Dez maneiras de manter o seu cérebro jovem

Dez maneiras de manter o seu cérebro jovem

outubro 9, 2015 em Curiosidades 1 Compartilhados
Como manter o seu cérebro jovem

De acordo com um estudo publicado por Keith L. Black, que dirige o departamento de neurocirurgia no Cedars-Sinai Medical Center, nos Estados Unidos, existem várias atividades que qualquer um pode fazer em sua vida diária para manter o cérebro jovem. E não é só isso. Ele também garante que quem está praticando algumas medidas simples, que veremos a seguir, corre menos risco de sofrer de doenças do cérebro.

Aqui estão algumas das medidas que você deve tomar para rejuvenescer e cuidar do seu cérebro.

1. Descansar quando há estresse. Se você for invadido por aquele vago sentimento de angústia e ansiedade, seja por excesso de responsabilidades ou por preocupações, a melhor coisa que você pode fazer é uma pausa. Tome esta pausa para praticar qualquer exercício, meditar ou, simplesmente, dê a si mesmo um tempo para relaxar.

2. Durma quando você precisar. Se durante o dia você se sentir muito cansado, não hesite em tirar uma boa soneca. O corpo está falando com você: ouça-o. A hora do sono é uma medida de proteção para o seu cérebro.

3. Nutrição adequada. Sua dieta deve incluir uma boa quantidade de cereais, legumes e verduras. Os frutos secos, ou castanhas, são excepcionais para nutrir o cérebro, como também todos os alimentos que contêm ácidos graxos e ômega-3.

4. Hobbies saudáveis. Uma sopa de letrinhas, um jogo de palavras cruzadas ou, até mesmo, um quebra-cabeças, são atividades saudáveis para o seu cérebro. Na verdade, qualquer atividade que requeira uma boa dose de concentração é adequada para que você treine seu cérebro; por exemplo, executar um trabalho manual ou ler.

5. Cuidado com álcool. Bebidas alcoólicas devem ser tomadas com moderação, porque todas elas têm efeitos significativos no cérebro. Em grandes quantidades, e quando consumidas regularmente, reduzem a massa cerebral e prejudicam diversas funções cognitivas, incluindo a memória.

6. Não fume. Um dos efeitos mais nocivos do tabaco é a capacidade de causar danos às células do cérebro. Aneurismas e acidentes vasculares cerebrais são comuns em fumantes. O tabaco também dá origem ao câncer de pulmão que se espalha para o cérebro em um elevado número de casos,.

7. Vitamina B. Todo o complexo B é essencial para o bom funcionamento do sistema nervoso central e periférico. Esta vitamina parece influenciar diretamente na concentração e na memória, então é aconselhável incluí-la em sua dieta. Você pode encontrá-la  nas vísceras de animais, peixes, na vitela, na carne de porco, levedura de cerveja, cereais, nozes, abacate, feijão, legumes, sementes e cogumelos. Então você tem uma vasta gama de possibilidades para escolher.

8. Coração saudável. Sabe-se que o coração e o cérebro são dois órgãos que mantêm ligações importantes. Diz o ditado “o que é bom para seu coração é bom para seu cérebro”. Por isso você deve dar atenção a quaisquer sintomas do seu coração. Controle os níveis de colesterol e triglicérides através de exercícios e de uma boa alimentação. Você também deve estar ciente do funcionamento da sua pressão arterial. Um derrame pode ocorrer em qualquer fase da vida. A prevenção é o melhor remédio para que isso não ocorra.

9. Fornecimento de glicose. O cérebro funciona principalmente graças a glicose que entra no corpo. Por isso, você não deve passar longos períodos em jejum, ou comer apenas quando sentir que você está com fome. Obtenha a glicose de alimentos como frutas, que são muito melhores do que o açúcar simples.

10. Frutas vermelhas. Além de serem deliciosas, as frutas vermelhas têm demonstrado um impacto significativo no rejuvenescimento do corpo, incluindo o cérebro. Certifique-se sempre de incluir em sua dieta diária morangos, amoras e framboesas.

Imagem cortesia de jgmarcelino.

Recomendados para você