Carta aos profissionais que cuidam de nós: OBRIGADO!

março 23, 2020
Obrigado a todos vocês profissionais que estão cuidando de nós e tentando facilitar tudo em tempos tão difíceis. Essa carta é para vocês.

Vivemos tempos difíceis, daqueles que nunca imaginamos que viveríamos, daqueles que até muito recentemente eram mais típicos dos filmes do que da vida real. Às vezes acontecem eventos e situações que nos surpreendem e nos deixam sem fôlego; acontecimentos que, de repente, nos mudam e nos convidam a refletir. Em meio a tudo isso, queremos dedicar este artigo aos profissionais que cuidam de nós: OBRIGADO!

O coronavírus aterrissou em nossas vidas sem pedir permissão devastando tudo o que encontra pela frente, em silêncio e em alta velocidade.

Em meio a esse caos, há uma orientação muito clara: ficar em casa, para o bem de si mesmo e dos outros. É uma questão de respeito, responsabilidade, cuidado e solidariedade. Um apelo a cada um de nós em favor da sociedade para evitar a transmissão do vírus e, assim, achatar a curva de contágio para que os hospitais não entrem em colapso.

A verdade é que nem todas as pessoas podem cumprir essa orientação. Existem aquelas que buscam alguma desculpa para sair por puro egoísmo e por não terem consciência da gravidade da situação, mas também existem todos vocês profissionais que cuidam de nós de mil e uma maneiras possíveis, tantas que nem podemos imaginar. São os profissionais da saúde, da limpeza, policiais e muitos outros. Essa carta é para todos vocês.

Profissionais da saúde contra o coronavírus

Agradecemos pelo seu esforço

Agradecemos a você, que sai de casa disposto a fazer o seu melhor para salvar a humanidade. Obrigado, porque apesar do medo o invadir, do seu corpo tremer e da angústia prender sua garganta, você dá um passo à frente disposto a lutar pelos outros.

Obrigado por estar na linha de frente. Seu esforço e sua coragem são inestimáveis. Apesar do cansaço, do esgotamento físico e psicológico e da invasão de estresse que às vezes você experimenta, você continua a dar o seu melhor. E isso é digno de admiração. Você é um ótimo exemplo. Nosso exemplo, e o de toda a sociedade.

Não importa se é de manhã, de tarde ou de noite, porque você não entende de horários, mas de pessoas, de ajuda e de entrega total. Porque você também tem família e, embora às vezes seja difícil deixá-los em casa para ir trabalhar – conscientes dos riscos envolvidos – lá está você, contribuindo para que tudo isso melhore e termine o mais rápido possível.

Obrigado de verdade. Sabemos que não é fácil. Sabemos que você se encontrará em situações difíceis que nem sequer podemos imaginar. Só você sabe tudo o que essas situações implicam, apenas você está lá nos protegendo, zelando por nossa segurança, cuidando de nós e oferecendo tudo o que precisamos.

Mulher angustiada

Obrigado por cuidar de nós

Agradecemos por cuidar de nós, por nos atender, por ter paciência quando a ansiedade, o nervosismo e o pânico nos superam. Obrigado por facilitar tudo nestes tempos difíceis.

Sabemos que, mesmo nessa situação, podemos não lhe dar o tratamento que você merece. Por isso, também pedimos desculpas e dizemos que sentimos muito.

Obrigado pela sua dedicação e entrega, pelo seu apoio e responsabilidade. Não é fácil estar presente quando os números não param de subir, os recursos se tornam escassos e você precisa tomar decisões arriscadas. Também não é fácil se expor a cada dia. No entanto, você o faz por todos nós.

Obrigado por cada vídeo informativo que você faz e por todas as mensagens que você envia para nos conscientizar. Obrigado, porque mesmo quando lhe faltam forças, você continua se esforçando. 

Você é luz, você é força, você é esperança e coragem. Obrigado por arriscar sua pele dia a dia, minuto a minuto, e acima de tudo porque não é algo pontual, já que antes dessa situação você também o fazia, embora não fosse tão visível.

Muito obrigado, de coração, por tudo isso. Sem você, isso seria impossível. Obrigado por ter tanta solidariedade.

Agradecemos a você, seja quem você for. Médico, enfermeiro, assistente, caixa, segurança, zelador, faxineiro, farmacêutico, policial, bombeiro, jornalista, transportador… E para todos os profissionais que não estão tão evidentes, mas que mesmo em momentos de isolamento, tornam possível que o mundo não pare por completo.

Obrigado a todos vocês. É hora de darmos o melhor de nós mesmos.

“Por vezes sentimos que aquilo que fazemos não é senão uma gota de água no mar. Mas o mar seria menor se lhe faltasse uma gota”.
-Madre Teresa de Calcutá-