Apoio emocional na infância: importante para o desenvolvimento cerebral

O apoio emocional na infância favorece o desenvolvimento cerebral

junho 20, 2017 em Psicologia 0 Compartilhados
O apoio emocional na infância favorece o desenvolvimento cerebral

O apoio emocional a partir de uma idade precoce tem provado ser muito importante nos primeiros anos de vida das crianças, tanto a nível emocional e afetivo como no desenvolvimento do cérebro. O ambiente em que a criança vive é crucial para que aprenda a usar ferramentas de regulação emocional e para que desfrute de uma boa saúde emocional na infância.

O apoio emocional permite que se construa entre o bebê e as pessoas responsáveis por ele um vínculo estável de apego, que garante a satisfação das suas necessidades, cria um vínculo emocional íntimo. Esta estabilidade e previsibilidade no vínculo com os seus cuidadores lhe permite construir uma relação de apego seguro.

Mãe beijando seu filho pequeno

Além dos benefícios óbvios de ter um apoio emocional adequado, foram realizados vários estudos para determinar o impacto desse apoio em todas as esferas. Tanto a saúde mental da criança quanto a regulação das suas emoções são beneficiadas, mas também existem conclusões sobre a influência do apoio emocional no desenvolvimento do cérebro.

O apoio emocional na infância

Durante a primeira infância, a criança não tem capacidade de regular por si mesma os seus estados emocionais. O contato, tanto físico quanto emocional, permite que a criança se acalme em situações adversas. Com o passar do tempo, ela aprende a controlar as suas emoções na ausência dos seus cuidadores, desenvolvendo ferramentas de regulação emocional.

Esta ligação precoce tem um impacto direto na organização cerebral. Deve-se ter em mente que o desenvolvimento de uma criança é influenciado pela genética, pelo ambiente onde cresce e pela capacidade psíquica e mental que vai desenvolvendo com o passar do tempo. Crescer em um ambiente saudável e cheio de estímulos externos incentivará a sua maturidade cerebral.

A infância é um período delicado onde são desenvolvidos vários aspectos importantes e com impacto a longo prazo. Nesta fase, elas começam a se relacionar com o ambiente e a coletar novas informações; seu cérebro está em pleno desenvolvimento. A neuroplasticidade está em seu ponto mais alto e o ambiente determinará, em muitas ocasiões, a direção e a velocidade do desenvolvimento.

O desenvolvimento do hipocampo e o apoio emocional: estudo científico

Foi realizado um estudo com o objetivo de conhecer o impacto a longo prazo que o apoio emocional poderia ter a nível cerebral. Para isso, foi feito um experimento onde alguns avaliadores independentes observavam em um laboratório crianças com idade pré-escolar e suas mães em uma situação estressante para elas.

Menino com problemas familiares na infância

Na situação experimental, as crianças tinham um presente ao seu alcance que não poderiam abrir. Durante os 8 minutos em que elas não tinham permissão para abri-lo, foram anotados os comportamentos de apoio executados pelas mães. Posteriormente, foram realizadas tomografias nas crianças que participam da pesquisa até o início da adolescência para acompanhar o seu desenvolvimento cerebral.

O hipocampo das crianças que receberam mais apoio das mães aumentou o seu volume duas vezes mais rápido do que o hipocampo das crianças com mães que apresentaram menos comportamentos de apoio. Segundo os autores, os resultados mostram que o desenvolvimento do hipocampo é afetado pela experiência precoce de apoio materno.

As principais conclusões sobre o estudo

Com este estudo podemos chegar a algumas conclusões. Em primeiro lugar, o apoio emocional tem um impacto a longo prazo sobre o volume do hipocampo. O hipocampo é uma área do cérebro que é responsável por funções relacionadas com as emoções, com a aprendizagem e a formação da memória, e por isso tem implicações fundamentais no desenvolvimento humano.

Desenvolvimento cerebral na infância

Existe um período mais sensível onde os altos níveis de apoio emocional terão maior influência no desenvolvimento do hipocampo infantil. Verificou-se que é mais importante e eficaz na idade pré-escolar do que na idade escolar. Assim, podemos concluir que não importa somente a quantidade de apoio emocional que é dado para a criança, mas também o momento evolutivo em que ela se encontra.

Um desenvolvimento cerebral saudável nos leva a uma melhor saúde emocional. Neste sentido, o ambiente é crucial, tanto na aprendizagem quanto no desenvolvimento físico e emocional. Um fato que não minimiza a influência da genética, mas destaca o papel importante do ambiente no desenvolvimento da arquitetura dos nossos cérebros. Uma janela de oportunidades que nunca deveríamos fechar porque amamos as nossas crianças.

Recomendados para você