O que é a competência emocional? - A Mente é Maravilhosa

O que é a competência emocional?

junho 11, 2016 em Psicologia 0 Compartilhados
O que é a competência emocional?

A competência emocional descreve a capacidade que uma pessoa tem de expressar as suas próprias emoções com total liberdade, e deriva da inteligência emocional, que é a capacidade de identificar emoções; a competência se aprende e determina a habilidade que uma pessoa tem para se interrelacionar de forma construtiva com outras pessoas.

Esta competência emocional pessoal se baseia na consciência de si mesmo, que resume o reconhecimento das emoções individuais e como as emoções afetam as outras pessoas, e também se sustenta na capacidade de manter um controle emocional e de gerir a adaptação. Para isso, é importante ter em conta que você tem que ser capaz de entender as suas emoções antes de avaliar as emoções das outras pessoas. 

A competência social

Outro aspeto individual da competência emotiva é a competência social, que se refere à empatia com os outros; nela destacam-se as habilidades sociais, que se tornam um fator importante em um ambiente de trabalho e para alcançar o sucesso nas relações. É importante manejar uma comunicação eficaz e saber gerir os conflitos.

Através da competência emocional, os seres humanos têm a capacidade de reagir às suas emoções pessoais e às emoções experimentadas por outras pessoas; um indivíduo pode responder corretamente quando alguém vivencia emoções como a ira, o medo e a dor.

O reconhecimento das emoções pessoais abre a possibilidade de responder adequadamente às emoções que outras pessoas experimentam, mas sem conhecer as próprias emoções, é difícil ajudar ou sentir empatia por outra pessoa.

Problemas de saúde relacionados à competência emocional

Muitos especialistas acreditam que a falta de competência emocional provoca diferentes questões que podem conduzir a uma supressão das emoções. Está demonstrado que interiorizar as emoções pode levar a uma deterioração da saúde física e mental, o que aumenta os níveis de estresse, podendo causar condições perigosas como a hipertensão, o aumento ou perda repentinos de peso, e a fadiga.

Suprimir as emoções pode levar a sofrer de depressão, e as relações com outras pessoas podem ser afetadas devido a uma incompetência emocional, que provoca falta de intercâmbio emotivo; embora existam muitos tipos de problemas emocionais que podem causar dificuldades na competência emocional, a inteligência emocional desempenha um papel importante na capacidade que uma pessoa tem para adquirir competências.

Aqueles que sofrem de doenças ou problemas mentais que interferem nas competências devem, como primeiro passo, trabalhar para desenvolver a inteligência emocional. Quando uma pessoa com problemas é capaz de distinguir as diferentes emoções, ela  pode começar a aprender como aplicar essas emoções na vida cotidiana.

Imagem cortesia de Rubio Buitrago

Recomendados para você