Mentes rígidas veem falsidade, mentes flexíveis veem segundas chances

Mentes rígidas veem falsidade, mentes flexíveis veem segundas chances

Janeiro 22, 2017 em Psicologia 0 Compartilhados
Mentes rígidas veem falsidade, mentes flexíveis veem segundas chances

Você nunca se perguntou por que algumas pessoas não são capazes de encontrar soluções diferentes para os seus problemas e outras se adaptam a todas as situações? A resposta é que interagimos com as pessoas de diversas maneiras dependendo das nossas expectativas, aprendizado anterior, crenças e estados emocionais. Devido a isso, as pessoas com mentes flexíveis interagem melhor e de uma forma mais saudável.

A rigidez cognitiva é uma característica das pessoas que não se atrevem a mudar de opinião e não são capazes de aceitar novas ideias. No lado oposto estão as pessoas que têm um raciocínio crítico, uma mente aberta, e aceitam as mudanças. De acordo com Walter Riso, a força do pensamento flexível permite que, apesar dos obstáculos, reinventemos a nós mesmos e sejamos mais flexíveis com os eventos da vida sem reclamar.

Para Riso, uma pessoa com uma atitude crítica, justa e integradora cria um estilo de vida aberto e saudável; gera menos estresse, mais felicidade e menos violência. Não só viverá melhor, mas também contribuirá para o bem-estar da sua comunidade.

“Mantenha a mente aberta; a verdadeira ciência começa com a observação.”
 – Brian Weiss –

As pessoas rígidas são mais propensas à depressão

As pessoas com uma mente rígida selecionam apenas o que está de acordo com as suas crenças e ignoram as informações que as contradizem. Elas não levam em conta as nuances, por isso, insistem, sentem ou agem de forma extrema, embora as evidências provem o contrário. Podem até mentir, insultar e menosprezar para não reconhecerem que estão erradas.

mente-fechada

As mentes rígidas e absolutistas veem as mudanças como uma fraqueza e preferem evitar os fatos se não concordam com eles. Por isso, correm o risco de sofrer alguns transtornos como a depressão. Essas pessoas tiram as suas conclusões sem terem informações suficientes e consideram que elas são obrigadas a agir de uma determinada maneira, sem aprofundar as informações ou ouvir seus oponentes.

São pessoas que acreditam que aqueles que não estão com elas, estão contra elas. Esta crença se alimenta do medo que elas têm de descobrirem que estão erradas e perceberem que parte da sua vida está baseada em uma falsa crença. Elas têm muito medo e não estão preparadas para enfrentar as demandas que surgem com as mudanças.

“Acontece com as pessoas de mente fechada o mesmo que acontece com as garrafas de boca estreita. Quanto menos conteúdo, mais barulho fazem para serem esvaziadas”.
 -Alexander Pope-

O poder das mentes flexíveis

As pessoas com mente flexível mudam de opinião de forma gradual e identificável. Elas são imparciais, justas, respeitosas com os outros e sempre tentam evitar a exclusão. Não se curvam aos pensamentos superficiais e inconscientes que muitas vezes nos levam a uma espiral de negatividade e sofrimento sem que haja nenhuma evidência comprovada para isso.

As pessoas flexíveis buscam a liberdade dos “tenho que”, “deveria”, automatismos irracionais que se alimentam das nossas exigências inflexíveis sobre nós mesmos, sobre os outros e o mundo em geral; rejeitam todas as formas de autoritarismo ou totalitarismo individual.

A neurociência nos diz que podemos mudar a mentalidade quando criamos novas conexões neurais no cérebro e as fortalecemos com o nosso pensamento. Portanto, a verdadeira mudança de mentalidade tem a sua base fundamental no cérebro e nos neurônios que produzimos quando pensamos e nos comportamos de determinada maneira.

mente-aberta

Portanto, as mentes flexíveis veem a vida a partir de diferentes pontos de vista, aceitando que podem errar. Pelo contrário, as mentes rígidas acreditam que apenas o seu padrão de pensamento é o correto.

Todos nós já julgamos alguém erroneamente à primeira vista, e essa pessoa acabou se transformando em um dos nossos melhores amigos. Se mantivéssemos a nossa primeira impressão sobre essa pessoa, estaríamos utilizando um tipo de pensamento rígido e absolutista, que não corresponde absolutamente à realidade atual.

As pessoas com mente rígida têm dificuldade para perdoar e aceitar a sua parcela de culpa pelos seus problemas, por isso, só podem ver falsidade onde há segundas oportunidades.

Recomendados para você