Quando a desmotivação aparece, o que fazer para eliminá-la?

Quando a desmotivação aparece, o que fazer para eliminá-la?

dezembro 20, 2015 em Psicologia 0 Compartilhados
Quando a desmotivação aparece, o que fazer para eliminá-la?

Às vezes, parece tão difícil manter o foco no que fazemos que seria melhor sair do escritório ou deixar para outro dia a tarefa que estávamos realizando.

Quando não estamos motivados ou concentrados, tudo parece duas ou três vezes mais difícil… Nos detemos a cada dois minutos, suspiramos e tentamos sentir a vontade de continuar… mas parece que ela, de vez em quando, sai de férias.

Quando queremos alcançar um objetivo e não podemos nos concentrar, não só nos sentimos aflitos e tristes, mas também aumentam nossos níveis de ansiedade e estresse.

A motivação é o combustível de que precisamos para impulsionar nosso comportamento, o motor que nos ajuda a avançar, uma peça chave do quebra-cabeça que denominamos “projeto”. Também serve para sermos mais produtivos, criativos e até felizes.

Então, por que é tão difícil se manter motivado e tão fácil perder o rumo?

A desmotivação pode se tornar uma grande bola de neve.
Compartilhar

Esta metáfora é muito interessante e se ajusta à situação. É claro que quando não colocamos atenção no que fazemos, demoramos mais para terminar. E não só isso, os assuntos restantes vão se acumulando e acumulando…

Mas em vez de essa situação se tornar um novo desafio para nós, olhamos a quantidade de papéis ou a lista de tarefas por fazer e é muito difícil avançar e começar a trabalhar como devemos.

Como enfrentar a desmotivação

A desmotivação costuma estar relacionada com a falta de interesse para alcançar a  meta, ou com o fato de não termos determinado corretamente o objetivo a ser alcançado.

Se não sabemos para onde nos dirigimos… como podemos decidir que direção tomar?
Compartilhar

A seguir lhes oferecemos os principais pensamentos que nos levam a desmotivação e falamos sobre como podemos combatê-los, mas será preciso acrescentar a persistência a tudo isso:

O medo: embora você possa acreditar que tem certeza das suas metas, possivelmente se coloca a mergulhar no seu interior e percebe que está tremendo de medo. Se tivermos que explorar um novo território e sair da “zona de conforto” todos podemos experimentar essa sensação.

Você se sentirá como se fosse dar um passo rumo ao vazio, e por isso não quer ou não pode continuar avançando. Essa é uma maneira de se desmotivar. Para evitar que isso aconteça, é preciso detectar os temores e desenhar uma estratégia que permita ir degrau por degrau, avançando lentamente mas com segurança.

Planeje seus objetivos!

– As metas erradas: como já dissemos antes, se os objetivos não forem claros ou se não estamos de acordo com eles, pode nos ser mais difícil cumprir as tarefas atribuídas por outros ou por nós mesmos.

Se for cada vez mais difícil se concentrar no trabalho, possivelmente a razão é que você não está em sintonia com os valores da empresa ou que prefere estar em outro lugar.

Reveja quais são as metas a cumprir e, no caso de que não sejam as que você gostaria, você sempre poderá dar um “jeitinho” para satisfazer suas necessidades.

– O excesso de futuro: isso quer dizer que se você estiver muito fixado no que acontecerá amanhã, não poderá nunca se encarregar das coisas do presente.

Como enfrentar a desmotivação

Enquanto você está realizando uma atividade, sua mente deve estar centrada nela e em mais nada. Se, em vez disso, você pensar na lista de compras, na saída do fim de semana, nas tarefas domésticas, na data em que receberá seu pagamento, na prova da próxima semana, na entrevista da noite… será muito difícil permanecer motivado.

Lembre-se de que o que se faz no presente deve servir para cumprir o que você fará mais adiante. Se tiver muitas coisas para fazer após a sua jornada de trabalho, então ponha mãos à obra e termine logo com suas obrigações! Depois, haverá tempo livre para aproveitar como desejar.

– O cansaço: há momentos em que não podemos nos concentrar em nada além da ansiedade por estar na praia, na montanha ou dormindo até tarde. A desmotivação aparece quando estamos muito cansados.

Acumulamos pressões por muito tempo! Dormir bem é o melhor conselho nestes casos. Permita que o cérebro fique afastado de tanta saturação de informação. Você vai ver que é fácil se concentrar e conseguir que o tempo passe rápido. Seus dias de descanso chegarão antes do esperado!

Recomendados para você