De onde tiro forças? 11 estratégias que podem ajudar!

De onde tiro forças? 11 estratégias que podem ajudar!

novembro 5, 2015 em Emoções 0 Compartilhados
De onde tiro forças?

Quantas vezes você já se sentiu deprimido porque as coisas não estavam saindo como você esperava? Porque, ultimamente, parece que o mundo está indo contra você, ou porque sente que se mover um dedo, tudo sairá mal? Então você se pergunta… de onde tiro forças? Todos nós já vivemos estes sentimentos de fracasso de derrota, de não encontrar um sentido para a nossa vida em muitas ocasiões.

O mais importante, no fundo, não é o que sentimos, e sim o que fazemos com nossos sentimentos, com a preguiça e o peso que eles nos produzem. Assim, como podemos gerir melhor estas emoções negativas, fundadas ou não em fatos reais?

Não é uma tarefa simples, mas para ajudá-lo neste objetivo, compartilhamos 11 ideias que podem ser úteis.

Conselhos para aumentar suas forças

1- Concentre-se no que há de positivo em sua vida. Certamente existem coisas boas e você está “nublado” pela negatividade. Uma boa forma de fazer isso é escrevendo uma lista com tudo de positivo que há em sua vida. Quando você se sentir mal, pegue essa lista e leia. No fim das contas, a vida não é como é… mas sim como você a sente.

2- Nenhum mal dura cem anos. Se algo de ruim estiver acontecendo, não deixe de pensar que nada é eterno; nem a felicidade nem a tristeza, menos ainda a desgraça. Nossa história pessoal vai se formando de pedaços de mil cores; a vida é assim.

3- Amanhã será outro dia. Quando você tiver um daqueles dias desastrosos, pense: “Amanhã será outro dia”. Isso vai trazer um profundo alívio.

4- Reconhecer os erros e retificá-los é coisa de gente sábia. Se você fez algo de ruim em seu trabalho, com seu parceiro, com um amigo, em vez de dar mil voltas no assunto, peça perdão e dê um abraço, tão simples assim e o problema será solucionado.

5- Rodeie-se de pessoas positivas. Está comprovado que as pessoas que se rodeiam de pessoas positivas veem tudo de outra maneira. Fale de seus problemas; às vezes um amigo que pensa sobre o problema com você e o faz rir é suficiente para que a situação seja solucionado.

shutterstock_11328589-420x280

6- Não procure as soluções fora, mas dentro de você. É você quem tem o poder de mudar sua mente e, portanto, de ver o que acontece de outra maneira.

7- Mal de muitos, conforto de tontos. De certo modo, ver que não somos os únicos com quem ocorrem coisas ruins ou negativas nos ajuda a ser menos dramáticos com nós mesmos e com nossas coisas.

8- Fazer nossa atividade favorita. É que, muitas vezes, adoramos ficar deitados no sofá, remoendo nosso problema… Por que não nos vestimos e saímos para a rua com qualquer desculpa, como por exemplo sair para receber a energia e as vitaminas que o sol pode nos oferecer? Assim que você colocar seu corpo em movimento, tomar um pouco de ar e de sol no rosto, verá como tudo terá uma cor diferente.

9- Ajude-se com exercícios físicos. Incorpore algum tipo de exercício físico em sua rotina, como dançar ou andar em ritmo rápido, pelo menos 3 vezes por semana, e pratique a meditação antes de dormir. Siga seu ritmo, mas faça um esforço para incorporar estas atividades em sua vida.

10- Cuide da sua “conversa” interior. “Eu não posso”, “Tenho muita má sorte”, “Nada dá certo pra mim”… Na vida, tudo é muito relativo ou, como costuma-se dizer, “Neste mundo traidor, nada é verdade ou mentira, tudo é da cor das lentes com que se olha”. Troque esse discurso por frases positivas como: “Amanhã tudo sairá melhor”, “Como me sentirei feliz quando superar isso com a ajuda de minha força interior”, “Isso aconteceu comigo para que eu possa amadurecer; tudo acontece por algum motivo”.

11- Acredite em si mesmo, seja persistente e confie que as suas ações vão ajudá-lo. Muitas vezes, as coisas mudam pelo caminho… de acordo com nossas tentativas e erros. É um exercício de aproximação e você não deve desanimar. Muito pelo contrário, você tem o desafio de aprender a desfrutar dele.

A vida não é fácil, mas por acaso alguém disse que era? Nossas forças internas podem nos ajudar, e muito. Precisamos aprender a lidar com nossa inteligência emocional. A partir daqui, damos toda a força e o ânimo para que você saiba que tudo acontece e “embora uma porta se feche, uma janela se abrirá para você”.

Recomendados para você