Escolha algo que lhe apaixone e dedique-se a ele

· janeiro 16, 2016

Imagine levantar-se todos os dias com entusiasmo, trabalhar com um sorriso no rosto, querer ir trabalhar, ganhar dinheiro fazendo o que gosta e sentir-se realizado profissionalmente.

Tudo isso é possível, você só precisa encontrar o seu Elemento e dedicar-se a ele.

O que é o Elemento?

Ken Robinson, especialista mundial no desenvolvimento do potencial humano, escreveu, juntamente com Lou Arouca, um livro chamado “O Elemento”. Este livro mudou a vida de muitas pessoas, pois com ele elas entenderam que são criativas e serão muito mais felizes trabalhando com o que lhes apaixona.

O Elemento é definido como o ponto de encontro entre as aptidões naturais e as inclinações pessoais.

“Escolha um trabalho do qual você goste e não terá mais que trabalhar um único dia da sua vida.”

-Confúcio-

vida-ao-ar-livre

Portanto, o elemento é definido por duas características e duas condições:

1- Capacidade

É a facilidade natural para fazer uma coisa determinada. Todos nós temos essa facilidade para fazer algo melhor e mais rápido do que as outras pessoas. Pode ser a resolução de problemas matemáticos, escrever, dançar, cantar ou fazer aviões de papel.

2- Vocação

Você pode ser muito bom em determinada área, mas talvez não goste de trabalhar com isso. Para encontrar o seu Elemento você precisa fazer bem algo que lhe apaixone.

Quando você faz o que gosta o tempo passa rápido, você se diverte e se sente feliz.

3- Atitude

A atitude é a nossa maneira de ver as coisas, ver a nós mesmos, e como nos afetam as opiniões ou as expectativas dos demais.

Uma referência para calibrar nossa atitude é a maneira como vemos a sorte. Uma pessoa que faz o que gosta acredita que tem sorte, enquanto a outra que não teve sucesso se acha azarada.

4- Oportunidade

O que nos apaixona não conseguirá se manifestar se não houver uma oportunidade para que isso ocorra. Talvez precisemos de outras pessoas que tenham as mesmas inquietações para percebermos quais são os nossos talentos.

O que é Zona?

A zona é a parte mais profunda do elemento. Fazer o que amamos significa fazer muitas outras coisas que estão relacionadas com o elemento.

Por exemplo, se eu desejo escrever, preciso fazer um curso, participar  de redes sociais para que as pessoas me conheçam e criar uma marca e imagem pessoal, e participar de eventos para contatar possíveis clientes ou outros escritores, etc.

Mesmo estando dentro do nosso elemento, podem existir momentos em que desanimamos, não sabemos se estamos no caminho certo ou não, somos influenciados pela opinião alheia e não sabemos o que fazer.

No entanto, quando tudo funciona bem, vivemos com harmonia em todas as áreas da nossa vida, tudo se encaixa e somos felizes. Mas fazer o que você gosta não é garantia de estar sempre na Zona.

Quando estamos na Zona sentimos uma sensação de liberdade; somos o que realmente queremos ser.

O que é a Tribo?

Na busca pelo seu Elemento é fundamental encontrar pessoas que compartilhem da sua paixão, que o entendam e o motivem. Essas pessoas são a sua Tribo.

É muito gratificante encontrar pessoas que pensam da mesma forma que nós. Essa pessoas nos ajudam a perceber que não estamos sozinhos e que não somos loucos.

Portanto, compartilhar sua paixão com pessoas que pensam e sentem como você lhe trará realização e companhia.

“Se você não está preparado para errar, nunca conseguirá fazer nada original”.

-Ken Robinson-

amigas-sorrindo

A opinião dos outros

Uma das questões que mais nos influencia quando nos dedicamos ao que amamos é a opinião dos outros, especialmente aqueles mais próximos.

A opinião dos nossos pais, nossos cônjuges e amigos nos influencia e muitas vezes até nos impede de lutarmos pelos nossos sonhos.

Portanto, a dificuldade para encontrar nosso Elemento pode estar dentro de nós mesmos e também nas pessoas próximas. Muitas vezes, elas têm opiniões claras sobre como devemos ser, o que devemos fazer e como deve ser a nossa vida.

Um exemplo disso é a famosa história de Paulo Coelho, que foi mandado pelos seus pais para uma clínica psiquiátrica, onde lhe aplicaram eletrochoque porque queria ser escritor.

Existem muitas razões para que as pessoas próximas tentem dissuadi-lo de alcançar os seus sonhos, mas geralmente elas agem dessa forma por medo.

Às vezes, as pessoas precisam se afastar da família e dos amigos para se tornarem o que querem ser e realizarem os seus sonhos.

“Se você não trabalhar pelos seus sonhos, alguém vai contratá-lo para que você trabalhe pelos sonhos dele”.

– Steve Jobs –