Mantenha seu cérebro jovem! - A Mente é Maravilhosa

Mantenha seu cérebro jovem!

21, maio 2016 em Curiosidades 562 Compartilhados
Mantenha seu cérebro jovem

Ultimamente são muitas as pessoas que manifestam o problema de não lembrar das coisas, como se fosse algo comum. Sentem dificuldades na hora de organizar o dia, suas metas ou simplesmente encontrar recursos para enfrentar o dia a dia.

Se você compartilha estas sensações com as pessoas ao seu redor, certamente não faltará o típico comentário “isso é coisa da idade”, buscando tirar o peso e a gravidade do assunto.

Neste caso, é bom se lembrar de que a evolução da agilidade mental não é necessariamente associada ao passar dos anos. O cérebro é o processador de nosso organismo. Enquanto sua plasticidade neuronal se mantiver, as funções das quais se encarrega continuarão intactas.

Por isso, sempre podemos obter ferramentas e conselhos para manter nossas funções cerebrais como as de uma criança ou de um adolescente. Desta forma, poderemos gozar de um cérebro jovem, saudável e com todo o potencial necessário para evitar problemas como o esquecimento.

manter o cérebro jovem

São muitos os personagens sociais de grande relevância dentro da ciência, da política e de liderança que foram conhecidos por seguir uma forma de aprendizado e desenvolvimento de sua experiência desfrutando de um cérebro sempre jovem, sem perder suas faculdades mentais. Mas então por que algumas pessoas sofrem um envelhecimento cerebral mais significativo que outras?

Várias pesquisas científicas encontraram a resposta desta diferença no processo de envelhecimento cerebral. Hoje contaremos como manter seu cérebro jovem com 3 hábitos cotidianos trazidos pela ciência.

Hábitos para manter o cérebro jovem

Pratique a leitura

A leitura nos permite visualizar e criar um mundo completamente novo graças às páginas que lemos. Isto nos ajuda a estimular e desenvolver o pensamento ativo, aquele que usa ao máximo os neurônios que constituem o cérebro.

Graças ao funcionamento constante dos neurônios enquanto lemos, evitamos que estes morram ao facilitar seu alongamento e propiciando o desenvolvimento de novos caminhos para transmitir a informação, graças a sua plasticidade.

Para isso, convido-lhe a começar de forma mais constante o saudável hábito de ler. Tente lembrar a história e possíveis acontecimentos criados por você ou finais a partir do que lê. Ao ler estará ativando sua criatividade, exercitando seu cérebro de forma diferente e divertida.

Você não perderá seu lado artístico, esse lado que todos os seres humanos precisam desenvolver para permitir mais sensibilidade na hora de desfrutar a vida.

Treine sua respiração

Muitas são as pessoas que, devido a acidentes, experiências ou situações de gravidade, em questão de segundos sem poder respirar perderam certas capacidades cerebrais. Isso se deve ao fato de que o oxigênio faz parte do correto funcionamento de nossos neurônios cerebrais, e é necessário mantê-los oxigenados.

O hábito de saber respirar é um dos mais saudáveis, já que convida a ter consciência de não fumar, propicia a promoção de rotinas de respiração e cuidados mais saudáveis, de atividades que nos permitam estar perto da natureza: parques, bosques e campo. Anime-se a fazer exercícios físicos nos quais aprenderá a respirar adequadamente quando correr e nadar.

meditar para manter o cérebro jovem

Saia da sua zona de conforto

A rotina não costuma ser boa companheira de um cérebro jovem e saudável, já que manter-nos presos a ela não promove o desenvolvimento de novos caminhos e redes cerebrais para conseguir novas opções. Para isso, proponha-se novos desafios, faça uma lista daquelas coisas que você deseja melhorar ou mudar para melhor.

Não se detenha diante daqueles problemas do dia a dia, esperando simplesmente que os outros o solucionem. Integrar este hábito tão inteligente em sua vida lhe ajudará a estimular suas conexões cerebrais e não deixar de lado sua essência, aquela que sempre lhe permite encontrar as forças necessárias para conseguir alcançar todo o seu potencial. E poder então desfrutar e viver com plenitude.

Coloque em prática os jogos e atividades que tenham uma certa dificuldade como passatempos, palavras-cruzadas ou sudokus. Lembre-se de que nosso cérebro se mantém em constante mudança ao longo da vida, e sempre tem opções para aprender e adquirir novas habilidades mantendo-se jovem, saudável e forte.

Recomendados para você