Amizade, o vínculo afetivo que nos une às pessoas – A mente é maravilhosa

Amizade, o vínculo afetivo que nos une às pessoas

11, março 2015 em Emoções 2383 Compartilhados

Surge um problema em sua vida e parece que o mundo está desmoronando em volta de você. Você sente a necessidade urgente de conversar com alguém, mas não com qualquer um. Pega o telefone, disca um número e, após alguns minutos, começa a se sentir muito melhor. A voz do outro lado está há vários quilômetros de distância, mas deu ouvidos ao que acontecia com você, disse o que pensava sobre aquilo e, então, você se sente reconfortado.

Amizade. A palavra é bonita e o sentimento é um dos melhores. É esse laço invisível que nos une aos outros. Um vínculo afetivo que nasce com pessoas que cruzam nosso caminho e, de forma quase mágica, se transformam em seres imprescindíveis em nossas vidas. É uma relação entre iguais, que nos dá a satisfação de compartilhar experiências, nos sentir seguros e confiar por completo em alguém.

Existem vários  tipos de “amigos” e, consequentemente, de amizades. Vamos nos concentrar na amizade verdadeira. Na amizade na qual ninguém se impõe, nem se programa. É construída aos poucos, baseada em esforço e dedicação de ambas as partes. Com o passar do tempo, essa relação cria um vínculo forte o suficiente para se manter e se prolongar no tempo.

Valores nos quais se baseiam a amizade

Buscamos refúgios em nossos amigos para que eles nos ajudem com nossos problemas. Escutamos seus conselhos, porque não nos julgam, não nos dizem o que queremos ouvir, mas sim o que é, verdadeiramente, melhor para nós. Confiamos a eles nossos segredos, nossas inquietudes e nossos projetos. Também são a quem recorremos para que façam parte de nossas alegrias.

Uma verdadeira amizade não entende de distância, de horários, nem tem data de validade. É uma relação na qual buscamos e oferecemos apoio mútuo. Um bom amigo nunca anula o outro, mas sim o ajuda a superar os problemas. A amizade se baseia na empatia, ou seja, na capacidade de compreender e se colocar na pele da outra pessoa, de sofrer e se alegrar com ela. É um vínculo que nos capacita a “dividir as tristezas e multiplicar as alegrias”.

Uma relação saudável e construtiva se baseia em valores, tais como a sinceridade, a compreensão, o afeto mútuo, no respeito, a comunicação, a entrega, a preocupação com o outro, a confiança sem limites, a paciência, a capacidade de escutar e em saber perdoar. A coerência, a flexibilidade, o generosidade, a gratidão e a lealdade são outros valores, para se ter em conta, na consolidação de uma relação de amizade.

Benefícios da amizade

Nossa condição de seres sociais é o que cria a necessidade, quase imperial, de estabelecer relações e vínculos com outras pessoas. A amizade, portanto, é importante na vida de uma pessoa, pois tem consigo uma enorme carga emocional. Diz o ditado que “quem tem um amigo, tem um tesouro”, e ele tem toda a razão. Se sentir querido por alguém com quem não temos laços sanguíneos dá satisfação e certo apoio emocional.  Esta ligação fortalece nossa autoestima e o prazer de nos sentirmos acompanhados. Além disso, nos proporciona confiança e segurança de contar com o respeito de alguém nos momentos difíceis.

Recomendados para você