Empoderamento pessoal: nossa melhor defesa contra a adversidade

Empoderamento pessoal: nossa melhor defesa contra a adversidade

outubro 17, 2017 em Psicologia 1 Compartilhados
Mulher pensando no empoderamento pessoal

Você já ouviu falar sobre o empoderamento pessoal e sobre como ele pode nos ajudar nos momentos de dificuldade?

Alguma vez você já se sentiu “pequeno” e acreditou que não podia fazer nada contra as adversidades que a vida estava criando naquele momento? Você começa a pensar que é inútil e que não serve para nada. Acredita que as coisas vão dar errado e que você não pode fazer nada para mudar isso.

O que isso implica? Que você não faz esforços para sair dessa situação: você pensa que não darão resultado. Assim, você entra em um círculo vicioso do qual é difícil sair e que faz com que o seu desconforto cresça… Existe alguma coisa que possamos fazer? Sim! Para mudar essa mentalidade, continue lendo e descubra os benefícios do empoderamento pessoal!

“A pergunta não é quem vai me deixar, a pergunta é quem vai me parar”.
-Ayn Rand-

O que é o empoderamento pessoal?

Quando entramos na espiral do desamparo aprendido, nossa situação pessoal vai piorando cada vez mais. Sentir que não temos poder para mudar as coisas vai minando nossa saúde física e mental. É claro que pode ser muito difícil enfrentar as adversidades da vida. Difícil sim, mas não impossível.

Se alguém nos disse que nossa existência seria um mar de rosas pelo fato de estarmos cheios de boas intenções, mentiu para nós. Também não é válido o pensamento do diabinho que nos disse que tudo é terrível. Neste sentido, a felicidade geralmente é o produto do equilíbrio; um equilíbrio que raramente encontramos se não nos esforçarmos para trabalhar com as forças que existem dentro e fora de nós. É uma questão de vontade… mas também de habilidade e de inteligência.

“A forma mais comum de renunciar ao poder é pensar que não o temos.”
-Alice Walker-

O que quero dizer com isso? Que as coisas, por si só, geralmente não mudam. É muito importante que vejamos a nós mesmos como seres válidos para reorientar as forças de que falamos anteriormente e alcançar uma posição de equilíbrio. Claro, sem esquecer que existem muitas coisas que escapam da nossa vontade. Isso é importante porque se tentarmos controlar tudo, ficaremos frustrados.

Em suma, o empoderamento trata de que a pessoa se veja capaz de tomar decisões e de enfrentar as diferentes situações que surgem. Neste processo, é fundamental que a pessoa veja que o desconforto não é simplesmente imposto por fatos externos, mas é um processo interno que se pode controlar e gerenciar.

Mulher feliz e segura de si

Como podemos favorecer o empoderamento pessoal?

Para conseguir que uma pessoa se veja assim, é fundamental que ela tenha uma autoestima adequada. Empoderar uma visão positiva de si mesmo nos tornará mais confiantes em nossas habilidades e no poder de mudar o que gostaríamos. Agora, essa autoestima precisa se ajustar à realidade.

Nós iremos minar a nós mesmos se criarmos expectativas elevadas que não poderemos alcançar. Então ficaremos frustrados. Portanto, é extremamente importante que nos conheçamos bem e estejamos conscientes de nossos pontos fortes e de nossas fraquezas. Para conseguirmos nos colocar nessa posição e com esta disposição, é importante nos colocarmos à prova.

“Sempre fiz algo para o qual não estava preparada. Acredito que essa seja a maneira pela qual crescemos. Quando há um momento de: ‘Ugh, não estou totalmente segura de poder fazer isso’, e você se obriga a aceitar esses momentos, aí é quando você avança.”
-Marissa Mayer-

Se não assumirmos riscos, dificilmente iremos avançar. Confrontar a realidade vai nos ajudar a ver que nossos problemas raramente são tão horríveis como acreditávamos e que temos as habilidades necessárias para lidar com as adversidades. Por outro lado, se falharmos em nossa tentativa, podemos ver o que fizemos de errado e fazer mudanças para obter um resultado melhor.

Quais são as características de uma pessoa empoderada?

Por último, veremos quais características podemos observar em uma pessoa empoderada:

  • Se informa e tenta conhecer os assuntos que lhe interessam.
  • Procura se formar e adquirir novas habilidades.
  • É responsável.
  • Se conhece e aceita a si mesma.
  • Tem uma autoestima e uma autoconfiança adequadas.
  • É consciente da importância de cuidar de si mesmo.
  • Sabe como são suas relações sociais e cuida daquelas que valem a pena, mas sem se autossabotar, buscando relacionamentos equilibrados e sem uma dependência emocional tóxica.
  • É consciente da importância de estabelecer limites em suas relações interpessoais.
  • É capaz de planejar seu tempo, estabelecendo objetivos, necessidades e prioridades.
  • Sabe como tomar decisões.
  • Tenta resolver os conflitos da melhor maneira possível para todas as partes.
  • Se comunica utilizando suas habilidades sociais e exercendo a assertividade, de forma que leva em conta os direitos dos outros e os seus próprios.

Mulher feliz por descobrir o empoderamento pessoal

Em suma, através do empoderamento, somos mais capazes de viver em harmonia conosco e com os outros, de forma que nossas relações sociais ganham em qualidade e nosso estado psicológico melhora… Trabalhe para continuar evoluindo como pessoa!

Imagens cortesia de Michael Rosner Hyman, Austin Schmid e Jerry Kiesewetter.

Recomendados para você