Eclipse Total: nunca subestime a força de uma mãe

13 Agosto, 2020
O filme 'Eclipse Total' é um clássico de Stephen King. Retrata a história de uma mãe que é capaz de tudo para trazer esperança à vida da filha.
 

Sob um céu cinzento e melancólico, Stephen King apresenta outra tragédia labiríntica em Eclipse Total. É uma história de terror, mas não sobrenatural. Todos os elementos do filme surgem de horrores cotidianos, como o alcoolismo, a violência de gênero, a humilhação, a desumanização, a exploração do trabalho e o abuso infantil.

Dolores Claiborne (Kathy Bates) é a cuidadora de Vera Donovan (Judy Parfitt), uma senhora idosa frágil que morre após cair da escada. O detetive Mackey (Christopher Plummer) está disposto a provar que Dolores é culpada.

Existem precedentes nisso. O detetive também investigou a morte “acidental” do marido de Dolores (David Strathairn). Ele tem certeza de que ela o assassinou quase vinte anos antes.

Ao descobrir a prisão de sua mãe, Selena (Jennifer Jason Leigh) retorna à sua casa de infância e ao cenário de muitas lembranças traumáticas, tanto para ela quanto para Dolores.

Enredo de Eclipse Total

Dolores Claiborne trabalhou para Vera Donovan por mais de 20 anos. Seu trabalho não era fácil. Vera exigia, por exemplo, que ela pendurasse cada lençol com seis prendedores de roupa em vez de cinco, e sempre na parte superior do jardim. Ela tinha que repetir esse ritual o ano todo.

Após o retorno de Selena, mãe e filha voltam à casa da família em ruínas. Vemos Selena fumando e consumindo álcool e medicamentos para controlar o estresse.

O novo ambiente lhe causa uma grande ansiedade, alimentando o ressentimento que ela tinha pela mãe. Ela suspeita que a mãe tenha algo a ver com a morte do pai, que caiu em um poço abandonado na tarde em que ocorreu um eclipse total.

 

O eclipse total

Enquanto Selena ajuda a mãe “do seu jeito”, Dolores a ajuda a desbloquear memórias do abuso sexual que sofreu quando criança nas mãos do pai. Como resultado desse abuso e do roubo de todas as economias destinadas para os estudos de Selena, vemos que, de fato, seu pai foi morto por Dolores.

Aproveitando o eclipse total naquele dia, ela elaborou um plano perfeito para que não descobrissem que foi ela. No entanto, vinte anos depois, o detetive que quase a pegou agora voltou para investigar a morte de Vera, determinado a prendê-la. Ele está próximo da aposentadoria e não quer deixar casos em aberto.

Dolores, uma mãe que quer proteger sua filha

Dolores é uma mãe dedicada ao que considera que seja a felicidade de sua filha. No entanto, ao mesmo tempo, ela precisa enfrentar o desafio de não ter nenhuma capacidade natural para informá-la disso. De fato, a história ganha intensidade quando esse bloqueio emocional se torna evidente. Parece que ela tentou cortar todas as emoções da sua vida para diminuir a dor.

O pai é alguém que não conseguimos entender. Ele aparece como alguém que elimina emoções. Seu personagem apenas convida ao repúdio e nos mostra que existem pessoas que não terminaram o processo de humanização. N,o filme, o personagem serve apenas para permitir que o espectador entenda o comportamento de mãe e filha.

Mulheres em um mundo de homens

As mulheres do filme existem em um mundo cheio de homens que procuram dividi-las e mantê-las caladas. Isso retrata como a sociedade patriarcal ignora as mulheres mais velhas até que elas façam algo aparentemente assustador.

 

Essas mulheres sempre são subestimadas, e a força que encontram muitas vezes vem das suas relações com outras mulheres ao seu redor. O filme foca nessa dinâmica, que todos nós vemos se repetir centenas de vezes na vida real.

Dolores finalmente tem a oportunidade de contar a verdade à sua filha. Selena percebe a força de sua mãe ao ouvir sua confissão. Dolores perdeu quase tudo para manter sua filha a salvo do homem que a estava abusando. Esse exercício de honestidade permite que Selena se veja em sua mãe, e perceba que elas são uma. Elas se encontram no mesmo ponto para enfrentar todo o abuso e a dor.

Kathy Bates é a atriz perfeita para interpretar uma mulher como Dolores. Bates atua de maneira tão feroz quanto trágica. Jennifer Jason Leigh lida com o lento declínio de Selena com delicadeza. A frenética relação de Selena e Dolores conduz o filme, refletido na tempestuosa amizade entre Vera e Dolores.

O papel de Vera também é excelente, e um lembrete de que as mulheres enfrentam todos os tipos de situações. Todas as três mulheres apresentam uma frente de resistência contra um mundo que as tornou vítimas. Mas, como observa Vera, “às vezes ser uma vadia é tudo a que uma mulher precisa se apegar”.

O filme Eclipse Total é um clássico de Stephen King
 

Um final de emoções transbordantes

O filme pede um final diferente, um em que Selena abrace suas emoções. O que o público precisa é de uma grande onda de emoção.

Em vez disso, ficamos com uma atmosfera fria e contínua, levemente temperada pela sugestão de que a distância entre mãe e filha foi reduzida.

Embora esse não seja um final emocionalmente satisfatório, é realista. No entanto, esse filme é sobre horrores familiares, que deixam marcas em nossos corações e emoções. Mesmo que quiséssemos um final diferente, ficamos com um realista e sincero.