As crianças se transformam em leitores no colo dos seus pais

As crianças se transformam em leitores no colo dos seus pais

novembro 3, 2016 em Psicologia 3 Compartilhados
As crianças se transformam em leitores no colo dos seus pais

As crianças se transformam em leitores no colo dos seus pais. É nesse lugar onde aprendem que o abrir e fechar dos livros pode ajudá-las a viajar por mundos novos, diferentes e cheios de vida.

Porque a leitura é para as crianças e para os adultos a brincadeira perfeita das tardes de lazer que nos acompanham durante a vida toda. Instantes que se transformam em pulsações e que enchem de entretenimento e conexão as nossas mentes e os nossos corações.

A leitura é um jogo maravilhoso porque nos permite construir pontes, ser corsários, vilões, príncipes, rainhas, princesas, fadas, animais ou heróis medievais que salvam o mundo do desastre.
Compartilhar

mundo-fantasia-dos-livros

Com um livro e a sua imaginação a aventura está garantida

Se aprenderem a viajar em um livro, encontrarão um amigo maravilhoso que plantará infinitas histórias com suas palavras na sua mente. Porque a leitura lhes oferece a possibilidade de viver mil vidas, de se encontrar entre os pensamentos de outra pessoa, e de se aproximar de reflexões maravilhosas.

Porque uma criança que lê será um adulto pensante e, com isso, se afastará dos hábitos que exigem conforto e rapidez. Isto a ajudará a desfrutar da possibilidade de viver mil vidas e de explorar um mundo muito mais plural e diverso.

Princípios que garantem a formação de leitores

Uma criança precisa ver como seus pais e as pessoas que admira leem. Não é só isso: as crianças se tornam leitores no colo das suas pessoas de referência. Vejamos isto mais a fundo:

  • A paixão pela leitura requer uma certa inquietude pessoal. Isto é, o anseio pelo saber precisa ser semeado para ser colhido.
  • Ler é uma atividade que requer contemplação, concentração, silêncio, isolamento e exclusividade.
  • A leitura também requer paciência, já que nem todas histórias nos apaixonam desde o início.
  • A leitura se torna mais interessante quando o entorno a considera um bom tema de conversa.
  • A leitura é um encontro com os sentimentos complexos, com as contradições, e um fio maravilhoso entre a imaginação e a realidade.

Quando uma criança é capaz de antecipar tudo isto diante de uma leitura, esta se torna uma atividade extraordinariamente agradável. Ela não apenas tem a permissão para se aproximar do pensamento escrito ou das histórias contadas, mas tem a motivação para encontrar nas páginas de um livro a sua própria motivação para que o amor sobre o qual outras pessoas lhe falaram se transforme em eterno, em próprio. Porque ninguém que gostou de ler alguma vez deixou de gostar depois.

livros-na-infancia

Os pais, os elos perfeitos entre a leitura e os filhos

Os pais, por sorte ou por azar, são pessoas de referência para as crianças. A seus olhos são heróis que se disfarçam com roupas cotidianas para fazer coisas extraordinárias. De fato, para que isto seja diferente, os pais precisam fazer tudo muito mal feito.

Portanto, são capazes de ter uma influência sobre seus filhos superior à que pode ter outra pessoa. Mas, reconhecida esta influência, o que podem fazer para ajudar seus filhos a ler? Vejamos algumas ideias.

A primeira talvez seja óbvia mas não por isso menos importante: ler para que seus filhos o façam por simples imitação. Além disso, é bom que o façam como uma atividade pública, de forma que entendam que a leitura nunca deve ser um tema a causar vergonha.

Por outro lado, para formar leitores você precisa colocar livros nas suas mãos. Não os que você gosta, mas sim livros de diferentes temas para que a criança encontre os seus temas preferidos. Não se trata tanto de que a criança leia, mas sim de que ela goste de ler, por isso as recompensas externas não são muito aconselhadas. Se aplicar alguma, a melhor é o reconhecimento.

Outra medida importante é criar um horário para a leitura. Um espaço relaxado do dia no qual as crianças não tenham mais inquietude que a de descobrir o que está no livro que têm à sua frente. Para fazê-lo, podemos levá-los à biblioteca e comentar com elas no caminho de volta o que leram.

ler-na-infancia

Uma criança lê e o seu conhecimento cresce

Seja de uma forma ou de outra, educar uma criança na leitura é dar a ela habilidades e recursos para que no futuro preserve esta atividade como um recurso para se informar, mas também para se divertir e passar um tempo agradável. Portanto, é fundamental que as crianças não leiam apenas livros da escola, e que saibam que existem milhares de histórias esperando por elas lá fora.

Ler não significa amarrar palavras até construir uma frase, mas a criança precisa alcançar a capacidade de se apropriar de um texto. Fazer de um conto ou de uma passagem parte de si mesmo, escolher um livro, usá-lo para alguma coisa, falar da mensagem, completá-lo e ampliá-lo… é isso que significa ler.
Compartilhar

Precisamos ser conscientes de que a criança pode começar a conseguir isto a partir dos 6 ou 7 anos. Enquanto isso, o aconselhado é prepararmos os seus caminhos como leitores enchendo-os de histórias e significados que, por sua vez, nos ajudarão a não perder o entusiasmo pela magia que um livro infantil carrega. Porque sem dúvida, ler é um prazer que deve ser um hábito, principalmente desde a infância.

Recomendados para você