Gerenciando a motivação para obter o que deseja

Gerenciando a motivação para obter o que deseja

maio 9, 2015 em Emoções 2 Compartilhados
motivação

Muitas vezes, quando digo às pessoas o que faço, elas levantam o olhar espantadas e dizem: Aahhh!!! Motivação? É isso que você faz? É nesse momento que penso e pergunto a mim mesmo: depende, o que chamamos de motivação?

A motivação é um rótulo polêmico e pode ser vista como algo irreal e ingênuo. Mas, o que é motivação? Além dos rótulos, o que significa? Como a própria palavra diz, a motivação é um incentivo; é encontrar razões para agir de uma determinada forma.

Sempre há um motivo para fazer as coisas, mesmo que não seja consciente. Ao estudar para um exame, a razão que temos é obter conhecimentos para conseguir boas notas, quando vamos para a academia é para ficarmos em forma, quando sorrimos para nossos filhos, é para que se sintam amados, quando saímos com nossos amigos é para nos divertirmos. É a razão que nos dá força e energia para continuar a estudar mesmo com todo o cansaço, sair de casa para fazer exercícios, apesar de estar assistindo nosso programa de TV favorito, sorrir para nossos filhos, apesar do dia cansativo que tivemos, e decidir sair à noite apesar da vontade de ir para a cama e dormir.

A motivação nos dá um porquê. Sem um porquê as coisas não acontecem, não temos capacidade de realizar esforços para nos levar além dos nossos limites atuais; não há motivo para sair da nossa zona de conforto e tentar coisas novas.

Ninguém precisa estar motivado quando está fazendo algo muito fácil; o objetivo é alcançado sem esforço. Se o caminho percorrido é difícil, assustador, inseguro e incerto, a motivação faz toda a diferença. Não conheço ninguém que estude oito horas por dia, se não está preocupado em se superar e ter um diploma, ou se levante às seis horas da manhã para ir à academia, sem a intenção de estar em forma ou sorrir para as crianças, se não tem a intenção de agradá-las.

A disciplina é uma grande aliada para o alcance das metas. A execução sistemática dos passos a seguir nos ajuda muito no nosso dia a dia. Às vezes nossa bateria acaba e ficamos como um carro sem gasolina. Ficamos preguiçosos, com uma sensação de cansaço e nos estendemos no sofá assistindo um programa de TV. “Hoje não vou à academia, nem mesmo para correr; assistir TV está muito divertido”, são pensamentos que passam pela nossa mente e nessa hora precisamos reunir as forças para reagir e responder as perguntas: Por que ir à academia se aqui está tão confortável? Por que sorrir para meus filhos se tive um dia ruim? Por que continuar estudando, se posso descansar um pouco?

Estar em forma me faz sentir bem comigo mesmo, porque meu corpo é meu templo ou porque minha meta é diminuir o peso. Meus filhos não têm nada a ver com os meus problemas, com o meu trabalho ou com o meu humor. Ir à faculdade é importante para ampliar meus conhecimentos.

Acessar as razões e os motivos para alcançar os objetivos é seguir em frente, chegar onde queremos estar. Esta chave não precisamos pedir à ninguém, nem esperar que chegue até nós como um passe de mágica. Ela está em nossa mente e podemos acessá-la onde e quando quisermos. Só precisamos de uma pergunta para acessar essa chave: por que vou fazer, ou estou fazendo…?

Você tem motivação para fazer o que faz?

Meu objetivo não é dizer que tudo vai dar certo, e sim ajudá-los a encontrar as razões porque “fazem o que fazem”. Isso é muito importante; muitas pessoas seguem por um caminho sem saber o que e porque estão agindo de determinada forma.

Perderam o contato consigo mesmo e inevitavelmente ficarão sem energia no meio do caminho. É muito desgastante fazer as coisas sem um propósito ou razão.

Quantas pessoas fazem o que gostam?

Quantas pessoas têm motivos que lhes dão força e razões para seguir tentando?

E no caso das pessoas que não têm um propósito ou razão que as faça seguir em frente?

Acreditam que podem fazer alguma diferença no trabalho, nos relacionamentos e na própria vida?

Vão se destacar em alguma coisa?

Irão além dos próprios limites?

O mais provável é que não consigam sair do lugar. As pessoas motivadas têm sucesso pessoal, realizam o impossível ou os desejos que ficaram esquecidos durante anos; têm razões e motivos para realizar os seus sonhos.

O que o motiva a fazer o que você faz? 

Recomendados para você