Aniquilação, um filme para compreender o desconhecido

Como você agiria diante de algo desconhecido? Descubra com o filme 'Aniquilação'.
Aniquilação, um filme para compreender o desconhecido

Última atualização: 09 Junho, 2021

Imagine que, um dia, surgisse uma parte diferente do mundo. Tão diferente que não correspondesse a nada conhecido. Um lugar que causasse admiração, respeito e uma pitada de medo. O que você faria? Você investigaria o lugar? Você o observaria de uma distância segura? Você tentaria fugir? O último filme de Alex Garland, Aniquilação, estrelado por Natalie Portman e Oscar Isaac, nos coloca nesta posição e alimenta a nossa curiosidade em relação ao desconhecido.

O filme, baseado no romance homônimo de Jeff VanderMeer, nos oferece um mundo diferente. Um espaço no mundo que, sem motivo aparente, ganhou um aspecto estranho. Após a colisão de um meteorito com um farol, seu entorno começa a mudar. Uma espécie de bolha, que cresce gradativamente, gera um mundo diferente dentro dela.

Cena do filme 'Aniquilação'

O início do filme Aniquilação

O início do filme nos mostra uma bióloga chamada Lena (Natalie Portman) sendo interrogada por um homem vestido com uma roupa que o impede de ter contato com materiais perigosos. Ela não tem certeza do que aconteceu, mas o interrogador afirma que ela está ausente há meses e que seus companheiros desapareceram. Com este início incerto, Aniquilação nos introduz ao mundo do desconhecido e, indiretamente, ao mundo da pesquisa.

O enredo principal gira em torno de Lena, uma professora de biologia que ensina como as células cancerosas se multiplicam. Seu marido, Kane (Oscar Isaac), está desaparecido há um ano. Kane era militar e cumpriu uma missão sobre a qual Lena nada sabia. De surpresa, um dia Kane aparece em casa. No entanto, ele não se lembra de nada. Ele não sabe onde esteve ou o que fez. Ele só parece estar doente.

Shimmer

Sem querer estragar o filme Aniquilação, nos concentraremos em Shimmer. Shimmer é o como eles chamam a área que está crescendo ao redor do farol. Esse estranho mundo novo do qual ninguém voltou. Várias missões foram para Shimmer, mas apenas uma pessoa foi capaz de retornar. Você pode imaginar quem? Sim, Kane, o marido de Lena. Ele foi o único que voltou, mas não se lembra de nada do que aconteceu enquanto estava lá.

Todos aqueles que entraram eram militares. Pessoas que se dedicavam à segurança. No entanto, desta vez, a nova equipe que está disposta a entrar no Shimmer é diferente. A equipe é formada por mulheres treinadas para fazer pesquisas. Lena se aproxima de quatro mulheres dispostas a investigar o que está acontecendo dentro de Shimmer. As mulheres, especialistas em psicologia, física, geologia, biologia e medicina partem em uma aventura em busca de alguma explicação do que é o Shimmer.

“A incerteza é uma margarida cujas pétalas nunca acabam quando removidas”.
-Mario Vargas Llosa-

Psicologia no filme Aniquilação

Terminaremos aqui a história do filme. O objetivo não é estragar as surpresas, então quem quiser conhecer os meandros de Shimmer terá que vê-lo. No entanto, o objetivo deste artigo é entender qual é a relação do filme com a psicologia e com a pesquisa.

Shimmer representa o desconhecido. Normalmente, o desconhecido provoca duas reações. Por um lado, gera medo. O medo do que não conhecemos, da incerteza, de não saber. Esse medo também surge diante de pessoas, não apenas diante de lugares. Assim, há quem rejeite o imigrante porque tem medo, porque não o conhece e tem uma falsa imagem dele.

Por outro lado, o desconhecido, às vezes, também gera atração. Chame de interesse ou curiosidade mórbida, mas o medo do que é considerado exótico também pode causar atração. Dessa forma, Shimmer é incerteza, algo desconhecido que causa medo e atração. Portanto, o comportamento que surge é duplo, o de explorar e investigar e o de estar preparado para o pior. Daí as incursões de militares e, é claro, de pesquisadores.

Cena do filme 'Aniquilação'

A pesquisa em Aniquilação

Como vimos, o desconhecido requer investigação, tanto por medo quanto por atração. O papel das cinco mulheres que entram no Shimmer é o de pesquisadoras. Se olharmos para a expertise de cada uma, veremos estão tentando entender Shimmer ao máximo, em todas as suas formas. Eles querem estudar o que é Shimmer tanto quanto o que está em Shimmer. Elas vão conseguir? Para descobrir, é preciso ver o final do filme.

Aniquilação, entre muitas outras coisas, nos coloca em uma situação de incerteza. O filme nos coloca diante do despertar do desconhecido e, ao mesmo tempo, do medo e da curiosidade. Consequentemente, recomendamos acompanhar o filme consciente dessa metáfora e, é claro, se surpreender com as descobertas feitas por esta equipe de pesquisadoras.

Pode interessar a você...
3 filmes que promovem a autodescoberta
A mente é maravilhosaLeia em A mente é maravilhosa
3 filmes que promovem a autodescoberta

Muitas obras nos levam a reflexões importantes sobre nós mesmos. Esta pequena lista de filmes que promovem a autodescoberta tem três exemplos delas...