O bruxismo e as causas do ranger dos dentes durante a noite

O bruxismo e as causas do ranger dos dentes

dezembro 8, 2016 em Emoções 0 Compartilhados
Bruxismo

Alguém já lhe disse que você range os dentes durante a noite? Você já acordou sentindo dor no maxilar? Se for o caso, talvez você sofra de bruxismo, um hábito inconsciente que costuma ser realizado durante a noite. O bruxismo é involuntário e, normalmente, acontece por causa do estresse ou por algum problema que estamos remoendo em nossa cabeça.

O bruxismo causa dificuldade e cansaço ao mastigar alimentos duros.
Compartilhar

Pode ser que ranger os dentes não pareça, num primeiro momento, uma coisa muito grave. No entanto o bruxismo prolongado pode fazer com que os dentes e a mandíbula sejam afetados. Por isso é importante que utilizemos certos métodos para evitá-lo e, também, que descubramos o que está provocando isto.

O bruxismo não pode ser controlado

O bruxismo não pode ser controlado da mesma forma que controlamos o abrir e fechar das nossas mãos, pois ele costuma acontecer durante o sono, quando não temos consciência do que estamos fazendo. Sem percebermos, forçamos nossos dentes uns contra os outros, fazendo com que se desgastem e se tornem mais sensíveis. Pode ser que, a longo prazo, nossos dentes não aguentem tão bem como deveriam.

Tudo isso pode provocar uma grande dor no maxilar, que só percebemos pela manhã, embora alguns casos também possam acontecer durante o dia. Imagine que, de repente, você tenha que fazer um trabalho para entregar de última hora. Sua concentração e seu nível de ansiedade para terminar o trabalho a tempo fazem com que você se esqueça de uma coisa que está fazendo: apertar os dentes com força.

dores-bruxismo

Isso faz com que não tenhamos consciência de que movemos nossos dentes, levemente, fazendo com que uns rocem nos outros. Só percebemos quando notamos que a nossa mandíbula está rígida e com uma forte dor. É possível que, às vezes, também sintamos dor de cabeça. Existem casos nos quais a pessoa exerce tanta tensão sobre sua mandíbula que começa a ter problemas para abrir e fechar a boca de forma normal.

O bruxismo nos alerta sobre um problema de estresse ou ansiedade.
Compartilhar

O bruxismo pode, inclusive, ir além e provocar outros tipos de problemas, como a dor de ouvido, dificuldades para comer ou sensibilidade nos dentes. Ainda que você tenha se identificado com estes sintomas, quem realmente pode verificar se você sofre de bruxismo é um dentista, a quem você deve consultar para ser corretamente diagnosticado.

Causas psicológicas do bruxismo

Como pudemos comprovar, parece que existe um claro componente de estresse para que o ranger dos dentes aconteça. Talvez uma excessiva carga de trabalho ou um problema que esteja nos afetando atualmente possam ser as causas deste doloroso hábito. Mas, o que acontece quando não sabemos a causa? Por que eu ranjo os dentes à noite sem motivo nenhum?

É verdade que o bruxismo pode ter um claro componente neurológico, onde uma doença como a esclerose múltipla pode estar provocando esta situação. Em outras ocasiões, a disposição da nossa mandíbula e de nossos dentes é que provoca o bruxismo.

como-funciona-bruxismo

No entanto, as causas mais comuns são as relacionadas com todos aqueles problemas que não solucionamos, aquelas experiências que nos marcaram e que queremos deixar de lado, mas que continuam aí e, de alguma forma, esse é o seu jeito de se manifestar.

A tensão que você ignora e as dificuldades às quais você está dando as costas encontram um jeito de sair de você através do bruxismo, porque elas guardam uma quantidade de energia muito grande, que não pode ser acumulada. Isso pode acontecer de diversas formas, e é complicado exercer um controle puramente consciente. Assim, se você é propenso a sentir ansiedade ou não tolera muito bem o estresse, é uma pessoa suscetível a sofrer com o bruxismo.

A ioga, a meditação e praticar técnicas de relaxamento podem nos ajudar a relaxar e a controlar o bruxismo.
Compartilhar

Há muitas formas de se livrar desse hábito. Fazer aula de ioga, praticar técnicas de relaxamento e meditação, ir a um especialista para descobrir quais problemas estamos arrastando conosco e ainda se encontram dando voltas em nossa mente pode nos ajudar.

Outra das opções, talvez a mais utilizada, é o uso de uma espécie de tala. Embora não solucione as causas que estão provocando o bruxismo, ela pode ser usada como tratamento paliativo com respeito aos efeitos negativos na nossa saúde dental.

como-controlar-bruxismo

Se você é uma pessoa que sofre de bruxismo, é importante tentar descobrir a causa. Cuidar da mente é fundamental e ranger os dentes pode ser a forma que a nossa mente encontrou de chamar a nossa atenção, nos fazendo refletir sobre a nossa vida.

Recomendados para você