O luto pela separação de um casal - A Mente é Maravilhosa

O luto pela separação de um casal

julho 28, 2018 em Emoções 0 Compartilhados
O luto pela separação do casal

Assim como em todos os processos em que se perde alguém querido, o luto pela separação do casal pode ser muito complicado. Muitas pessoas, ao terminarem um relacionamento, são invadidas por uma série de emoções que não sabem controlar, especialmente se a decisão for unilateral ou, simplesmente, o outro desaparecer sem qualquer explicação.

No entanto, o luto pela separação de um casal é muito semelhante aos outros tipos de luto. Isso tem uma grande vantagem: os psicólogos passaram muitas décadas estudando como superar as perdas. Portanto, existem muitas ferramentas que podem nos ajudar a melhorar diante de um término amoroso. Vamos nos aprofundar.

Fases do luto pela separação de um casal

O processo de luto pelo fim de um relacionamento passa por cinco fases. A peculiaridade é que elas podem ser apresentadas de uma maneira um pouco diferente de como surgem quando acontece a morte de um ente querido. No entanto, a estrutura básica é a mesma.

Coração partido

Então, quando o nosso parceiro termina conosco, o normal é que passemos por cinco etapas:

  • Negação
  • Raiva
  • Negociação
  • Depressão
  • Aceitação

Essas fases não precisam surgir na mesma ordem para todos. Assim, alguém poderia começar pela raiva, logo saltar para a negação e depois passar para a depressão. Outra pessoa, talvez, fique presa entre a negociação e a depressão, saltando de uma para a outra por um longo período.

A chave é lembrar que todas essas emoções são perfeitamente normais. Além disso, devemos levar em consideração que, diante da separação de um casal, o luto aparece quase inevitavelmente se houver sentimentos muito fortes. Portanto, entender em que cada fase consiste pode aliviar significativamente a dor emocional.

Vamos ver cada uma delas.

1- Etapa de negação

A primeira das fases que atravessamos quando perdemos um parceiro é a da negação. No caso das separações, a pessoa afetada não é capaz de acreditar que o relacionamento acabou. Portanto, continua a agir como se a qualquer momento a outra pessoa fosse voltar.

Dependendo da pessoa, isso pode acontecer de diferentes maneiras. Para alguns, o rompimento parece não ser mais do que uma briga normal e recorrente. Nestes casos, a pessoa afetada acredita que em pouco tempo haverá uma reconciliação. Para outros, por outro lado, ficará evidente que é o fim, mas eles acreditam que, com um pouco de esforço, conseguirão recuperar seu ex-parceiro.

Se você acha que se encontra nessa etapa, precisa começar a olhar para o que aconteceu de frente. Negar a realidade só lhe trará mais sofrimento a longo prazo.

2- Etapa de raiva

Uma vez que a pessoa aceita que o relacionamento acabou, geralmente aparecem sentimentos de hostilidade e raiva. Eles desempenham um papel fundamental: permitem que a dor emocional seja menos intensa.

Alguns dos pensamentos típicos desta etapa são os seguintes:

  • “Ele não me merecia”.
  • “Estou melhor sem ela”.
  • “Ele não sabe o que está perdendo”.

No entanto, esse diálogo mental esconde grandes quantidades de ressentimento e dor. Para avançar com o processo de luto, é necessário entender que o ex-parceiro é uma pessoa normal e comum, que só está agindo da melhor maneira que conhece. Só com este entendimento é possível diluir a raiva e avançar para a próxima fase.

3- Etapa de negociação

Na negociação, a pessoa que está experimentando o luto tenta reconquistar o ex-parceiro de qualquer maneira possível. Assim, podem aparecer gestos românticos, súplicas ou até mesmo chantagens emocionais. Isso é especialmente verdadeiro no caso de pessoas com certos tipos de personalidade, como os histriônicos ou depressivos.

A única maneira de superar essa etapa é aceitar que o ex-parceiro não irá retornar. Só então será possível avançar para a próxima fase do luto.

4- Etapa de depressão

Durante esta fase, a pessoa finalmente aceita que seu ex não retornará. No entanto, o processo de superar o luto pela separação ainda não acabou. Na etapa da depressão, a crença predominante é de que você não pode viver sem a outra pessoa.

Mulher chorando em cafeteria

Assim, alguns dos pensamentos mais comuns nesta fase são os seguintes:

  • “Nunca encontrarei alguém igual”.
  • “Vou morrer sozinho”.
  • “Não vou ficar bem de novo”.
  • “Ninguém vai me amar como ele/ela”.

As mensagens que a pessoa envia para si mesma são, em sua maioria, pensamentos irracionais. Para terminar de superar o luto, é necessário aceitar que é possível ficar bem sem o outro, e que perder esse relacionamento não é algo tão terrível assim.

5- Etapa de aceitação

A última etapa do luto ocorre quando a pessoa finalmente aceita o que aconteceu. Além disso, se dá conta de que não precisa do outro para estar bem. Neste momento, o afetado pode reconstruir sua vida e até iniciar um novo relacionamento de forma saudável.

O tempo gasto para percorrer as cinco fases do luto pela separação depende de cada pessoa. Se você está superando um término neste momento, deve ser paciente consigo mesmo. A única coisa fundamental é que você avance pouco a pouco e trabalhe ativamente na sua recuperação.

Recomendados para você