Você sabe o que é a inteligência espacial e como você pode melhorá-la?

· agosto 27, 2017

A inteligência espacial, como um domínio exclusivo, engloba um conjunto de habilidades. Essa mistura de capacidades se resume a: ter a capacidade para perceber com exatidão o mundo visual, realizar transformações e modificações em relação às percepções iniciais próprias e recriar aspectos da próprias experiência visual.

Portanto, a inteligência espacial recebe esse nome porque está envolvida na resolução de problemas espaciais, sejam reais ou imaginários. Esse tipo de inteligência se relaciona com a capacidade que a pessoa tem para lidar com aspectos como cor, linha, forma, figura, espaço e a relação que existe entre eles. As pessoas com tendência espacial acentuada tendem a pensar em imagens e fotografias, visualizá-las ou desenhá-las.

Howard Garner, psicólogo, pesquisador e professor da Universidade de Harvard, define a inteligência espacial como a capacidade de pensar em três dimensões. Isso nos permite perceber imagens externas e internas, recriá-las, transformá-las ou modificá-las, decodificando a informação gráfica.

“Na prática, só é um problema o que a inteligência consegue resolver.”
-Hermann Keyserling-

Importância e utilidade da inteligência espacial

Saber se localizar no espaço é indispensável para sobreviver. A primeira coisa que sempre fazemos é localizar nossa posição espacial, saber onde estamos em relação a outros lugares para, por exemplo, poder ir de um lugar a outro. Assim, para nos locomover, traçamos um vetor imaginário da nossa posição até o objetivo.

O nosso nível de inteligência espacial vai determinar nosso sucesso em tarefas como dirigir (especialmente em lugares pouco conhecidos/desconhecidos) e estacionar um carro, construir uma maquete, nos orientar, dar instruções a outra pessoa que enxerga as coisas a partir de outra perspectiva, ou utilizar ferramentas.

Inteligência espacial

Outras atividades menos frequentes nas quais a inteligência espacial está fortemente envolvida são, por exemplo, aquelas em que se deve esculpir uma forma em um material ou fazer a planta de uma estrutura. Por isso, tanto arquitetos quanto escultores tendem a mostrar um bom nível desse tipo de inteligência. Mesmo que seja apenas pelo treino constante e pela formação especializada.

A inteligência humana é muito mais que o coeficiente intelectual. O principal problema que a inteligência apresenta é que não contamos com uma definição única da mesma e, principalmente, não possuímos instrumentos que reúnam um consenso majoritário em relação à sua validade e previsibilidade. Como atribuir um coeficiente ao humor, à ironia e, ainda pior, à diversificada e plástica capacidade do ser humano para responder de maneira criativa aos desafios que a sociedade e a natureza o impõem?

“A verdadeira inteligência age silenciosamente. É no silêncio que encontramos a criatividade e a solução dos problemas.”
-Eckhart Tolle-

Como podemos desenvolver a inteligência espacial?

A inteligência espacial responde ao treinamento, assim como a inteligência no geral. Demonstrou-se que praticar exercícios semelhantes aos que são utilizados para avaliar o nível de inteligência espacial se mostra prático para melhorar nessa dimensão.

Esses exercícios consistem, por exemplo, em tarefas de rotação espacial, comparação de dois objetos colocados em diferentes posições que podem ser iguais ou apenas parecidos, atenção espacial a vários estímulos, etc. Cada pessoa nasce com uma determinada predisposição para desenvolver de esse tipo de inteligência, e está nas suas mãos desenvolvê-la a partir desse nível base.

Inteligência espacial

No entanto, o fato de a inteligência espacial ser bastante condicionada por componentes genéticos não significa que nossa margem para evoluir nesse sentido seja desprezível.

No dia a dia podemos incorporar algumas tarefas que podem se mostrar bastante benéficas na hora de estimular as capacidades espaciais. Por exemplo, dirigir veículos frequentemente é um elemento importante para desenvolver a inteligência espacial. Enquanto estiver dirigindo, você precisa prestar atenção a um grande número de elementos do meio, assim como aos movimentos e a relação de distâncias e tamanhos entre objetos (se não quisermos bater, é claro).

Por outro lado, a elaboração de desenhos e a realização de atividades espaciais, tais como planejar a melhor maneira de distribuir determinado número de objetos ou pessoas, também exige o uso da inteligência espacial. E em geral, os jogos cuja execução está diretamente relacionada às capacidades espaciais. Alguns deles são os conhecidos cubos mágicos e alguns videogames, como o famoso Tetris.

“A inteligência não é nada mais que saber conversar sobre umas e outras coisas com as pessoas, obtendo com isso uma sabedoria infinita.”
-Yamamoto Tsunetomo-

Bibliografia

Burgos, B. M. V., & Guatame, A. X. L. (2011). ¿Cómo la estrategia de mapas mentales y conceptuales estimulan el desarrollo de la inteligencia espacial en estudiantes universitarios?. Tabula Rasa, (15), 221-254.

Dziekonski, M. (2012). La inteligencia espacial: Una mirada a Howard Gardner. Revista ArteOficio2(2).

Gardner, H. (1998). Inteligencias múltiples. Barcelona: Paidós.

Lapalma, F. (2001). ¿Qué es eso que llamamos Inteligencia? La Teoría de las Inteligencias Múltiples y la Educación. Revista Iberoamericana de Educación.

Ramos, J. C., & Adánez, G. P. (1985). Inteligencia espacial y aptitud de vuelo: estudio desde las perspectivas psicométrica y del procesamiento de la información. Universidad, Facultad de Filosofía y Ciencias de la Educación.

Suárez, J., Maiz, F., & Meza, M. (2010). Inteligencias múltiples: Una innovación pedagógica para potenciar el proceso enseñanza aprendizaje. Investigación y Postgrado25(1).

Van Schaik Leon (2008). Spatial Intelligence: New Futures For Architecture. John Wiley & Son Inc Great Britain.