Carta de uma despedida: coisas que eu nunca disse

Carta de uma despedida: coisas que eu nunca disse

9, setembro 2015 em Emoções 30 Compartilhados
despedida

Eu não sei em que ponto eu comecei a perder você, nem o que vem acontecendo… a única coisa que eu sinto é a sua ausência e este turbilhão de sentimentos.

Talvez eu não tenha te perdido, mas meus sentimentos se afastaram por circunstâncias que eu ainda estou tentando compreender e decifrar… pois nem eu mesma entendo como o calor pode se transformar em frio em questão de segundos.

Sabe? Quando você perde alguém ou se desliga de uma pessoa, isso cria em seu interior um vazio insuportável, apenas pelo simples fato de que aquela pessoa é autêntica e incomparável. E você é assim…

coração-partido

Tantas coisas ficaram por fazer, tantas coisas sem dizer… mas quando eu o tenho diante de mim, me dá um nó na garganta e as minhas palavras brincam de esconde-esconde, pois eu falhei com você. Eu não poderia continuar prometendo unir minha vida à sua para continuarmos esta longa viagem juntos.

Parece que o meu ponto de parada está logo a frente, ao contrário do que eu imaginava…

A verdade é que eu não me arrependo de nada do que eu fiz até agora. De qualquer coisa que tenha sido dita ou sentida. Porque vivi momentos únicos, senti coisas extraordinárias e fizemos, juntos, coisas irrepetíveis.

carta de despedida

Ninguém nunca me amou de forma tão honesta e bondosa quanto você. Ninguém havia me ensinado que o amor também é construído e que o importante na vida é entregar-se ao que você faz, render-se à evidência dos fatos e fluir com eles… e que as oportunidades surgem apenas quando saímos em busca delas …

Mais uma vez, gostaria de agradecer pela sua companhia, por tudo o que me ensinou e pelo que aprendemos e descobrimos juntos.

Porque se eu tenho certeza de algo, é de que você me fez uma pessoa melhor. Quero dizer, graças a você eu comecei a me descobrir e a me conectar de outra forma comigo mesmo. E isso tem um valor incalculável.

Talvez eu nunca tenha dito tudo isto…

As coisas que eu nunca lhe disse são tantas que eu não poderia sequer traduzi-las em palavras. Sentimentos, coisas de amor, carinho e nostalgia, aquilo tudo que a gente sente por dentro…

Penso em você e digo agora tudo o que eu talvez nunca lhe disse, mas que você sabia e respeitava.

carta de despedida

Não houve nenhum dia em que eu não tenha agradecido por tê-lo encontrado em meu caminho. Porque, apesar de já não sermos mais os mesmos, você é a pessoa mais importante que eu já conheci, a mais sincera e verdadeira… os seus olhos me dizem isso.

Nós andamos por caminhos secretos e por outros muito percorridos, porém andamos por eles com os passos de nossas emoções. Nós aprendemos que o amor, mais do que um sentimento, pode se tornar algo inexplicável que se sente como uma explosão interna, que nos leva a descobrir a essência da pessoa que sabe olhar em seus olhos e falar com eles através do silêncio.

Nós falamos a mesma língua por muitos dias, até que eu deixei de entendê-la. Por isso lhe peço desculpas.

Mas eu lhe peço que permaneça como é, dos seus pés até os seus sentimentos. Esse amor tão puro repleto de simplicidade é o que caracteriza você. Eu prometo que estarei lá; sim, de outra forma, mas eu não vou me esquecer de você. Você é parte de mim, da minha história, da minha vida e da minha pessoa.

Em mim há um pedaço de ti, e suponho que em ti também há um pedaço de mim.

Talvez não sigamos juntos pelo caminho, mas foi tudo tão bonito e tão verdadeiro, tão sincero e bondoso, que você segue sendo alguém importante na minha vida. Meu porto seguro.

carta de despedida

E embora esta seja uma carta de despedida, eu não a considero o fim, porque não quero e porque acho que dizer adeus a você seria impossível. Você continuará aqui, e em muitos outros aspectos do meu ser, porque quando você conhece alguém e você deixa esse alguém entrar em sua vida, apesar de tudo, é impossível apagar suas pegadas.

Quanto amor você levou, quanto amor você deixou.

Quanto amor envolto nesta carta…

Recomendados para você