Exercitar-se ao ar livre ajuda a curar o coração partido

Exercitar-se ao ar livre ajuda a curar o coração partido

agosto 28, 2017 em Psicologia 876 Compartilhados
Exercitar-se ao ar livre ajuda a curar um coração partido

A dor avassaladora de um relacionamento falido é um dos maiores sofrimentos que podemos experimentar. Sentir o coração partido num poço sem fundo acaba com as forças de qualquer um e impede de enxergar mais além.

Uma excelente forma de se recuperar do vazio provocado por uma ruptura sentimental e ajudar a curar o coração é fazer exercícios, especialmente ao ar livre. Este hábito permite liberar toda a tensão acumulada no corpo e, além disso, bombardeia o cérebro de endorfinas, os neurotransmissores encarregados de nos fazer sentir bem e de diminuir as sensações dolorosas, tanto físicas quanto emocionais. Vejamos isto em mais profundidade.

A conexão mente-corpo

Quando vivemos um término sentimental a dor emocional nos invade, provocando também vez reações físicas no corpo. De fato, diversas pesquisas afirmam que a área do cérebro que é ativada quando estamos fisicamente feridos é a mesma de quando vivenciamos uma rejeição amorosa ou a perda de alguém que amamos.

Exercitar-se ao ar livre ajuda a curar um coração partido

Assim, todas as sensações e emoções da mente repercutem no corpo, e o estresse e o cansaço físico afetam a mente.

Corpo e mente estão ligados, trabalham juntos, e um afeta o outro mesmo que você não queira. Então, a eficácia que o exercício físico tem para curar um coração partido vem desta profunda conexão. Portanto, quando cuidamos da mente estamos cuidando do corpo e vice-versa.

Contudo, fazer exercícios ao ar livre é muito mais recomendável quando se trata de um coração partido do que qualquer outro tipo de atividade. O simples fato de passear pela natureza implica uma série de benefícios adicionais que não são obtidos de outra forma.

O exercício ao ar livre oferece uma grande oportunidade de cura da dor emocional. Ajuda a reduzir os sentimentos de cólera e tristeza que acompanham um coração partido.
Compartilhar

O exercício ao ar livre atenua a ira e devolve a esperança

Como dissemos, o exercício ajuda na árdua tarefa de costurar os pedaços de um coração partido pelo término de um relacionamento amoroso, e é melhor ainda se for ao ar livre, em plena natureza, trazendo grandes lições.

Quando enfrentamos o esforço que uma corrida, uma caminhada ou qualquer outro exercício no ambiente natural implica, logo recuperamos a consciência do nosso verdadeiro lugar no mundo. Somos insignificantes e poderosos ao mesmo tempo, somos pura energia vital.

Cada baque, cada pedra, cada salto que superamos, cada objetivo que alcançamos e cada desafio que cumprimos são uma conquista que alivia a ira graças à liberação de endorfinas, que pouco a pouco dão espaço para a esperança. Desta forma, nos renovamos por dentro, limpamos nossas feridas, e com o tempo recuperamos a consciência do nosso ser e, em última análise, nossa própria essência.

A atividade física é um exemplo de que a constância e o esforço valem a pena para nos superarmos e nos reconstruirmos.

Na natureza podemos encontrar muitas respostas. Respostas que nos trazem novas possibilidades, que transformarão a energia negativa da ira em energia positiva para seguir adiante.
Compartilhar

Exercitar-se ao ar livre ajuda a curar um coração partido

A natureza nos ajuda a ampliar o ponto de vista

Fazer exercício ao ar livre não apenas diminui a tristeza, mas também ajuda a ganhar outro ponto de vista sobre nossas próprias vidas e resolver nossos problemas e dificuldades. Encontrar-se com a natureza e se deter para observar a sua beleza nos acalma e nos permite ampliar a nossa própria perspectiva.

Graças à observação das cenas mais simples e cotidianas, dos elementos mais comuns e da harmonia que a natureza desprende apesar da sua grande imensidão, podemos passar a entender coisas nas quais talvez nunca tenhamos pensado.

Tudo que nossos cinco sentidos recolhem da natureza pode nos levar a um estado de meditação através do qual conseguiremos espairecer a mente, reduzir a ansiedade e, como vimos, acalmar a ira. Fazer atividade física na natureza pode se transformar em nosso reduto de paz. A sua simplicidade e magnitude, seu alcance e sua “efemeridade”, seus ciclos… tudo isso nos ajuda a ampliar nossa compreensão das coisas e a diferenciar o importante do que é acessório.

“A esperança se levanta como uma ave fênix das cinzas dos sonhos partidos”.
-S.A. Sachs-

Exercitar-se ao ar livre ajuda a curar um coração partido

A natureza ajuda a perdoar

Por último e não menos importante, fazer atividade física em plena natureza nos predispõe a curar nosso rancor de tudo que passou. O estado de bem-estar provocado pelo exercício junto ao maravilhoso poder de tranquilidade que a natureza nos transmite ajuda a encontrar uma nova esperança e, junto com ela, a capacidade de perdoar. Porque o perdão requer esperança e a convicção de que existe um lugar melhor longe do doloroso vazio vivenciado após a ruptura.

Como vemos, praticar exercício físico ao ar livre areja a mente, alivia a dor emocional e nos empodera para sermos capazes de continuar. Porque mesmo que o coração se despedace, sempre será possível procurar a melhor forma de colá-lo, sendo a atividade física e a natureza uma das melhores combinações para isso.

Para superar o término, mude a sua mentalidade.

Recomendados para você