6 benefícios de ter um animal de estimação

· agosto 9, 2018

Ele nos amam incondicionalmente e estão ao nosso lado durante os momentos mais difíceis e também quando estamos muito felizes. São muitos os benefícios de ter um animal de estimação. Cuidar de um bichinho requer muita responsabilidade, mas os resultados compensam todo o esforço.

Seja um animal de estimação convencional, como um cachorro ou um gato, ou algo mais exótico como uma iguana ou um porquinho da índia, todos eles trazem benefícios para a saúde de seus donos.

Quando estamos com nosso animal de estimação, sentimos que estamos acompanhados e até mesmo que temos apoio. Além disso, também nos sentimos mais felizes. Os animais domésticos muitas vezes dão um sentido para as nossas vidas. Se nós os amamos incondicionalmente, esses benefícios serão apenas algo a mais para ter em mente além de todo o nosso amor.

Benefícios de ter um animal de estimação

Aumentam nossa expectativa de vida

Sair para passear com seu cachorro é uma oportunidade diária de fazer exercício. A responsabilidade de trocar a água e limpar o aquário manterá sua mente ativa. Esse exercício físico ou mental ajuda a manter o corpo ativo, nossa circulação ativa, e a possibilidade de padecer de algumas doenças diminui.

Mulher abraçando seu cachorro

Podem nos ajudar a superar obstáculos

Animais domésticos também ajudam as pessoas com problemas psicológicos, como o estresse pós-traumático, a canalizar suas emoções e dar um sentido para suas vidas. Além disso, ter a companhia de um bicho de estimação pode nos ajudar a evitar doenças: o olfato dos cachorros e dos gatos, por exemplo, é muito mais desenvolvido que o do ser humano. Por isso, eles são os primeiros a detectar mudanças químicas em nosso corpo.

Alguns cachorros são treinados, até mesmo, para detectar os sintomas da hipoglicemia ou hiperglicemia em paciente diabéticos, com o fim de evitar problemas maiores.

Evitam o sentimento de solidão e isolamento

Nossos animais nos ajudam a superar o sentimento de solidão pois, primeiramente, são alguém para nos fazer companhia. É uma das muitas razões pelas quais as pessoas idosas decidem ter um bicho de estimação, seja um cachorro, um gato ou um pássaro.

Além de nos fazer companhia, animais como os cachorros nos ajudam a socializar mais, já que cuidar deles implica sair sempre para passear e ir ao parque, por exemplo. As pessoas que têm cachorros acabam se relacionando com outros donos de cachorros, já que compartilham os mesmos espaços verdes ou caminhos de passeio.

Trazem mais felicidade

Cumprir com todos os cuidados que um animal de estimação precisa para que o vejamos saudável e feliz acaba estimulando a produção de dopamina e serotonina em nós mesmos. Esses são dois hormônios relacionados com a felicidade e o bem-estar. Além disso, eles reduzem nosso nível de cortisol, o hormônio causador do estresse. Tudo isso faz com que fiquemos muito mais tranquilos.

Fazer carinho em nossos bichinhos, sempre que sua anatomia permitir isso, também é um bom antídoto contra a tristeza e nos traz inúmeros benefícios.

Amor por um animal de estimação

Fazem com que fiquemos mais responsáveis

Esse é um dos melhores motivos para dar um animal de estimação para os nossos filhos. Isso os obriga a cuidar de um ser vivo que depende deles, em grande medida, para sobreviver. Dessa forma, eles não só aprendem a se relacionar com outras espécies, mas também são estimulados a entender que devem se preocupar com o bem-estar dos outros. Isso ensina a ter mais empatia não só com outros animais, mas também com outras pessoas.

Aumentam nossa imunidade

Ter um animal de estimação, especialmente desde a infância, expõe a pessoa a alérgenos e a patógenos estranhos, sensibilizando todo o nosso sistema imunológico. Também pode reduzir as possibilidades de desenvolver diferentes tipos de alergia se formos expostos desde os primeiros anos de vida.

Está mais do que demonstrado que os animais nos fazem mais felizes. Eles nos ajudam no nosso dia a dia, sendo excelentes companheiros de vida. É necessário, no entanto, que sejamos conscientes. Ter um bicho de estimação não é ter um brinquedo ou um acessório. Eles são seres vivos que precisam da nossa atenção e dependem de nós para viver.

É alarmante ver o número de animais abandonados em nossa sociedade. Também é impressionante ver o número de pessoas que escolhem comprar animais ao invés de adotar. Se, como sociedade, continuarmos abandonando animais e cada vez mais criando outros destinados à venda e à compra, estaremos colocando a vida de muitos deles em perigo.

Os centros de adoção são muito mais acessíveis, e a experiência de adotar com certeza envolve a salvação de uma vida e a certeza de que estamos fazendo algum bem para o mundo.

No fim das contas, os animais são seres sensíveis, que se emocionam, sentem alegria e tristeza. Eles sofrem como nós. Se nós realmente os amarmos de forma incondicional, eles terão o mesmo sentimento por nós.