Comunicação empresarial: tipos e características

· fevereiro 1, 2019
Descubra quais são os tipos de comunicação empresarial usados pelas empresas atuais.

A sociedade laboral é composta por empresas e empresários, freelancers, micro e pequenas empresas, autônomos, multinacionais, empresas familiares, etc. Todos formam um conglomerado no qual existe uma ferramenta básica e fundamental: a comunicação empresarial. Hoje vamos descrever seus tipos e características.

A nível empresarial, além da organização, uma boa comunicação interna ajudará todas as partes da empresa a trabalhar juntas para alcançar um objetivo comum. A nível externo, é absolutamente necessário e conveniente manter uma comunicação empresarial correta, já que é aquela que será utilizada com organizações, clientes, fornecedores, etc. O sucesso ou o fracasso de um negócio dependerá disso.

A importância da comunicação empresarial

Uma vez que se trata de algo extremamente importante, vamos ver exatamente o que é a comunicação empresarial. Trata-se de um conjunto de procedimentos realizados pela empresa para transmitir e receber as informações necessárias para o seu correto funcionamento.

A transmissão de informações ocorrerá de duas maneiras. Uma a nível interno, isto é, entre os membros da empresa, gerentes, departamentos, empregados, etc., e outra a nível externo, com todos os agentes externos com os quais devemos ter uma relação.

Quando há uma boa comunicação empresarial em todos os níveis, as organizações funcionam com excelência, já que todas as pessoas envolvidas saberão como agir o tempo todo. Assim, eliminamos as dúvidas, aumentamos a segurança, reduzimos os erros, incentivamos a motivação e a interação… Portanto, a produtividade melhora e resolvemos os problemas de forma satisfatória para todos.

Comunicação nas empresas

Tipos de comunicação empresarial

“Aquele que sabe pensar, mas não sabe expressar o que pensa, está no mesmo nível daquele que não sabe pensar”.
-Péricles-

Da mesma forma que nem todas as organizações são idênticas e não têm as mesmas necessidades, elas não usam as mesmas formas ou canais de comunicação. Existem diversos tipos, assim como existem diferentes empresários e empresas.

Interna e externa

É a base e é por isso que já a mencionamos antes. A comunicação interna é aquela que ocorre entre todos os membros da empresa e os diferentes departamentos.

Por outro lado, a externa é aquela que ocorre com todos os agentes externos à empresa, entidades financeiras, clientes, fornecedores, organizações públicas, etc.

Sentido ascendente, descendente e horizontal

Neste caso, será necessário verificar a situação da hierarquia existente entre emissor e receptor. No caso do ascendente, o emissor será um empregado e o receptor um superior, pois a mensagem vai verticalmente de baixo para cima, levando em conta a ordem hierárquica.

Quando ocorre o oposto, isto é, quando o superior se comunica com o empregado, a comunicação é descendente, já que vai verticalmente de cima para baixo.

O último caso é diferente, é aquele que ocorre entre pessoas que ocupam a mesma ordem dentro da organização; por esse motivo, essa comunicação recebe o nome de horizontal.

Monodirecional e bidirecional

A bidirecional é a mais comum e a mais utilizada. Nela, estão envolvidos no mínimo dois sujeitos, o emissor e o receptor, e ambos interagem na troca de comunicação.

Por outro lado, quando um superior dá uma ordem, apenas o emissor atua, pois não há uma troca entre ambos, por isso é chamada de comunicação monodirecional.

Formal e informal

O último tipo também é muito comum e depende de quem interage. A comunicação é formal quando ocorre de maneira externa com agentes de fora da empresa, em especial órgãos oficiais, entidades financeiras e serviços externos. Nesses casos, geralmente é utilizado um tipo de comunicação mais sério, respeitoso, legal, técnico, etc.

Por outro lado, quando a comunicação ocorre entre colegas da mesma empresa, geralmente é mais coloquial e direta, já que é um ambiente mais familiar. Dessa forma, internamente, as regras do protocolo costumam ser mais descontraídas.

Reunião de trabalho

Características da comunicação empresarial

“O mais importante da comunicação é escutar o que se diz”.
-Peter Drucker-

As características que definem a comunicação empresarial são perfeitamente passíveis de definição e se baseiam no seu uso correto e nos objetivos almejados. Portanto, elas serão estabelecidas com base no que se pretende alcançar na organização.

No entanto, existem objetivos que devem estar sempre presentes, que de alguma forma são transversais e independentes do contexto. Um deles é que a comunicação deve ser clara o suficiente para que o receptor a compreenda. De fato, se isso não ocorrer, a comunicação perde todo o seu sentido.

Por fim, cabe ressaltar que a boa emissão e recepção da mensagem sempre minimiza os mal-entendidos que um ambiente mal gerenciado pode acabar criando em uma empresa.

  • Andrade, Horacio. (2005). Comunicación organizacional interna: proceso, disciplina y técnica. España: Gesbiblo, S. L.