Exercícios para cuidar da sua cervical

· julho 23, 2018

A dor cervical é um dos problemas mais comuns na população. Na maioria dos casos, o desconforto é de natureza muscular; portanto, pode ser facilmente tratado com a implementação de exercícios para cuidar da cervical.

Por outro lado, você deve saber que alguns casos de dor cervical são decorrentes de alterações estruturais, ósseas ou articulares. Estas requerem atenção e uma consulta médica que inclua um tratamento mais completo. Felizmente, os protocolos de tratamento para este problema específico são bem estudados e altamente eficazes.

No entanto, em muitos casos, cuidar da cervical é tão simples quanto fortalecer seus músculos. Se você tiver problemas de pescoço deste tipo, a seguir você encontrará uma lista de exercícios. Ainda assim, primeiro temos que entender melhor esse distúrbio e o que o provoca. Vamos nos aprofundar.

Quais são as causas da dor cervical?

As causas da dor cervical muscular podem ser as seguintes:

  • Postura incorreta mantida por muitas horas.
  • Sobrecarga excessiva dos músculos do pescoço. Por exemplo, durante alguns esportes ou atividades.
  • Estresse no trabalho.
  • Uso de colchões ou travesseiros inadequados para dormir.

Claro, existem muitas outras, mas a grande maioria dos casos são provocados por essas causas. Como resultado, para cuidar da cervical, primeiro certifique-se de apoiá-la sempre que possível.

Como cuidar da cervical

Sintomas da dor cervical

A dor cervical de natureza muscular distingue-se por uma série de sintomas. A intensidade dos mesmos depende da gravidade do problema e das condições gerais de saúde. Alguns dos mais marcantes são os seguintes:

  • Dor na nuca.
  • Rigidez no pescoço e dificuldade de movimento.
  • Dor de cabeça.
  • Sensação de náusea.
  • Vertigem e perda de equilíbrio.

Se você sentir esses sintomas e achar que podem ser de origem muscular, tente praticar os exercícios a seguir. São muito eficazes no fortalecimento da região do pescoço e aliviam muito esses desconfortos.

Exercícios para cuidar da cervical

Flexão profunda de pescoço

O primeiro exercício que apresentamos pode ser feito em pé ou sentado. Para começar, você deve inclinar lentamente o pescoço para um lado, primeiro para a direita e depois para a esquerda.

Em seguida, com a mão do lado que está dobrando o pescoço, pegue o pulso do braço oposto e puxe-o levemente para baixo para tensionar o trapézio contralateral e os músculos do ombro. Mantenha a posição por 20-30 segundos e faça na direção oposta. Repita este exercício cinco vezes em cada lado.

Rotação do pescoço

Em pé ou sentado, você deve manter as costas retas, enquanto flexiona lentamente o pescoço no sentido horário.

Essas rotações servem para relaxar os músculos do pescoço e reduzir a tensão cervical. Durante o exercício, mantenha os ombros e o pescoço relaxados durante todo o movimento. Quando terminar, repita a rotação no sentido contrário.

Exercício para a artrite cervical

Este terceiro exercício também pode ser realizado em frente ao computador. Claro, sempre mantendo as costas retas e bem apoiadas na cadeira.

Para começar, você deve flexionar lentamente o pescoço para um lado, primeiro para a direita e depois para a esquerda, tentando chegar o mais próximo possível da altura dos ombros. A chave é fazê-lo com pouca velocidade, mas sem parar. Repita o exercício entre 5 e 10 vezes por lado.

Exercício de força cervical

Para começar, você deve cruzar as mãos atrás da cabeça; deixe os cotovelos estendidos para os lados e puxe o queixo para trás. Lembre-se de que suas mãos devem empurrar a cabeça para a frente enquanto ela resiste na direção oposta.

Continue pressionando brevemente, sem executar um movimento dinâmico. Você deve realizar as pressões por entre 15 e 20 segundos. Em seguida, descanse e repita o exercício entre 5 e 10 vezes.

Flexão cervical e alongamento de extensão

Para realizar o último exercício que propomos, você deve abaixar o queixo no peito e olhar para baixo enquanto está sentado. Mantenha o alongamento durante 3-5 segundos.

Suavemente, retorne a cabeça à sua posição inicial e alongue-a de volta, executando um alongamento de extensão. Mais uma vez, você deve manter a posição por 3-5 segundos. Para terminar, repita o exercício completo de 3 a 5 vezes.

Exercício para a cervical

Outras recomendações para cuidar da cervical

Além de realizar esses exercícios para a dor cervical, você pode praticar outras atividades relacionadas. Por exemplo, a ioga é um bom exercício no qual você aprende a cuidar das suas costas gentilmente, adotando boas posturas que lhe permitem alongar os músculos das costas, aliviar a tensão no pescoço e manter uma posição muito mais saudável diariamente.

Finalmente, se você suspeitar de que pode se tratar de algo mais sério, não hesite em consultar o seu médico.