanismo de defesa, que pode ser positivo na medida certa, também causa doenças se aumenta em intensidade e duração.

A saúde no local de trabalho é básica para estar, no mínimo, à vontade no emprego. Se você sente que se estressa todos os dias, que não atinge seus objetivos e que não pensa em outra coisa que não seja trabalho, talvez você não esteja lidando bem com a situação.

Praticar exercícios de relaxamento, aprender a se organizar e, principalmente, a se desconectar do trabalho quando estiver em casa é fundamental. Se você não é capaz de fazer isso sozinho, procure ajuda profissional.

“Um sintoma de que você está se aproximando de uma crise nervosa é achar que o seu trabalho é extremamente importante.”
-Bertrand Russell-

Você se sente valorizado?

É muito importante se sentir valorizado profissionalmente. O empregado que sabe que faz um bom trabalho e que é reconhecido por isso mostra um alto grau de satisfação com seu trabalho diário e, certamente, um melhor rendimento.

Se esse não for o seu caso, ou você está esgotado no trabalho ou está a caminho de chegar a esse ponto. Por mais que você consiga bons resultados, seus chefes não o valorizam. Esperar que algum dia reconheçam o que você faz pode ser um erro que vai levá-lo a fazer mais e mais até que a situação se torne insustentável.

Não se esqueça de que a primeira pessoa que tem que valorizá-lo é você mesmo. Não existe valorização melhor do que essa. Contudo, o reconhecimento profissional é essencial para que você se sinta à vontade na empresa em que trabalha. Se isso não acontecer, você sempre pode tentar expressar como se sente. E se você notar que isso é impossível, talvez deva repensar o que fazer ou como continuar.

Esgotamento no trabalho

Você não está aproveitando todo o seu potencial

Muitos funcionários consideram que podem dar muito mais de si, mas não têm espaço ou não se sentem motivados para isso. Essa é uma situação muito comum no mercado de trabalho atual.

Tudo isso pode ter como consequência que um bom empregado acabe se sentindo entediado no seu cargo e queira largar seu emprego.

Se você se identificou, talvez deva pensar no que fazer, ou melhor, no que quer para a sua vida.

“Feliz é aquele que gosta das doçuras do trabalho sem ser seu escravo.”
-Benito Pérez Galdos-

Se alguns desses sinais aparecerem no seu caso ou, inclusive, se você observa vários deles, talvez você esteja esgotado no trabalho. É possível que tenha chegado o momento de tomar decisões. Depende de você.