Herdeiros ou escravos de nossos pais: afinal, o que somos?

Somos herdeiros ou escravos de nossos pais?

Cibele Simões outubro 26, 2016 em Psicologia 0 Compartilhados

Às vezes não buscamos soluções para questões mal resolvidas e deixamos pendências virarem um sofrimento sem fim. Sem saída para quem somos, projetos e sonhos. Culpa-se o outro e a geração passada, mas não a própria contribuição pela desordem de que se queixa.

Já parou para pensar que você pode mudar esse padrão de funcionamento? O que devo manter? O que deve ser abandonado? O que ando repetindo? O que me pertence? O que pertence ao outro?

herdeiros dos pais

Somos herdeiros de costumes

Além de herdarmos costumes, legitimamos alguns pontos de vista e crenças limitantes dos nossos pais muito mais do que imaginamos. Pare um minuto para pensar e talvez você perceba que repete com freqüência alguns comportamentos aprendidos, e que os reproduz no seu dia a dia para tomar decisões.

De certa forma isso é esperado, mas para sua transformação/superação pessoal, nem tudo que os seus pais faziam e que era adequado para eles será bom para você. Mantenha o que faz sentido e agrega valor para sua vida hoje. Jogue fora o que não lhe pertence, ou seja, o que depositaram em você, sem medo.

herdeiros de manias

Você não é obrigado a carregar o que não é seu só para preservar a disfuncionalidade da sua família. A solução você já possui. O que falta é pensar na maneira que possa proporcionar um olhar diferente sobre a situação, você e a vida.

Cibele Simões

Psicóloga, mora na cidade de Belo Horizonte. Ser humano em constante crescimento e aberta a novos desafios. Possui uma Fanpage Ser e se relacionar. Confira no link https://www.facebook.com/psicibelesimoes/?fref=ts

Ver perfil »
Recomendados para você