Aprenda a ser o seu melhor aliado

· junho 11, 2018

Ainda que pareça estranho, há muitas pessoas que se comportam como se fossem seus piores inimigos. Adotaram uma consciência muito assediadora e seu diálogo interno é violento. Para prevenir esta situação, é importante aprender a ser o seu melhor aliado.

O comum nestes casos é que uma pessoa assim tenha crescido em um entorno altamente culpabilizante e restritivo. Provavelmente é vítima de uma forma de educação que entendia a criança como um meio para quebrar o outro. Há pais que consideram que ter filhos dóceis é a sua maior vitória. Também existem escolas que aplicam o mesmo conceito.

O que acontece é que a pessoa internaliza os sinais, as críticas e os castigos. Aprende a ver a si mesma como alguém que sempre está cometendo erros. É como se tudo que fizesse estivesse errado de alguma forma. Como se tudo que pensasse ou sentisse fosse um equívoco. Por isso é fundamental que encontrem o caminho para serem seus melhores aliados. Do contrário, sua vida será muito restrita.

Dormindo com o inimigo…

A inimizade consigo mesmo se expressa de diversas formas. O mais típico é o que descrevemos antes: uma consciência muito exigente. Uma autocrítica duríssima e impecável. Uma constante reiteração de erros e falhas. Uma vozinha dentro de si que sempre tem o dedo apontado para qualquer coisa que se faça.

Mulher com cordas vermelhas

Às vezes as manifestações são um pouco mais sutis, ou melhor, mais indiretas. Por exemplo, a pessoa pode se comportar de forma desastrada. Mostrar-se fraca e insegura em diferentes situações, sendo consciente desta falta de destreza e se recriminando depois pela falta de segurança.

Também é possível que a pessoa sinta pânico ao ter sucesso. Sempre que está diante da possibilidade de triunfar em algo, aparece uma avalanche de medos. Isso faz com que tenha comportamentos que sabotam suas conquistas. É, literalmente, como se convivesse permanentemente com um inimigo.

Por que não ser um aliado para si mesmo?

Ser seu melhor aliado significa se ver e se tratar com consideração e respeito. Também se apoiar e se motivar, assim como faria com um bom amigo. Mas há pessoas para quem isso é praticamente impossível. Por quê?

É comum que o indivíduo tenha crenças equivocadas em torno da relação que deve manter consigo mesmo. Pensa, por exemplo, que não ser duro consigo mesmo é uma demonstração de fraqueza, falta de caráter ou mediocridade. Assume que os maus-tratos e a exigência desmedida são vias de crescimento.

Também existe a falsa crença de que ser o melhor aliado de si mesmo é moralmente reprovável. Isso seria um indicador de egoísmo ou narcisismo. Depreciar-se, em contrapartida, surge aos seus olhos como uma amostra de humildade. Esta é vista como uma atitude virtuosa.

Reflexo do rosto em vidro quebrado

Como ser o seu melhor aliado

Pegar o caminho de volta nunca é fácil. Na região mais profunda do inconsciente existe um limite muito bem definido. A pessoa sente que ser o melhor aliado de si mesma é trair os mandamentos de alguém amado ou temido. Ou ambos. Muitos também, à raiz de suas crenças errôneas, pensam que este é o começo de sua decadência moral.

Neste ponto é bom esclarecer que ser bom consigo mesmo não é o mesmo que ser condescendente de forma irresponsável. Todos, à medida que crescemos e amadurecemos, formulamos exigências para nós mesmos em vários campos. Não poderíamos evoluir e alcançar objetivos e conquistas de outra forma. Porém, daí a tiranizarmos a nós mesmos há um enorme abismo!

Ser seu melhor aliado significa ter uma boa disposição e uma boa atitude para consigo mesmo. Isso é, nos aceitarmos e nos respeitarmos. Compreender que nem nós, nem ninguém no mundo, está isento de erros. De fato, são os erros que quase sempre nos permitem avançar, identificar equívocos e adquirir experiência. Boicotar-nos é uma forma infantil de abordar nossas falhas. Isso nos machuca e, em contrapartida, nos oferece pouco.

Mulher deitada em espelho

Se não contarmos nem com nós mesmos, dificilmente vamos contar com o mundo. Para trilhar o difícil caminho da vida, precisamos de aliados. Para isso, o primeiro a se transformar no melhor aliado é você mesmo. Dar valor ao que somos e fazemos. Perdoar-nos diariamente por sermos tão humanos quanto todos os outros. A vida é muito mais valiosa desta forma…