7 chaves da gestão de equipes

junho 16, 2020
Há uma série de chaves básicas para otimizar o desempenho de uma equipe de trabalho, tornando-a eficiente e proativa.

A gestão de equipes é uma tarefa que requer uma sensibilidade especial e sabedoria proveniente do conhecimento e da experiência. Trata-se de um papel essencial para que o grupo trabalhe bem e o produto do seu esforço seja maior do que a soma das individualidades.

Além disso, é uma habilidade que muitas empresas exigem para os cargos de mais responsabilidade, onde os desafios são marcados especialmente pelas circunstâncias relacionadas ao fator humano. Portanto, conhecer as chaves para a gestão de equipes pode nos ajudar a alcançar muitos objetivos.

A gestão de equipes requer sensibilidade, conhecimento e experiência.

A gestão de equipes na era do conhecimento e da comunicação

Vivemos na era do conhecimento e da comunicação. Mas o que isso significa? Significa que o mundo está mudando em alta velocidade. Portanto, para sobreviver em qualquer ambiente, a pessoa ou o grupo precisa implementar mudanças ou transformações intuitivas ou automatizadas. O tempo para a reflexão é reduzido, já que o próprio ambiente exige respostas rápidas.

Por outro lado, seja nos grupos ou em outros âmbitos, o que observamos é que o conhecimento adquire valor e gera mais conhecimento quando é aplicado. Assim, descobrimos que grande parte do poder de uma equipe está na sua forma de se organizar. 

Com base na descrição que uma das escolas de negócios mais prestigiadas da Espanha, a EAE Business School, faz de equipe, pode-se deduzir que a motivação de cada pessoa que forma uma equipe faz com que cada organização se aproxime de seus objetivos dentro de um quadro de responsabilidade conjunta.

Pode parecer estranho, mas não é. A contribuição individual de um colaborador dentro de uma empresa imprime caráter ao grupo. Trata-se de uma força que resulta no cumprimento dos objetivos  e beneficia o ambiente do grupo.

Trabalho em equipe

Como colocar em prática as chaves para gerenciar equipes de trabalho eficientes?

A gestão de uma equipe de trabalho eficiente depende, em primeiro lugar, do envolvimento das pessoas com um nível mais alto de responsabilidade. Pessoas que podem ser definidas pelo conhecimento e pela experiência, mas também por outras variáveis, como o carisma. Por outro lado, é verdade que um grupo pode acabar realizando seus projetos sem que haja uma boa gestão dos recursos e do próprio grupo, mas isso sempre será mais difícil.

Assim, uma parte essencial da equipe é o líder. Seu conhecimento do setor, sua experiência e sua preparação são fundamentais no desenvolvimento de tarefas e no cumprimento de metas. Ele deve ser eficaz em seu trabalho e saber priorizar habilidades sociais e estabelecer metas.

Além disso, o líder desempenha outro papel fundamental: fazer com que todo o grupo de trabalho envolvido no projeto se comprometa. Se ele consegue fazer cada membro se identificar com as metas, é mais fácil alcançá-las. Para fazer isso, ele deve levar em consideração uma série de chaves.

Chaves da gestão de equipes

Tomando como referência a prestigiada EAE Business School, explicamos a seguir quais são as chaves que podem ajudar a gerenciar uma equipe. Todo grupo de trabalho terá mais sucesso em atingir objetivos se souber implementar essas ferramentas:

  • Visão clara: saber transmitir a visão e a missão da organização melhora ou mantém a motivação, além de funcionar como um guia para que ninguém se perca.
  • Aceitação de valores: é mais fácil manter um bom clima de trabalho quando existe compreensão mútua. Portanto, é necessário conhecer e aceitar os valores tanto da empresa quanto dos indivíduos envolvidos na equipe.
  • Comunicação: o próprio grupo, em sua maneira de trabalhar, de se posicionar ou de sugerir modificações, é o que fornece informações valiosas sobre que tipo de gerenciamento ele precisa.
  • Pontos fortes: conhecer os pontos fortes de cada um dos membros do grupo é o primeiro passo para o gerente os colocar na posição em que eles possam oferecer seu melhor desempenho ao grupo.
  • Reconhecimento: os esforços e sucessos individuais e coletivos do grupo devem ser valorizados e reconhecidos. Dessa forma, alcança-se uma satisfação no trabalho que vai além do simples incentivo monetário, e isso afeta positivamente cada membro da equipe.
  • Seleção: a correta seleção de pessoas é essencial para ter membros que contribuam para a consecução de objetivos e agreguem valor.
  • Desenvolvimento: é necessário promover tanto o desenvolvimento coletivo quanto o desenvolvimento individual e pessoal de cada membro para otimizar a eficiência.
Mulher liderando grupo no trabalho

Essas são apenas algumas chaves que podemos identificar em gestores que sabem liderar grupos com sucesso. Nesse sentido, lembremos que cada grupo é diferente e que a estratégia que pode funcionar em uma equipe pode não funcionar em outra. Por isso, é importante fazer uma avaliação antes de aplicar qualquer medida corretiva.

Por outro lado, tendo descrito as sete chaves, ainda precisamos identificar aquilo que faz o resto funcionar: a atitude e o comprometimento com o grupo gerenciado. Em outras palavras, o envolvimento com o que acontece, combinando sensibilidade para entender as mudanças produzidas por circunstâncias externas e propondo soluções para os problemas imprevistos que tais circunstâncias possam gerar.

“Chegar juntos é o princípio. Manter-se juntos é o progresso. Trabalhar juntos é o sucesso”.
-Henry Ford-