Frases de Anna Freud que merecem o nosso reconhecimento

As 5 melhores frases de Anna Freud

Abril 7, 2018 em Psicologia 327 Compartilhados
Frases de Anna Freud

As frases de Anna Freud nos mostram uma psicanalista que deu continuidade ao legado do pai, Sigmund Freud. No entanto, em seu caso, a ênfase se dirigiu quase exclusivamente ao mundo infantil. Não poderia ser de outro modo, quando a própria Anna viveu uma infância paradoxal.

Quando ela nasceu, sua mãe já estava um pouco cansada da criação. Já tinha outros cinco filhos e não se sentia em condições de se dedicar a uma mais. Por isso, contratou os serviços de uma tutora que se converteu no que Anna chamou de “mãe psicológica” para ela.

Anna Freud fez psicanálise com seu próprio pai. Deve ser sido muito difícil para ela ser a sucessora de um dos homens mais destacados de toda a história. Embora tenha se mantido na linha da psicanálise clássica, as frases de Anna Freud deixam ver uma faceta mais sensível dessa corrente.

“Às vezes a coisa mais bonita é precisamente a que vem inesperadamente e não merecida. Por isso, é algo visto verdadeiramente como um presente” 
– Anna Freud –

1. A mãe, um tema frequente nas frases de Anna Freud 

A impressão de sua mãe ficou marcada muito fortemente em seu coração. Por isso, várias frases de Anna Freud se referem à figura materna. Esta, por exemplo, é muito representativa: “Quando os sentimentos dos pais são ineficazes ou muito ambivalentes ou quando as emoções da mãe estão temporariamente comprometidas em outro lugar, as crianças se sentem perdidas”. 

Pode-se dizer que esta é uma das conclusões de sua própria psicanálise. Mesmo que a princípio a tenha aplicado à sua situação individual, a afirmação tem validade universal. Uma criança que não encontra lugar no coração de seus pais tampouco encontra um lugar para si mesma no mundo.

Menino triste diante de vidro

2. Sobre o essencial

Esta é outra das frases de Anna Freud que deixa ver seu desconcerto, sua carência essencial de afeto materno. Diz assim: “O que sempre quis para mim é muito mais primitivo. Provavelmente nada mais é do que o afeto das pessoas com as quais estou em contato, e sua boa opinião sobre mim”.

É comum que quem tenha crescido com carências afetivas leve em seu coração um profundo vazio. Por isso as manifestações de afeto e a aprovação dos demais têm uma importância decisiva. Isso é o que parece se revelar em muitas das frases de Anna Freud: o desejo de um amor que ela nunca teve.

3. A insatisfação e a vida

A vida, não só a de Anna Freud, e sim de todos os seres humanos, está marcada por uma eterna insatisfação. A psicanálise propõe a existência de um mal-estar que não é possível solucionar totalmente. A vida implica tantas renúncias de desejos impossíveis que, por isso, a insatisfação nos habita.

Homem olhando pela janela

Isso é o que parece ficar estampado em uma das frases de Anna Freud mais conhecidas: “Se algo não te satisfaz, não se espante. Chamamos isso de vida”. Viver sempre implica vazios e contradições. A insatisfação é natural da vida.

4. Mudar o mundo

Mesmo que muitas das frases de Anna Freud nos mostrem uma alma mais ou menos atormentada, também existe dentro dela uma enorme esperança. Isso fica refletido em sua obra e em muitas de suas sentenças. Uma delas diz: “Que maravilhoso é que ninguém precise esperar nem um só momento antes de começar a melhorar o mundo”.

Esta frase, em particular, afasta Anne Freud do pessimismo racional de seu pai. O autor de “O futuro de uma ilusão” não via como provável uma mudança no mundo. Por outro lado, Anna tinha uma grande esperança no ser humano e nas mudanças construtivas que podia conseguir. 

5. O erro e a verdade

Muitas das frases de Anna Freud têm um tom filosófico. Aludem a temas universais e permitem ver outra faceta de seu pensamento. Esta frase, por exemplo, se afasta da análise do individual e remete ao coletivo. Diz assim: “Quando o erro se torna coletivo, adquire a força de uma verdade”.

Refere-se ao poder do grupo frente ao indivíduo. Ao mecanismo pelo qual a sociedade outorga o grau de verdade a algo. Se muitos compartilham um erro, será criada a ilusão de que não é um erro. Deste modo, não se prioriza a força da razão, e sim a força do coletivo.

Mão segurando lâmpada

Anna Freud trouxe importantes elementos para compreender melhor alguns aspectos da psicanálise. Mesmo que não tenha alcançado uma transcendência como a de seu pai, conseguiu uma grande relevância com suas obras. É uma daquelas pensadoras que vale a pena ler e conhecer.

Recomendados para você